Desvendada a fonte das misteriosas ondas de rádio cósmicas descobertas há 10 anos

Jimwmurphy / wikimedia

Radiotelescópio do Observatório Very Large Array (VLA) no Novo México, EUA.

Radiotelescópio do Observatório Very Large Array (VLA) no Novo México, EUA.

Uma equipa de cientistas conseguiu, pela primeira vez, rastrear a origem das chamadas Rajadas Rápidas de Rádio, misteriosas ondas cósmicas descobertas em 2007. Estas rajadas potentes têm como fonte uma galáxia anã, mas ainda não se sabe o que é que as produz.

As Rajadas Rápidas de Rádio (ou Fast Radio Bursts – FRBs na sigla em inglês) são pulsos de ondas muito breves, que duram milésimos de segundos, mas muito potentes e têm sido um dos grandes enigmas na cabeça dos astrofísicos.

Mas uma descoberta recente está a ajudar a desvendar o mistério em torno destas ondas de rádio captadas no espaço.

De acordo com uma equipa internacional de astrofísicos, a fonte de uma destas rajadas será uma galáxia anã a mais de três mil milhões de anos-luz de distância da Terra, conforme se aponta na investigação divulgada na revista científica Nature.

Mais teorias do que Rajadas…

A revelação é um grande passo para solucionar o mistério, já que se tinha gerado muita especulação, incluindo teses envolvendo buracos negros e até inteligência extraterrestre.

As primeiras FRBs foram descobertas ainda em 2007, num arquivo de um telescópio australiano. Os astrónomos estavam a fazer outra pesquisa quando se depararam com uma rajada de ondas de rádio captada em 2001. Depois disso, outras 18 rajadas foram descobertas.

O autor deste novo estudo, Shami Chatterjee, da Universidade de Cornell, em Nova York, nos EUA, afirma à BBC que não será “exagero” dizer que há mais teorias sobre o que estas rajadas são do que FRBs já descobertas.

Na investigação, a equipa de cientistas usou radiotelescópios sofisticados do observatório Very Large Array (VLA), no Estado americano do Novo México.

Com a ajuda de equipamentos de alta resolução, os cientistas conseguiram determinar de maneira precisa a localização de um desses flashes de onda, conhecido como FRB 121102 e que tem como característica peculiar o facto de já ter ocorrido diversas vezes.

“Quando registamos, no ano passado, que um desses flashes estava a repetir-se, derrubamos muitas das hipóteses levantadas até agora. Isto porque sabíamos que, ao menos essa fonte, não podia ser gerada por uma explosão. Tinha de ser algo em que o mecanismo que a estava a produzir sobrevivesse até ao próximo flash“, explica o cientista na BBC.

Posto isto, os cientistas determinaram que “essa rajada vinha de uma galáxia anã, a mais de três biliões de anos-luz da Terra”, salienta Shami Chatterjee.

Tamanha distância reforça a ideia de quão poderosas são estas ondas de rádio.

Ainda há muito por desvendar

Todavia, o enigma das FRBs não foi totalmente desvendado e o professor Heino Falcke, que também estuda este assunto, embora não tenha estado envolvido na investigação, ressalta na BBC que ainda há diversos factores que precisam de ser explicados.

Uma das dúvidas que ainda precisam de mais análise prende-se com o motivo que explica porque é que essa FRB “tão espectacular” está numa galáxia tão pequena, destaca Falcke.

Além disso, não se sabe ainda explicar como é que estas Rajadas se produzem.

O professor Chatterjee e sua equipa já informaram que as pesquisas vão prosseguir para determinar mais detalhes sobre o fenómeno, nomeadamente para averiguar se todas as FRBs são produzidas da mesma forma ou se possuem origens diferentes.

ZAP // Oficina da Net / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Travar margens nos combustíveis pode acabar por prejudicar os consumidores (e até fechar bombas)

A proposta de lei do Governo aprovada, na semana passada, para a limitação das margens das petrolíferas nos preços dos combustíveis pode acabar por travar a concorrência e até levar ao encerramento de bombas de …

"Nunca se pode tirar Messi" (mas há um gesto que pode explicar a sua substituição)

A substituição de Messi, e a forma como reagiu, no jogo entre o Paris Saint-Germain e o Lyon da Liga francesa, continua a dar que falar. E agora avança-se a possibilidade de o craque argentino …

Médicos querem que norma de isolamento tenha em conta a atual taxa de vacinação

Com o regresso às aulas, médicos de saúde pública defendem a revisão da norma referente ao isolamento de contactos de risco, para que esta tenha em consideração a elevada taxa de vacinação. O ano letivo arrancou …

Com Moedas como alvo e Temido como "guardiã", Medina prometeu um novo futuro para Lisboa

O candidato da coligação PS/Livre à presidência da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, acusou a direita de ambicionar nas autárquicas de domingo “a segunda volta do jogo que perdeu na disputa do poder legislativo”. Fernando Medina …

Descoberto sistema de esgotos intacto construído por romanos há 2.000 anos

Uma equipa de arqueólogos turcos encontrou um sistema de esgotos perfeitamente intacto na antiga cidade de Tripolo no Meandro. A infraestrutura foi construída por romanos. A antiga cidade de Tripoli no Meandro — também conhecida por …

De calculadora em riste, PSD faz contas para evitar um resultado "igual, pior ou muito pouquinho melhor" nas autárquicas

PSD tenta recuperar de duas eleições autárquicas menos conseguidas, agarrando-se aos municípios em que a obra feita pelos autarcas do PS não recebe nota positiva de forma unânime da população ou onde haverá uma transição …

Um Barcelona "de juniores" quebrou um recorde (mas quase perdia em casa)

Domingos Duarte marcou cedo e Granada esteve a ganhar em Camp Nou até perto dos 90 minutos. Equipa muito jovem do Barcelona mas mais uma exibição modesta. Quinta jornada da Liga espanhola de futebol, mais uma …

Galp recusou proposta para salvar empregos em Matosinhos (mas é Costa quem está "no olho do furacão")

O Governo tentou evitar o despedimento colectivo na refinaria da Galp em Matosinhos, desafiando a empresa a pagar uma formação feita "à medida" dos trabalhadores abrangidos. Mas a Galp recusou. Pelo meio, António Costa também …

Análise de ADN revela que japoneses modernos são descendentes de três povos diferentes

O território que hoje dá lugar ao Japão está ocupado desde o período do Paleolítico Superior. Até agora pensava-se que a ancestralidade genética japonesa era dupla, mas uma nova pesquisa vem trazer novos detalhes.  Um novo …

"Engodo dos eleitores". Jerónimo acusa PS de usar aparelho do Estado para conquistar votos

O secretário-geral do PCP acusou o PS de estar a utilizar o aparelho do Estado, nomeadamente a “bazuca europeia”, para conquistar votos nas eleições autárquicas, e exigiu que seja garantida a neutralidade dos órgãos de …