Encontrada caverna gigante e inexplorada no Canadá

Uma caverna enorme foi descoberta e, apesar da enorme escala da gruta, os investigadores sugerem que foi vista por humanos antes.

Apelidado de “Sarlacc Pit”, a caverna gigante – escondida no terreno acidentado do Wells Gray Provincial Park, na Colúmbia Britânica – é inacreditável, segundo os exploradores.

“A minha reação imediata foi de que era impossível haver uma caverna ali”, disse a geocientista Catherine Hickson, que realizou uma expedição ao local em setembro. “É enorme. Quando a vimos pela primeira vez, engasgámo-nos porque é um enorme buraco no chão”.

A caverna gigante foi vista pela primeira vez de helicóptero em abril, durante um voo de contagem de renas – uma descoberta que os investigadores agora descrevem como “uma caverna com significado nacional. Uma grande descoberta no oeste do Canadá”.

O que é mais notável é que este vazio gigante conseguiu escapar da deteção – um resultado aparentemente improvável para uma boca cavernosa que mede cerca de 100 metros de comprimento por 60 metros de largura.

Quem for suficientemente ousado para se aproximar do perímetro da caverna e olhar para o abismo – como o topógrafo e espeleólogo John Pollack fez durante a expedição de setembro – o verdadeiro tamanho da caverna torna-se aparente. “Estive em algumas das maiores cavernas do mundo, e esta coisa tem uma entrada que é realmente imensa, e não apenas pelos padrões canadenses”, disse Pollack.

“Quando se está parado na entrada, a olhar para baixo, a linha de visão é de quase 183 metros. Não se tem linhas de visão de 183 metros em cavernas canadenses. A escala desta caverna é enorme e a maior no Canadá“.

Catherine Hickson

De acordo com Hickson – cuja empresa financiou a expedição inicial – o local no Parque Provincial Wells Gray onde a caverna está localizada teria estado enterrada na neve durante todo o ano, talvez entre 20 e 50 anos atrás.

Por causa disso, e da sua posição extremamente remota e de difícil acesso – a investigadora supõe que, provavelmente, encontrar no início deste ano terá sido a primeira vez que os humanos puseram os olhos na caverna gigante.

Para descobrir mais sobre a caverna e a sua história, a equipa está a consultar as comunidades locais para ver se a caverna existe dentro dos registos indígenas. Parece não haver nenhuma menção em nenhum lugar que os cientistas tenham verificado – algo que faz a hipótese da cobertura de neve parecer mais uma aposta certa.

“A entrada é suficientemente notável para que a tentativa de descida tenha sido descrita por montanhistas, espeleólogos ou funcionários do parque se tivesse sido encontrada nos últimos 40 ou 50 anos”, disse Pollack. “Não existe tal relato em literatura sobre cavernas ou montanhismo”.

Os investigadores estimam que o aumento constante do derretimento de gelo – até 15 metros cúbicos de água por segundo, que percorre um dos lados da abertura da caverna – ajudou a formar a estrutura natural. Esta cascata tornou-se um rio subterrâneo que emerge a cerca de dois quilómetros de distância.

Catherine Hickson

“Mesmo hoje em dia, quando pensamos que sabemos tudo e explorámos todos os lugares, podemos-nos surpreender“, disse Hickson.

A localização exata da caverna não foi revelada, numa tentativa de ajudar a proteger o seu ambiente natural. Investigações futuras – planeadas para uma expedição maior prevista para 2020 – poderão confirmar mais detalhes sobre a caverna.

PARTILHAR

RESPONDER

A colisão com um planeta anão pode ter "estragado" o lado oculto da Lua

Da Terra, vemos sempre o mesmo da Lua. Contudo, esse lado é bem diferente do lado oculto do nosso satélite natural. O contraste entre as duas partes da Lua tem intrigado os astrónomos. Se se …

Fugitivo promete entregar-se se tiver 15.000 "gostos". Polícia dos EUA aceita

A Polícia de Connecticut, nos Estados Unidos, informou esta quarta-feira que um fugitivo com vários mandados de prisão concordou entregar-se, mas com uma condição insólita: arrecadar 15.000 "gostos" no Facebook. De acordo com a Esquadra …

Há um pequeno satélite a revolucionar o setor espacial. Chama-se CubeSat

Apesar das pequenas dimensões do CubeSat, o satélite é capaz de efeitos extraordinários que estão a revolucionar o setor espacial. Os avanços da microeletrónica das últimas décadas permitiram desenvolver sistemas espaciais eficazes, de forma mais rápida …

Guardiola já terá chegado a acordo com a Juventus

O treinador espanhol Pep Guardiola já terá chegado a acordo com a Juventus para ser o próximo treinador dos bianconeri, avança a agência italiana AGI.  De acordo com a mesma fonte, Guardiola, de 48 anos, prepara-se …

Porto quer declarar guerra às gaivotas. "É uma questão de saúde"

Vários organismos reclamam que é necessário tomar medidas para controlar o excesso de gaivotas nas zonas urbanas, que se tem tornado num problema de saúde pública. São várias as queixas na zona do Porto por incidentes …

Esta cigarra é a mais ameaçada em Portugal. Só existe em dois ou três sítios do Alentejo

A Euryphara contentei - há quem lhe chame só cigarrinha e há quem diga cigarrinha-verde - resiste apenas em alguns locais exíguos da planície alentejana. É a mais ameaçada das 13 espécies de cigarras que …

EUA anunciam ajuda de 16 mil milhões de dólares a agricultores prejudicados pela disputa comercial com a China

A administração Trump disponibilizará 16 mil milhões de dólares (cerca de 14 mil milhões de euros) para manter os agricultores à tona durante a guerra comercial entre os Estados Unidos (EUA) e a China, anunciou …

Perdeu a família e foi violada. Quase duas décadas depois, recebeu a maior indemnização de sempre na Índia

Na primavera de 2002, uma jovem de 19 anos, grávida de cinco meses, foi violada por 11 homens que lhe mataram a família. Teve que fingir-se de morta para escapar. Agora, 17 anos depois, o …

Ivo Rosa questiona legalidade de provas da ​Operação Marquês

O juiz de instrução criminal da Operação Marquês, Ivo Rosa, tem dúvidas sobre a legalidade de algumas provas recolhidas na investigação, tendo assinado um despacho que enviou para os advogados dos arguidos para se pronunciarem. Segundo …

"Desprezo" do Governo terá "consequências terríveis" no futuro, avisa Fenprof

O secretário-geral da Fenprof, Mário Nogueira, argumentou que o Governo “desrespeita, desvaloriza e até chega a manifestar desprezo pelos professores”, o que terá “consequências terríveis para o futuro”, como a falta de docentes. “O que temos …