/

FC Porto 1-0 Santa Clara | Dilúvio no Dragão não trava vitória azul e branca

O FC Porto assegurou esta quinta-feira a presença nos quartos-de-final da Taça de Portugal, após derrotar o Santa Clara por 1-0. A chuva intensa fez-se sentir durante todo o encontro, obrigando os jogadores a jogar maioritariamente pelo ar.

Com destaque para a titularidade de Diogo Costa e Diogo Leite, o FC Porto entrou na partida contra o Santa Clara com fome de vencer. Os ‘azuis e brancos’ puseram o pé no acelerador e não davam espaço aos açorianos para jogar.

O domínio inicial da partida levou a que, eventualmente, os portistas chegassem ao golo. Aos 29 minutos, Shoya Nakajima só precisou de encostar após um cruzamento rasteiro de Corona vindo da direita. Os atletas do Santa Clara ainda pediram falta do mexicano, mas o árbitro não atentou aos protestos.

As equipas regressaram ao balneário com a diferença mínima no marcador. Nos segundos 45 minutos, a chuva intensificou-se e tornou ainda mais complicada a prática do futebol. O campo rapidamente ficou alagado e os jogadores viram-se quase obrigados a jogar futebol de praia, tendo de levantar constantemente a bola.

José Coelho / Lusa

Depressa o jogo se tornou mais físico e menos técnico. Os açorianos tiveram de assumir as despesas do encontro e ir à procura do golo. No entanto, os comandados de João Henrique pouco perigo conseguiram causar à baliza dos ‘dragões’.

Com este resultado, o FC Porto segue em frente na competição e junta-se a Benfica, Paços de Ferreira, Canelas, Rio Ave, Varzim e Académico de Viseu nos ‘quartos’ da Taça de Portugal. Falta ainda jogar a partida entre Famalicão e Mafra, que foi adiada para as 21h45 desta quinta-feira devido ao mau tempo que se faz sentir em Braga.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.