Os elefantes destroem 80% da floresta (e isso é bom)

Os animais de grande porte, como os elefantes, são culpados pelo fim da floresta densa em várias áreas do mundo. Mas isso não é mau, pelo contrário pode assegurar a sobrevivência de outras espécies.

Estas conclusões são retiradas de um estudo que comparou a propagação das árvores e dos arbustos com a presença de animais de grande porte.

O estudo, publicado na PNAS, a revista da Academia das Ciêncas norte-americana, constata que a diferença entre a savana aberta e a floresta densa pode ser atribuída aos animais de grandes dimensões.

“A nossa pesquisa mostra claramente que quantos mais animais de grande porte houver na área, menos densa se torna a vegetação“, salienta o co-autor do estudo, Jens-Christian Svenning, professor no Departamento de Biociência da Universidade de Aarhus, na Dinamarca, em declarações divulgadas pelo site Science Nordic.

“O tipo de vegetação é importante para os animais que vivem numa área e por isso, a presença de grandes animais tem um impacto na biodiversidade em geral“, acrescenta Svenning.

Isto deve ser levado em conta quando se gerem paisagens naturais e quando a quantidade de animais de grande porte numa área decresce devido às actividades humanas, tal como a caça ou a transformação de áreas selvagens para agricultura”, diz o investigador.

Os elefantes, em particular, têm um grande impacto na forma como a paisagem se apresenta.

“Estes grandes animais contribuem para mais de 80% da retirada de árvores e arbustos nas áreas que habitam. Por isso, os elefantes criam, muitas vezes, espaços abertos em torno deles”, explica o professor da Universidade de Aarhus.

“Mas esse processo é essencial para a sobrevivência de outras espécies“, frisa Svenning.

Algumas árvores dependem destes animais grandes para espalhar as suas sementes, pelo que a sua ausência pode afectar a sua propagação.

“Estas árvores também são, geralmente, boas a acumular CO2. Assim, o efeito da perda de animais na América do Sul pode também significar que a Amazónia absorve menos CO2 da atmosfera“, constata Svenning.

O estudo comparou ainda a forma como a natureza se apresenta hoje com a forma como seria, caso não tivesse havido influência humana, concluindo que os ecossistemas mudaram significativamente com a perda de animais de grande porte, motivada pela expansão da humanidade.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Primeiro não flutuava. Agora o novo submarino espanhol não cabe nas docas

Primeiro não flutuava, por excesso de peso, e agora, não cabe nas docas. O novo submarino da Marinha Espanhola é um embaraço para a Defesa do país vizinho e um caso flagrante de derrapagem, com …

Quase um milhão de refeições escolares desperdiçadas

Quase um milhão de refeições escolares que tinham sido encomendadas foram desperdiçadas porque os alunos faltaram, revela o relatório anual do ministério da Educação sobre cantinas concessionadas a privados. Entre setembro do ano passado e 31 …

Arrojada no céu: Aston Martin apresenta carro voador de luxo

A Aston Martin apresentou recentemente o Volante Vision Concept, uma aeronave arrojada e futurista destinada a transportar passageiros em voos de médias e longas distâncias. A Aston Martin pôs em cima da mesa as suas soluções …

Marta Soares recusa candidatura de Bruno de Carvalho

Bruno de Carvalho tentou formalizar a sua candidatura à presidência do Sporting, esta quarta-feira, tendo sido prontamente recusada por Jaime Marta Soares. O advogado de Bruno de Carvalho, Pedro Proença, deslocou-se esta quarta-feira ao Estádio de …

Hungria retira-se de pacto mundial sobre as migrações aprovado na ONU

A Hungria, com um Governo abertamente hostil à imigração, declarou que se retira do pacto mundial sobre as migrações aprovado, na semana passada, nas Nações Unidas, por considerar que encoraja o fluxo de pessoas "perigosas". O …

Lisboa vai proibir copos de plástico a partir de 2020

Um dos objetivos da Câmara Municipal de Lisboa para o ano em que a cidade será a Capital Verde Europeia é banir os copos de plástico até 2020. Segundo o Diário de Notícias, esta é uma …

Prisão preventiva para 39 dos 58 arguidos dos Hells Angels

O Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa determinou prisão preventiva para 39 dos 58 arguidos como medidas de coação no âmbito do processo do grupo Hells Angels e apresentações periódicas às autoridades para os restantes. Segundo …

Bruxelas aplica multa recorde de 4,3 mil milhões de euros à Google

A Comissão Europeia aplicou, esta quarta-feira, uma multa com valor recorde de 4,3 mil milhões de euros ao gigante norte-americano Google por abuso de posição no mercado devido ao sistema Android. Esta sanção, destinada a punir …

Rapazes salvos na Tailândia saíram do hospital e recordam "milagre"

As 12 crianças e o treinador de futebol que ficaram presos numa gruta inundada na Tailândia e que estavam internados desde a semana passada receberam esta quarta-feira alta hospitalar e falaram pela primeira vez desde …

Hotel processa sobreviventes do massacre de Las Vegas

A empresa que detém o hotel Mandalay Bay, em Las Vegas –  onde Stephen Paddock disparou sobre uma multidão num festival de música country –, processou mil de vítimas do ataque, argumentando não ter "qualquer …