Pelo menos 105 elefantes morreram no Zimbabué por causa da seca

Pelo menos 105 elefantes morreram em reservas naturais, a maioria nos parques nacionais de Mana Pools e Hwange, nos últimos dois meses, de acordo com a Autoridade de Gestão dos Parques Nacionais e de Vida Selvagem do Zimbabué.

Em Mana Pools, local considerado património da humanidade pela UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura), o clima quente e seco é habitual nesta altura do ano, mas a fraca precipitação em 2018 piorou as condições climáticas este ano, afetando até o rio, que viu o seu fluxo reduzido.

Há mais de 12 mil elefantes nas planícies de Mana Pools, tal como leões, búfalos, zebras, cães selvagens, hienas, zebras e cefos (antílopes) que foram visivelmente afetados pela seca, com algumas impalas afetadas por sarna. Além dos animais terrestres, o parque tem 350 tipos de pássaros e espécies aquáticas, segundo a agência que gere o parque.

Ainda que as chuvas sazonais sejam esperadas para breve, funcionários do parque e amantes da vida selvagem têm levado comida para os animais, com medo que muitos morram.

Uma das responsáveis no projeto Feed Mana, que está a fornecer alimentação suplementar ao parque, Mel Hood, afirma que os animais estão confinados às planícies secas onde as temperaturas chegam aos 45 graus Celsius.

As condições extremas levaram a que as autoridades do parque abandonassem a sua política habitual de não intervir junto das espécies selvagens. “Começa a ser sério“, declarou Munyaradzi Dzoro, um dos agentes do parque, perto dos restos mortais de um elefante e de um búfalo.

As últimas chuvas substanciais caíram em abril e Dzoro teme que a situação piore se não houver chuva no início de novembro. Em outras partes de Mana Pools, as autoridades do parque têm bombeado água de poços fundos, mas os recursos quase não são suficientes, confessou.

“Somos forçados a intervir, o que é classificado como conservação manipuladora, porque não sabemos como ou quando iremos ter chuva”, afirmou Munyaradzi Dzoro, acrescentando que, para evitar perder animais, têm de intervir para manter o tamanho da população animal.

Nos últimos anos, Mana Pools tem recebido até 600 milímetros de chuva por ano, de acordo com o funcionário do parque, mas “com sorte”, agora, “consegue metade disso”. Em Mana Pools, salvar animais tem sido um desafio para os agentes dos parques nacionais, que afirmam que o Zimbabué foi severamente afetado pelas alterações climáticas.

A seca que tem afetado o sul de África tem impacto, naturalmente, nas pessoas. Estima-se que cerca de 11 milhões de pessoas passam fome em nove países da região, de acordo com Programa Alimentar Mundial, que está a planear uma distribuição de alimentos em larga escala.

Os países do sul da África têm tido chuvas em quantidade regular apenas num dos cinco períodos vegetativos, afirmou a agência de ajuda humanitária da Organização das Nações Unidas.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

A Rússia criou a arma mais mortífera da história. Foi há 72 anos

Comummente conhecida por AK-47, a espingarda Kalashnikov foi responsável por milhões de mortes durante a nossa História, sendo uma das armas mais populares do mundo e a mais fabricada pela indústria de armamento. Segundo o The Conversation, …

Luxemburgo 0-2 Portugal | Campeão marca presença no Euro

Portugal venceu o Luxemburgo por 2-0 e apurou-se para a fase final do Euro2020 – a 11ª presença consecutiva da turma das “quinas” em fases finais de grandes competições. Num encontro mal jogado, em parte pelas …

Hologramas e outras tecnologias podem ajudar a combater incêndios florestais

Portugal continua a ser assombrado pela destruição sem precedentes dos incêndios florestais. Agora é a hora de aproveitar as nossas ferramentas tecnológicas e encontrar maneiras inovadoras de ajudar a aliviar o problema e também evitar …

Pombos estão a perder dedos ou patas por causa da poluição

Basta passar algum tempo na praça de uma cidade para ver que alguns pombos têm patas feridas ou dedos em falta. Embora possamos pensar que isto é causado por algum vírus ou pelos eventuais desentendimentos …

Descoberto no Japão fóssil de pássaro com 120 milhões de anos

O fóssil de um pássaro do Cretáceo recentemente descoberto no Japão pode levar os cientistas a repensarem alguns detalhes sobre a evolução do voo. Há cerca de 120 milhões de anos, um pássaro com o tamanho …

Irão corta acesso à Internet após protestos contra a subida do preço da gasolina

O Irão cortou o acesso à internet no sábado, após os protestos contra o aumento do preço da gasolina, que provocaram fortes confrontos entre manifestantes e forças de segurança. O Irão cortou o acesso à internet …

A maior parte das Testemunhas de Jeová não apresenta queixa em caso de abuso sexual. Mas uma nova lei pode alterar essa realidade

Em casos de abuso sexual dentro organização religiosa Testemunhas de Jeová, a maior parte das vítimas não acusa os agressores por receio de serem excluídas, revelou um artigo da Vice. Agora, uma nova lei norte-americana, …

Hong Kong. Agente atingido por flecha e operação policial reforçada com canhão de água

Um polícia foi atingido numa perna por uma flecha lançada por manifestantes antigovernamentais e pró-democracia, informaram as forças de segurança, que reforçaram a operação no local com um canhão de água. Um polícia foi atingido …

Príncipe André nega ter abusado sexualmente de jovem de 17 anos

O príncipe André, filho de Isabel I, é acusado de ter abusado sexualmente de Virginia Giuffre, uma jovem que na altura tinha 17 anos. O caso remonta ao dia 10 de março de 2001 e, este …

FC Porto tira pão da boca ao Sporting ao desviar central brasileiro

Os 'dragões' podem estar perto de chegar a acordo para a transferência de Gustavo Henrique. O central do Santos estava em negociações com o Sporting, mas uma forte investida do FC Porto, pode ter mudado …