Dois jornalistas da Reuters acusados de violação de segredos de Estado em Myanmar

Lynn Bo Bo / EPA

O jornalista Wa Lone (à frente) e o jornalista Kyaw Soe Oo (atrás) à saída do tribunal em Yangon, esta manhã.

Esta quarta-feira, dois jornalistas da agência Reuters foram formalmente indiciados por violação de “segredos de Estado”. Enfrentam agora uma pena de prisão de até 14 anos.

Os dois jornalistas estão detidos desde 12 de dezembro e encontravam-se na Birmânia a investigar a situação no oeste de Myanmar, onde o exército é acusado de “limpeza étnica” contra a minoria rohingya. Esta quarta-feira, foram formalmente indiciados por violação de “segredos de Estado” e enfrentam uma pena de até 14 anos de prisão.

À agência de notícias AFP, o advogado dos jornalistas, Khin Maung Zaw, explicou que pediu a libertação sob fiança, “mas o procurador rejeitou”. Esta foi a decisão do tribunal de Rangum, que deve realizar nova audiência no próximo dia 23.

Wa Lone, de 31 anos, e Kyaw Soe Oo, de 27, foram detidos a 12 de dezembro por terem adquirido “documentos secretos importantes” de dois polícias.

Os agentes em causa trabalhavam no estado de Rakhine, onde abusos atribuídos aos militares levaram mais de 650.000 muçulmanos da minoria rohingya a fugir para o Bangladesh desde o final de agosto.

As acusações são puníveis com até 14 anos de prisão.

As Nações Unidas, a União Europeia ou os Estados Unidos, preocupados com os atentados à liberdade de imprensa apesar da chegada ao poder de um governo civil liderado de facto pela Nobel da Paz Aung San Suu Kyi, têm lançado constantes apelos à libertação dos dois jornalistas birmaneses.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Huawei afirma que a tecnologia 6G vai estar disponível daqui a 10 anos

O CEO da Huawei, Ren Zhengfei, assinalou, durante uma entrevista à CNBC, que a sua empresa está a trabalhar em redes móveis 6G, que estarão completamente desenvolvidas daqui a 10 anos.   "Trabalhámos em 5G e 6G …

Nazismo e comunismo classificados em pé de igualdade pelo Parlamento Europeu

No passado dia 19 de setembro, a União Europeia colocou comunismo e nazismo em pé de igualdade, depois de aprovar no Parlamento Europeu uma resolução condenando ambos os regimes por terem cometido "genocídios e deportações …

Conselho da Europa teme que polícia de Malta tenha “recusado provas” no caso da jornalista assassinada

Daphne Galizia era jornalista, acompanhava casos de corrupção no país e foi assassinada há dois anos. Pieter Omtzigt, relator do Conselho da Europa responsável pelo caso, diz que a abordagem da polícia e dos …

Itália quer mudar sede da final da Liga dos Campeões

A Itália quer que a final da Liga dos Campeões deste ano, marcada para o Estádio Olímpico Atatürk Olympic, mude de sede. Os últimos dias não têm sido fáceis para a UEFA. Depois dos incidentes racistas …

CNN coloca broa portuguesa entre os 50 melhores pães do mundo

A propósito das celebrações do Dia Mundial do Pão, que se celebra esta quarta-feira, a CNN fez uma lista com os 50 melhores pães do mundo e um deles é a broa portuguesa. A broa conhecida …

CP lança nova campanha: Lisboa-Porto por cinco euros e mais descontos até 80%

Há 10.300 bilhetes a custos muito reduzidos, anunciou a CP – Comboios de Portugal esta terça-feira. A nova campanha garante viagens nos comboios de longo curso Alfa Pendular e Intercidades “com 80% de desconto”, abrangendo …

"Níveis recorde". Glaciares suíços perderam 10% do seu volume nos últimos cinco anos

Os glaciares suíços perderam 10% do volume nos últimos cinco anos, a maior redução em cem anos, alertou esta terça-feira a Academia Suíça das Ciências. A Academia baseia-se nas medições feitas pelos peritos do painel intergovernamental …

Caso BPN. Relação condena dois dos absolvidos e agrava penas a outros dois

O Tribunal da Relação de Lisboa condenou esta quarta-feira dois dos três arguidos absolvidos no processo principal da falência do BPN, Ricardo Oliveira e Filipe Nascimento, e agravou as penas a dois dos 12 arguidos …

Operação Éter. Hermínio Loureiro entre as dezenas de autarcas arguidos

Hermínio Loureiro, ex-presidente da Câmara de Oliveira de Azeméis, está entre as dezenas de atuais e antigos autarcas que foram constituídos arguidos no âmbito da Operação Éter. Este processo levou à prisão preventiva do antigo presidente …

Proteção Civil quer que bombeiros voltem a ser obrigados a usar cinto de segurança

A estrada mata mais bombeiros do que os incêndios. Por isso, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil criou um grupo específico para analisar o problema. Rui Ângelo, chefe da Divisão de Segurança, Saúde e …