DGS aumenta lotação dos estádios para 50%

António Cotrim / Lusa

A taxa de ocupação do público nos recintos desportivos vai aumentar para 50% da lotação, substituindo o limite atual de 33% imposto no âmbito das restrições da pandemia, anunciou, esta quinta-feira, a Direção-Geral da Saúde (DGS).

De acordo com a orientação 009/2021 divulgada pela DGS, “a referência de lotação para o público em bancada com lugares individuais é de 50% excluindo a primeira fila” junto à área desportiva.

Paralelamente, a “ocupação dos lugares sentados deve ser efetuada com um lugar entre espetadores, sendo os lugares ocupados desencontrados em cada fila”.

A DGS continua a desaconselhar qualquer contacto entre espetadores e outros intervenientes do evento desportivo e recomendou ainda que os lugares desocupados “devem ter sinalética a proibir a sua ocupação” pelo público em estádios e pavilhões, além do uso obrigatório de máscara no interior destes espaços.

O acesso aos recintos, sempre que o número de espetadores seja superior a 1000, em ambiente aberto, ou superior a 500, em ambiente fechado, vai continuar a exigir a apresentação do certificado digital de vacinação completa ou de um teste com resultado negativo.

Entretanto, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) já confirmou que a orientação da DGS será seguida “com efeitos imediatos” nas competições por si organizadas.

“A Direção Geral da Saúde determinou aumentar para 50 por cento de lotação o acesso do público aos recintos desportivos. (…) Esta medida tem efeito imediato nas competições da Federação Portuguesa de Futebol”, pode ler-se no comunicado.

  ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

A escritora Paulina Chiziane

Escritora moçambicana Paulina Chiziane vence Prémio Camões

A escritora moçambicana Paulina Chiziane é a vencedora do Prémio Camões 2021, numa escolha feita por unanimidade, anunciou a ministra da Cultura, esta quarta-feira. "No seguimento da reunião do júri da 33.ª edição do Prémio Camões, …

Costa promete apresentar medidas para conter preço dos combustíveis esta semana

O primeiro-ministro garantiu, esta quarta-feira, que o Governo vai apresentar até ao final da semana um conjunto de medidas para enfrentar a crise dos combustíveis. Num debate na Assembleia da República sobre a reunião do Conselho …

Fesap junta-se à Frente Comum e anuncia greve para 12 de novembro

A Federação de Sindicatos da Administração Pública (Fesap), da UGT, anunciou, esta quarta-feira, que vai avançar para a greve no dia 12 de novembro, fazendo coincidir o protesto com a paralisação nacional já marcada pela …

Patrões acusam Governo de usar a concertação social para viabilizar o Orçamento

Os patrões veem as alterações à lei laboral como uma estratégia do Governo para aprovar o Orçamento do Estado para 2022 (OE2022), enquanto as centrais sindicais consideraram estas mudanças insuficientes. As alterações à legislação laboral não …

Um rato

Nova Iorque alvo de aumento recorde de casos de doença rara transmitida por ratos

Uma doença bacteriana rara, espalhada através da urina de rato, está a assolar a cidade de Nova Iorque. Este ano, pelo menos 15 pessoas terão contraído a doença. Destas, 13 foram hospitalizadas e uma morreu. A …

Portugal regista mais três mortes e 927 casos de covid-19

Portugal registou, esta quarta-feira, mais três mortes e 927 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 927 novos …

Festejos do Sporting. IGAI garante que "não omitiu informação ou branqueou factos"

A inspetora-geral da Administração Interna garantiu no Parlamento, esta quarta-feira, que a IGAI "não omitiu informação ou branqueou factos" no relatório sobre os festejos do Sporting, sustentando que tudo o que foi investigado consta do …

PAN só viabiliza OE "se houver compromisso do Governo em alterar" a proposta

A porta-voz do PAN afirmou, esta quarta-feira, que o partido só poderá viabilizar o Orçamento do Estado para 2022 (OE2022) se o Governo se comprometer com alterações à proposta na especialidade. Inês Sousa Real falava aos …

Colômbia condenada por não ter investigado agressões "verbais, físicas e sexuais" a jornalista

De acordo com a sentença, o Estado colombiano não investigou devidamente o caso de sequestro, tortura e violação da jornalista Jinedth Bedoya, que estava a trabalhar numa reportagem sobre a guerra civil em 2000. O Tribunal …

Rio diz ter "obrigação" de avançar com recandidatura à liderança do PSD

O presidente do PSD justificou a sua recandidatura à liderança, esta quarta-feira, pela "obrigação" de colocar o interesse do país e do partido à frente da sua vida pessoal. No final de uma audiência com o …