Disney censura beijo entre mulheres no novo Star Wars exibido em Singapura

(dr) Lucasfilm

A Disney censurou a versão do novo filme da saga Star Wars – “A Ascensão de Skywalker” – que passa em Singapura porque uma das cenas retrata um beijo entre duas mulheres.

Singapura tem leis muito restritas acerca das orientações sexuais e dos retratos que delas podem ser feitas nas várias formas de arte, entre as quais o cinema.

De acordo com o jornal britânico The Guardian, esta cena poderia fazer com que o filme, normalmente classificado como sendo para maiores de 13, atingisse uma classificação que impediria a sua visualização a menores de 18. Com estas regras em mente, a Disney censurou o filme que produziu.

Em Singapura, qualquer filme com conteúdo gay – mesmo que não seja o assunto principal da produção – pode ser restringido a maiores de 18 anos e, se for mesmo o tema central, passa a ser para maiores de 21 anos.

O casamento entre pessoas do mesmo sexo é ilegal em Singapura e o sexo entre homens é um crime punido com até dois anos de prisão. Na lei da cidade-estado, não há qualquer menção da homossexualidade feminina.

Ainda não se sabe se a cena foi removida noutros países, além de Singapura. De acordo com o Hollywood Reporter, várias pessoas que viram o filme no Dubai relataram que o momento foi removido. Porém, a Disney não respondeu aos pedidos para comentar o caso.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Morreu Bunny Wailer, derradeiro ícone do reggae

O cantor e percussionista jamaicano Bunny Wailer, uma lenda do reggae, morreu esta terça-feira, aos 73 anos, no Andrew’s Memorial Hospital de Kingston, o que marca o fim de uma época para este movimento musical. A …

Exilados sauditas sentem-se em perigo após dissidente desaparecer no Canadá

Exilados sauditas no Canadá temem que o dissidente que está de volta ao país de origem tenha sido forçado a revelar informações sobre a comunidade exilada. De acordo com o jornal Público, os exilados sauditas no …

Internamentos voltam a diminuir. Há mais 979 casos e 41 mortes

Portugal registou esta quarta-feira 979 novos casos de infeção por covid-19 e mais 41 mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), nas …

Festas ilegais aumentaram nos últimos 15 dias. PSP já deixa avisos para a Páscoa

Numa altura em que a população já está confinada há mais de um mês, a tendência é cada vez mais para sair de casa e procurar algum contacto social. Por isso mesmo, a PSP já …

Pediatras pedem reabertura urgente das escolas. Professores querem ser consultados na elaboração do plano

A Sociedade Portuguesa de Pediatria defende a reabertura urgente das escolas especialmente o ensino pré-escolar e nos 1º e 2º ciclos do ensino básico, chamando a atenção para as consequências do fecho no desenvolvimento das …

Ventura propõe tirar subvenções a políticos condenados a mais de três anos de prisão

O deputado único do Chega entregou esta terça-feira no parlamento um projeto de lei para retirar, incluindo retroativamente, as subvenções vitalícias a ex-titulares de cargos políticos condenados por crimes "com pena de prisão superior a …

PGR analisa carta que culpa o Governo por "borla fiscal" à EDP na venda de barragens

O Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP) está a analisar uma carta do Movimento Terra de Miranda que questiona a autorização dada pelo Governo à venda de seis barragens transmontanas por parte da …

Biden prevê vacinas para todos os adultos antes do fim de maio

Joe Biden assegura que até maio o país terá vacinas suficientes contra o covid para todos os adultos do país, dois meses antes do previsto. O presidente do EUA anunciou que até ao final de maio …

Pandemia não é “uma competição ou um concurso de beleza entre países”

O presidente da Aliança Global para as Vacinas (GAVI), Durão Barroso, defende que o processo de vacinação mundial contra a covid-19 não deve ser “uma competição ou um concurso de beleza entre países” e lança …

Sarkozy admite recorrer ao Tribunal Europeu dos Direitos Humanos

O ex-Presidente francês admite recorrer ao Tribunal Europeu dos Direitos Humanos contra a sua condenação a três anos de detenção, um em prisão efetiva, por corrupção e tráfico de influência. Numa entrevista ao jornal Le Figaro, …