Donald Trump promulga sanções contra a Rússia

Michael Klimentyev / Sputnik / Kremlin Pool / EPA

O Presidente russo, Vladimir Putin, com o homólogo norte-americano, Donald Trump, na cimeira do G20, que decorre na Alemanha

O Presidente dos EUA promulgou, esta quarta-feira, apesar das suas reservas, as novas sanções económicas contra a Rússia, aprovadas pelo Congresso para punir Moscovo pela ingerência nas eleições presidenciais, anunciou a Casa Branca.

Tais sanções, que surgem também em consequência da anexação da Crimeia e devido a ingerência russa na Ucrânia, incidem nomeadamente sobre o setor energético russo.

Além de uma resposta imediata das autoridades russas, provocaram igualmente críticas no interior da União Europeia, que teme pelo seu abastecimento de gás e condena uma ação unilateral.

O diploma inclui ainda sanções contra o Irão e a Coreia do Norte.

O executivo norte-americano não escondeu as suas dúvidas antes da adoção das novas sanções pelo Congresso, numa altura em que Washington tenta estreitar as suas muito tensas relações com Moscovo.

Mas os parlamentares norte-americanos aprovaram o seu texto na semana passada quase por unanimidade e Trump decidiu então não o vetar, porque o Congresso facilmente o faria passar apesar da rejeição presidencial, obtendo, numa nova votação do seu projeto de lei, uma maioria de dois terços.

O Presidente promulgou o diploma com as novas sanções longe das câmaras.

“Dissemos claramente que não pensamos que isto beneficie os nossos esforços, mas a decisão é deles e creio que o Presidente a aceita”, disse na terça-feira o secretário de Estado norte-americano, Rex Tillerson, sobre a votação dos deputados.

A reação da Rússia não se fez esperar, tendo surgido ainda antes da promulgação de Donald Trump, na sexta-feira, quando Moscovo anunciou para breve uma redução drástica da presença diplomática dos EUA no seu território: Washington deverá reduzir, a partir de 1 de setembro, dos atuais 755 para 455 o número de funcionários efetivos destacados em embaixadas e consulados.

“As relações atingiram o seu ponto mais crítico desde o fim da Guerra Fria e podem deteriorar-se mais ainda”, disse na terça-feira Rex Tillerson, temendo que esse agravamento ocorra com “os acontecimentos desta última semana”.

O chefe da diplomacia dos EUA terá um encontro bilateral com o seu homólogo russo, Sergei Lavrov, durante o próximo fim-de-semana, à margem de uma reunião em Manila.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Dez rinocerontes brancos assassinados por caçadores furtivos em reserva queniana

Dez rinocerontes brancos foram assassinados por caçadores furtivos na reserva queniana de Lewa, no condado de Neru, segundo um comunicado publicado na segunda-feira pelo parque. Os caçadores furtivos atacaram na noite do passado sábado a reserva …

Inscrições nas pinturas rupestres de Foz Côa custam 125 mil euros a ciclistas

O Ministério Público (MP) deduziu acusação contra dois indivíduos que fizeram várias inscrições numa rocha do Parque Arqueológico do Vale do Côa classificado como Património Mundial pela UNESCO. O caso aconteceu durante um passeio de BTT …

Governo lança em 2020 campanha de sensibilização para o consumo de "informação séria"

O Governo anunciou na segunda-feira o lançamento, no início de 2020, de uma campanha de sensibilização que visa a convivência democrática entre uma "comunicação social livre e uma população formada e capaz de exigir e …

Novo Star Wars pode causar ataques epilépticos

A Walt Disney Studios e Epilepsy Foundation publicaram na sexta-feira passada um aviso a dar conta de que Star Wars: Rise of Skywalker contém "várias sequências de imagens com luzes intermitentes que podem afetar quem …

Arqueólogos ativaram (acidentalmente) as "bombas de mau cheiro" mais antigas do mundo

Arqueólogos do Reino Unido lançaram acidentalmente as "bombas de cheiro mais antigas do mundo" quando descobriram ovos de galinha com cerca de 1.700 anos. Durante o longo trabalho de escavação na cidade de Aylesbury, no condado …

Timor atribui nacionalidade a Max Stahl. Jornalista é reconhecido por luta pela libertação do país

O Parlamento Nacional timorense deliberou esta terça-feira, por unanimidade, atribuir a nacionalidade ao jornalista britânico Max Stahl, que filmou o massacre de Santa Cruz, em reconhecimento pelo seu papel na luta pela libertação de Timor-Leste. "É …

Benfica 3 - 0 Zenit | “Pizzão” aos russos vale Liga Europa

O Benfica garantiu o apuramento para a Liga Europa. A formação “encarnada” precisava de um enquadramento especial de resultados e tal acabou por acontecer. O Lyon empatou em casa com o Leipzig, enquanto a formação portuguesa …

Aldeia francesa proíbe habitantes de "morrer em suas casas aos sábados, domingos e feriados"

A presidente da junta de La Gresle, Isabelle Dugelet, assinou um decreto improvável que impede que os habitantes da aldeia francesa de morrer em casa aos fins de semana e feriados. "É proibido que os habitantes …

Lisboa-Porto por cinco euros. CP oferece 80% de desconto no Natal

A CP - Comboios de Portugal está a oferecer descontos de 80% em mais de 4.500 viagens de comboio até 15 de janeiro. Quem viajar de comboio no período de Natal e Ano Novo terá …

Transformer da vida real. Aquanaut é o robô que se transforma em submarino debaixo de água

https://vimeo.com/378556715 Um transformer da vida real: o novo robô autónomo Aquanaut consegue mudar de fisionomia num abrir e fechar de olhos. Num momento assume uma forma humanóide, semelhante a uma sereia, e no outro uma forma …