Encontrada pela primeira vez atmosfera em planeta semelhante à Terra

(dr) Instituto Max Planck para Astronomia

Impressão de artista do exoplaneta GJ 1132b

Impressão de artista do exoplaneta GJ 1132b

Astrónomos detetaram uma atmosfera em redor da super-Terra GJ 1132b. Este achado marca a primeira deteção de uma atmosfera em redor de um exoplaneta parecido com a Terra e, portanto, é um passo importante no caminho para a deteção de vida para lá do nosso Sistema Solar.

A equipa que fez a descoberta, liderada por John Southworth, investigador da Universidade Keele, usou o telescópio de 2,2 metros do ESO/MPG no Chile para obter imagens da estrela-mãe GJ 1132.

A equipa de astrónomos foi capaz de medir a ligeira diminuição de brilho à medida que o planeta e a sua atmosfera absorvem luz estelar enquanto passa em frente da sua estrela.

“Não foi desta vez que encontrámos vida noutro planeta, mas este é um passo importante na direção certa: a deteção de uma atmosfera em redor da super-Terra GJ 1132b marca a primeira vez que foi descoberta uma atmosfera em redor de um exoplaneta parecido com a Terra”, explica John Southworth.

A descoberta foi publicada no The Astronomical Journal.

Há vida lá fora?

A estratégia atual dos astrónomos, para encontrar vida noutro planeta, é detetar a composição química da atmosfera desse planeta, procurando desequilíbrios químicos que podem ser provocados por organismos vivos. No caso da nossa própria Terra, a presença de grandes quantidades de oxigénio é um sinal de vida.

Até à descoberta da equipa do professor Southworth, todas as deteções anteriores de atmosferas exoplanetárias envolviam gigantes gasosos e quentes parecidos com Júpiter, à partida incapazes de acolher vida – pelo menos como a conhecemos.

“Com esta investigação, demos o primeiro passo no estudo das atmosferas de planetas mais pequenos e parecidos com a Terra. Nós simulámos uma gama de atmosferas possíveis para este planeta, descobrindo que aquelas ricas em água e/ou metano explicariam as observações de GJ 1132b, diz o astrónomo.

O planeta é significativamente mais quente e um pouco maior do que a Terra, de modo que uma possibilidade é que poderá ser um ‘mundo de água’ com uma atmosfera de vapor quente.”

Estudando atmosferas

O planeta em questão, GJ 1132b, orbita a estrela de massa muito baixa GJ 1132 na direção da constelação do hemisfério sul, Vela, a uma distância de 39 anos-luz da Terra.

A equipa utilizou o instrumento GROND acoplado ao telescópio de 2,2 metros do ESO/MPG no Chile para observar o planeta em sete diferentes bandas de comprimento de onda, simultaneamente, abrangendo o ótico e o infravermelho próximo.

Dado que GJ 1132b é um planeta de trânsito, passa diretamente entre a Terra e a sua estrela hospedeira a cada 1,6 dias, bloqueando uma pequena fração da sua luz. A partir da quantidade de luz perdida, os astrónomos podem deduzir o tamanho do planeta – neste caso, tem apenas 1,4 vezes o tamanho da Terra.

Crucialmente, as novas observações mostraram que o planeta era maior numa das sete bandas de comprimento de onda. Isto sugere a presença de uma atmosfera opaca a esta radiação em particular, fazendo com que o planeta pareça maior, mas transparente a todos os outros.

A descoberta desta atmosfera é encorajadora.

As estrelas de massa muito baixa são extremamente comuns (muito mais do que estrelas parecidas com o Sol), e são conhecidas por hospedar muitos planetas pequenos. Mas também mostram muita atividade magnética, produzindo níveis muito altos de raios-X e raios ultravioleta, que podem evaporar as atmosferas dos planetas.

No entanto, as propriedades de GJ 1132b mostram que uma atmosfera pode suportar esta “atrocidade” durante milhares de milhões de anos sem ser destruída. Dado o grande número de estrelas de massa muito baixa e de planetas, isto pode significar que as condições adequadas para a vida são comuns no Universo.

A descoberta torna o GJ 1132b um dos alvos de maior prioridade para um estudo mais aprofundado pelas atuais instalações topo-de-gama, como o Telescópio Espacial Hubble e o VLT do ESO, bem como pelo Telescópio Espacial James Webb, com lançamento previsto para o ano que vem.

// CCVAlg

PARTILHAR

RESPONDER

Investigadores descobrem esqueletos adolescentes do século V. Um dos cientistas é português

Um grupo de investigadores, do qual também faz parte o português Daniel Fernandes, descobriu três esqueletos do período das migrações bárbaras numa vala em Osijek, na Croácia. "Deformação craniana e diversidade genética em três indivíduos masculinos …

Tesla está a alugar painéis solares por 45 euros por mês

Comprar painéis solares pode ser um investimento dispendioso para muitos. De maneira a oferecer uma solução mais económica aos seus clientes, a Tesla está a alugar a tecnologia por apenas 45 euros por mês. A SolarCity, …

Rui Fonte regressa ao Sporting de Braga e assina por três épocas

O Sporting de Braga, da I Liga de futebol, oficializou ontem a contratação do avançado Rui Fonte, um regresso ao clube, por três temporadas. O jogador, de 29 anos, chega dos ingleses do Fulham, que, …

YouTube remove vídeos de luta entre robôs por violarem políticas contra crueldade animal

O YouTube removeu na segunda-feira vídeos de robôs a lutar entre si da sua plataforma, justificando que estes violavam as políticas de exibição contra crueldade com animais. Depois do sucedido, a empresa informou que os …

Há uma piscina natural no meio do deserto mais quente do mundo

https://vimeo.com/355369476 Um casal a viajar pela Etiópia aventurou-se no deserto e experimentou nadar numa piscina natural num dos lugares mais quentes do planeta. A neozelandesa Bridget Thackwray e o namorado, Topher Richwhite formam a Expedition Earth, a …

The Rock é o ator mais bem pago do mundo

A revista Forbes revelou esta quarta-feira a sua lista anual dos atores mais bem pagos do mundo. O primeiro lugar é ocupado por um repetente. Dwayne "The Rock" Johnson voltou a ser o ator mais bem …

Albânia demoliu restaurante do homem que perseguiu turistas no capô do carro

O dono de um restaurante ilegal na Albânia meteu-se em sérios apuros depois de ter perseguido uma família de turistas espanhóis, colocando-se no capô do carro onde seguiam e partindo o pára-brisas. O restaurante que …

Sensores de radiação da Rússia desligaram-se misteriosamente após recente explosão nuclear

Nas semanas após um acidente nuclear fatal num campo de tiro de armas navais em Nyonoksa, quatro sensores de partículas radioativas que enviavam dados do território russo para uma rede de monitorização internacional desligaram-se misteriosamente. As …

Zumba. O negócio milionário que começou com uma distracção de um colombiano

Foi uma distracção que levou o bailarino colombiano Beto Pérez a criar a zumba e a construir um dos negócios actuais com mais sucesso em todo o mundo, avaliado em mais de 450 milhões de …

Ligações a Jeffrey Epstein abalam um dos mais prestigiados laboratórios de tecnologia do mundo

O MIT Media Lab junta áreas que vão do design à robótica e é responsável pelas mais vanguardistas inovações do Massachusetts Institute of Technology, uma das mais reputadas universidades do mundo na área da tecnologia. Agora, …