Encontrada caverna gigante e inexplorada no Canadá

Uma caverna enorme foi descoberta e, apesar da enorme escala da gruta, os investigadores sugerem que foi vista por humanos antes.

Apelidado de “Sarlacc Pit”, a caverna gigante – escondida no terreno acidentado do Wells Gray Provincial Park, na Colúmbia Britânica – é inacreditável, segundo os exploradores.

“A minha reação imediata foi de que era impossível haver uma caverna ali”, disse a geocientista Catherine Hickson, que realizou uma expedição ao local em setembro. “É enorme. Quando a vimos pela primeira vez, engasgámo-nos porque é um enorme buraco no chão”.

A caverna gigante foi vista pela primeira vez de helicóptero em abril, durante um voo de contagem de renas – uma descoberta que os investigadores agora descrevem como “uma caverna com significado nacional. Uma grande descoberta no oeste do Canadá”.

O que é mais notável é que este vazio gigante conseguiu escapar da deteção – um resultado aparentemente improvável para uma boca cavernosa que mede cerca de 100 metros de comprimento por 60 metros de largura.

Quem for suficientemente ousado para se aproximar do perímetro da caverna e olhar para o abismo – como o topógrafo e espeleólogo John Pollack fez durante a expedição de setembro – o verdadeiro tamanho da caverna torna-se aparente. “Estive em algumas das maiores cavernas do mundo, e esta coisa tem uma entrada que é realmente imensa, e não apenas pelos padrões canadenses”, disse Pollack.

“Quando se está parado na entrada, a olhar para baixo, a linha de visão é de quase 183 metros. Não se tem linhas de visão de 183 metros em cavernas canadenses. A escala desta caverna é enorme e a maior no Canadá“.

Catherine Hickson

De acordo com Hickson – cuja empresa financiou a expedição inicial – o local no Parque Provincial Wells Gray onde a caverna está localizada teria estado enterrada na neve durante todo o ano, talvez entre 20 e 50 anos atrás.

Por causa disso, e da sua posição extremamente remota e de difícil acesso – a investigadora supõe que, provavelmente, encontrar no início deste ano terá sido a primeira vez que os humanos puseram os olhos na caverna gigante.

Para descobrir mais sobre a caverna e a sua história, a equipa está a consultar as comunidades locais para ver se a caverna existe dentro dos registos indígenas. Parece não haver nenhuma menção em nenhum lugar que os cientistas tenham verificado – algo que faz a hipótese da cobertura de neve parecer mais uma aposta certa.

“A entrada é suficientemente notável para que a tentativa de descida tenha sido descrita por montanhistas, espeleólogos ou funcionários do parque se tivesse sido encontrada nos últimos 40 ou 50 anos”, disse Pollack. “Não existe tal relato em literatura sobre cavernas ou montanhismo”.

Os investigadores estimam que o aumento constante do derretimento de gelo – até 15 metros cúbicos de água por segundo, que percorre um dos lados da abertura da caverna – ajudou a formar a estrutura natural. Esta cascata tornou-se um rio subterrâneo que emerge a cerca de dois quilómetros de distância.

Catherine Hickson

“Mesmo hoje em dia, quando pensamos que sabemos tudo e explorámos todos os lugares, podemos-nos surpreender“, disse Hickson.

A localização exata da caverna não foi revelada, numa tentativa de ajudar a proteger o seu ambiente natural. Investigações futuras – planeadas para uma expedição maior prevista para 2020 – poderão confirmar mais detalhes sobre a caverna.

PARTILHAR

RESPONDER

Hospital da Luz em Lisboa limita acesso a urgências pediátricas no verão

O acesso dos clientes ao Atendimento Urgente de Pediatria "será limitado temporariamente" devido a obras de expansão do hospital. Condicionamento vai durar de 1 de julho a 15 de setembro. O Hospital da Luz, em Lisboa, …

Português entre as vítimas mortais em incêndio em Paris

Um cidadão português é uma das três vítimas mortais do incêndio ocorrido no sábado num prédio no centro de Paris, França, disse esta terça-feira à Lusa fonte oficial do Governo. Uma fonte oficial do gabinete do …

Restaurante de Avillez entre os 50 melhores do mundo

O restaurante Belcanto, do chef José Avillez, entrou pela primeira vez para a lista dos melhores 50 melhores restaurantes do mundo, para a 42ª posição. No ano passado, o restaurante, situado no Largo de São Carlos, …

Sevilha terá recusado contratar João Félix por 1,5 milhões. Era "muito dinheiro"

Reforço já garantido pelo Atlético Madrid para a próxima temporada, João Félix poderia por estes dias já andar na Liga espanhola, ao serviço do Sevilha, clube que no arranque da temporada 2018/19 terá recusado contratar …

Carrossel internacional do IVA. 15 empresários detidos em megaoperação da PJ

A Polícia Judiciária (PJ) deteve nesta terça-feira 15 empresários por suspeitas de fraude fiscal e de branqueamento de capitais no âmbito de um esquema conhecido por carrossel internacional do IVA. Está em causa um tipo de …

Portugal é “campeão” dos atrasos na aplicação de medidas anti-corrupção

Portugal foi o país com a maior proporção (73%) de recomendações não implementadas do Grupo de Estados Contra a Corrupção (GRECO), seguido da Turquia (70%), indica o relatório de 2018 deste órgão de monitorização anti …

"Cansado da insolência dos europeus", Irão renuncia a dois compromissos do acordo nuclear

O Irão libertar-se-á “resolutamente” de dois outros dos seus compromissos no quadro do acordo internacional sobre o seu programa nuclear “a partir de 7 de julho”, noticiou esta terça-feira a agência iraniana Fars, citando um …

Héctor Herrera já terá data de apresentação definida no Atlético de Madrid

O internacional mexicano Héctor Herrera vai ser reforço do Atlético de Madrid para as próximas épocas a partir do próximo dia 1 de julho. De acordo com o que escreve esta terça-feira o jornal catalão Mundo …

Ferro Rodrigues escreveu a Itália: "Miguel Duarte agiu por razões humanitárias"

O presidente da Assembleia da República transmitiu ao homólogo italiano a apreensão do parlamento com o processo de Miguel Duarte, investigado em Itália por suspeita de ajuda à imigração ilegal, defendendo que o jovem português …

Últimos moradores do prédio Coutinho ficam sem gás

Os últimos 11 moradores do prédio Coutinho, no centro de Viana do Castelo, ficam esta terça-feira sem fornecimento de gás, afirmou Agostinho Correia, residente que admite ser "difícil" continuar a "fazer vida" no edifício já …