Encontrada pela primeira vez atmosfera em planeta semelhante à Terra

(dr) Instituto Max Planck para Astronomia

Impressão de artista do exoplaneta GJ 1132b

Impressão de artista do exoplaneta GJ 1132b

Astrónomos detetaram uma atmosfera em redor da super-Terra GJ 1132b. Este achado marca a primeira deteção de uma atmosfera em redor de um exoplaneta parecido com a Terra e, portanto, é um passo importante no caminho para a deteção de vida para lá do nosso Sistema Solar.

A equipa que fez a descoberta, liderada por John Southworth, investigador da Universidade Keele, usou o telescópio de 2,2 metros do ESO/MPG no Chile para obter imagens da estrela-mãe GJ 1132.

A equipa de astrónomos foi capaz de medir a ligeira diminuição de brilho à medida que o planeta e a sua atmosfera absorvem luz estelar enquanto passa em frente da sua estrela.

“Não foi desta vez que encontrámos vida noutro planeta, mas este é um passo importante na direção certa: a deteção de uma atmosfera em redor da super-Terra GJ 1132b marca a primeira vez que foi descoberta uma atmosfera em redor de um exoplaneta parecido com a Terra”, explica John Southworth.

A descoberta foi publicada no The Astronomical Journal.

Há vida lá fora?

A estratégia atual dos astrónomos, para encontrar vida noutro planeta, é detetar a composição química da atmosfera desse planeta, procurando desequilíbrios químicos que podem ser provocados por organismos vivos. No caso da nossa própria Terra, a presença de grandes quantidades de oxigénio é um sinal de vida.

Até à descoberta da equipa do professor Southworth, todas as deteções anteriores de atmosferas exoplanetárias envolviam gigantes gasosos e quentes parecidos com Júpiter, à partida incapazes de acolher vida – pelo menos como a conhecemos.

“Com esta investigação, demos o primeiro passo no estudo das atmosferas de planetas mais pequenos e parecidos com a Terra. Nós simulámos uma gama de atmosferas possíveis para este planeta, descobrindo que aquelas ricas em água e/ou metano explicariam as observações de GJ 1132b, diz o astrónomo.

O planeta é significativamente mais quente e um pouco maior do que a Terra, de modo que uma possibilidade é que poderá ser um ‘mundo de água’ com uma atmosfera de vapor quente.”

Estudando atmosferas

O planeta em questão, GJ 1132b, orbita a estrela de massa muito baixa GJ 1132 na direção da constelação do hemisfério sul, Vela, a uma distância de 39 anos-luz da Terra.

A equipa utilizou o instrumento GROND acoplado ao telescópio de 2,2 metros do ESO/MPG no Chile para observar o planeta em sete diferentes bandas de comprimento de onda, simultaneamente, abrangendo o ótico e o infravermelho próximo.

Dado que GJ 1132b é um planeta de trânsito, passa diretamente entre a Terra e a sua estrela hospedeira a cada 1,6 dias, bloqueando uma pequena fração da sua luz. A partir da quantidade de luz perdida, os astrónomos podem deduzir o tamanho do planeta – neste caso, tem apenas 1,4 vezes o tamanho da Terra.

Crucialmente, as novas observações mostraram que o planeta era maior numa das sete bandas de comprimento de onda. Isto sugere a presença de uma atmosfera opaca a esta radiação em particular, fazendo com que o planeta pareça maior, mas transparente a todos os outros.

A descoberta desta atmosfera é encorajadora.

As estrelas de massa muito baixa são extremamente comuns (muito mais do que estrelas parecidas com o Sol), e são conhecidas por hospedar muitos planetas pequenos. Mas também mostram muita atividade magnética, produzindo níveis muito altos de raios-X e raios ultravioleta, que podem evaporar as atmosferas dos planetas.

No entanto, as propriedades de GJ 1132b mostram que uma atmosfera pode suportar esta “atrocidade” durante milhares de milhões de anos sem ser destruída. Dado o grande número de estrelas de massa muito baixa e de planetas, isto pode significar que as condições adequadas para a vida são comuns no Universo.

A descoberta torna o GJ 1132b um dos alvos de maior prioridade para um estudo mais aprofundado pelas atuais instalações topo-de-gama, como o Telescópio Espacial Hubble e o VLT do ESO, bem como pelo Telescópio Espacial James Webb, com lançamento previsto para o ano que vem.

// CCVAlg

PARTILHAR

RESPONDER

Arábia confirma morte de Khashoggi no consulado. Foi durante "uma luta"

A Arábia Saudita reconheceu esta sexta-feira que o jornalista saudita Jamal Khashoggi foi morto no seu consulado em Istambul, na Turquia, durante uma luta, referindo que 18 sauditas estão detidos como suspeitos. "Investigações preliminares realizadas pelo …

Marido da nova ministra da Saúde renuncia a cargo que tinha no setor

O presidente do Conselho Nacional de Saúde, Jorge Simões, renunciou ao cargo invocando “motivos pessoais”, disse esta sexta-feira à agência Lusa fonte oficial do Ministério da Saúde. Numa resposta à Lusa, o gabinete da ministra da …

Ministério da Justiça tem “absoluta confiança” no sorteio da Operação Marquês

A Secretária de Estado da Justiça, Helena Mesquita Ribeiro, disse nesta sexta-feira que o Ministério tem "absoluta confiança" no sorteio de distribuição de processos aos juízes, reconhecendo, contudo, que é necessário averiguar as suspeições lançadas …

Fatura da eletricidade e do gás terá redução inferior a 2 euros

A redução do IVA na eletricidade e no gás natural prevista na proposta de Orçamento do Estado para 2019 deverá resultar numa diminuição da fatura mensal para as famílias inferior a dois euros, avançou hoje …

Cidade chinesa planeia criar uma lua artificial

As autoridades municipais de Chengdu, capital da província chinesa de Sichuan, anunciaram planos para a construção de uma lua artificial em 2020. Com um "brilho crepuscular", a nova lua iria iluminar a cidade num diâmetro …

Mineral ultra-raro descoberto em antiga cratera de meteorito na Austrália

Um mineral ultra-raro que apenas se forma quando rochas espaciais atingem a crosta terrestre com uma enorme pressão foi encontrado na Austrália. Até ao momento, só foram encontrados seis exemplares deste mineral, conhecido como reidite, …

Assange processa Equador por "violação de direitos fundamentais"

O co-fundador do WikiLeaks, Julian Assange, exilado na embaixada do Equador em Londres desde 2012, lançou esta sexta-feira uma ação legal contra o governo de Quito, alegando violação dos respetivos direitos fundamentais. Assange “acusa o governo …

O fóssil humano mais antigo da América foi encontrado nos escombros do Museu Nacional do Brasil

O crânio de Luzia, o fóssil humano mais antigo das Américas, foi encontrado por investigadores nos escombros do Museu Nacional do Brasil, que foi assolado por um enorme incêndio no passado mês de setembro. O fóssil …

Nascer no código postal certo (e ter uma boa mercearia) aumenta a esperança de vida

Segundo um estudo sobre a esperança de vida nos EUA, o local de nascimento importa. Se uma pessoa nascer no Mississipi, provavelmente não chegará aos 75 anos. Por outro lado, um natural de Nova Iorque …

Arqueólogos revelam segredos da única múmia tatuada do Egito

Um grupo de arqueólogos acaba de concluir as análises realizadas na única múmia tatuada já encontrada no Egito. Os testes revelaram muitos dos segredos desta múmia milenar, principalmente sobre as suas misteriosas tatuagens. A múmia, com …