/

Eclipse solar vai deixar os Estados Unidos às escuras

Hinode/XRT / Wikimedia

Eclipse total do Sol

Eclipse total do Sol

Os americanos vão poder desfrutar – pela primeira vez em 99 anos – de um eclipse total do Sol que vai percorrer todo o país no dia 21 de agosto de 2017.

O Sol vai desaparecer durante cerca de 2 minutos e 40 segundos, e o fenómeno será visível a partir de Oregon, terminando uma hora e meia depois, na Carolina do Sul.

“Não diga que não foi avisado. Este pode vir a ser o dia mais popular nos pedidos de férias”, destacou o editor Michael E. Bakich na revista Discover, citado pelo Washington Post.

Bakich aconselha a população a planear tudo ao pormenor com bastante antecedência, para que esta oportunidade única não seja desperdiçada.

O editor de astronomia sugere que os americanos peçam o dia de folga, comprem óculos especiais e encontrem um amigo com um telescópio para conseguirem observar, na totalidade, o fenómeno.

O último eclipse total visível nos EUA ocorreu a 8 de junho de 1918 e tornou-se notícia de primeira página em todo o país.

Desta vez, estima-se que 300 milhões de pessoas apreciem este espetáculo astronómico.

O eclipse será visível em toda a América do Norte e partes da América do Sul – mas só quem estiver numa faixa com largura média de 110km poderá ver o eclipse total.

A NASA já disponibilizou um site com um mapa interativo, no qual são fornecidas várias informações acerca do fenómeno.

“Vai ser a coisa mais espetacular que qualquer pessoa já viu”, disse o astrónomo Jay Pasachoff, do Williams College, ao Space.com.

Quando a Lua começar a cobrir o Sol, o céu ficará escuro, fazendo com que os planetas e as estrelas fiquem visíveis – e a temperatura pode cair até aos 20ºC.

Caso esteja nos EUA não perca este fenómeno astronómico porque o próximo eclipse solar total no país só voltará a acontecer em 2024.

BZR, ZAP

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.