Acabou a procura. O genoma de Nemo foi descodificado

Uma equipa de cientistas esteve à procura dos genes do Nemo. Agora, foram publicados os resultados da sequenciação do genoma de qualidade do peixe-palhaço, eternizado pela Disney.

O peixe-palhaço é o peixe mais conhecido dos oceanos, graças ao filme de animação da Disney À Procura de Nemo. Agora, uma equipa internacional de cientistas procurou não o Nemo, mas os genes do peixe-palhaço – ou seja, mapeou o genoma desta espécie para que seja possível perceber a resposta dos peixes de recife às alterações climáticas.

O Público destaca uma das principais características do peixe-palhaço: a mudança de sexo. Estes peixes podem nascer machos, mas se a fêmea dominante do grupo morrer, um dos machos muda de sexo e assume o lugar dessa fêmea.

Estes peixes são importantes para estudos ecológicos e evolutivos na medica em que vivem nos recifes de coral. Assim, o peixe-palhaço é estudado como modelo de processos como a mudança de sexo, a organização social, a seleção do habitat e a longevidade.

Além disso, esta espécie é utilizada para se perceber os efeitos ecológicos dos distúrbios ambientais nos ecossistemas marinhos devido às alterações climáticas ou à acidificação do oceano. Segundo os cientistas, sob o efeito de um oceano mais acidificado, o peixe-palhaço é atraído pelo odor dos seus predadores, ficando mais exposto a este perigo.

Agora, a equipa conseguiu criar um dos mapas genéticos mais completos do peixe-palhaço (neste caso, da espécie Amphiprion percula).

“Este genoma dá-nos um modelo essencial para compreendermos todos os aspetos da biologia dos peixes de recife”, considera Robert Lehmann, da Universidade de Ciência e Tecnologia do Rei Abdullah (Arábia Saudita) e um dos autores do estudo, num comunicado sobre o trabalho.

No artigo científico, publicado recentemente na Molecular Ecology Resources, os cientistas apresentam uma montagem do genoma de referência com qualidade do peixe-palhaço. Este genoma “tem 26.597 genes que codificam proteínas. E, tal como o maior quebra-cabeças do mundo, levou-nos tempo e paciência para que montássemos as peças”, elucida Lehmann.

Segundo Timothy Ravasi, também autor do trabalho, o peixe-palhaço tem “aproximadamente 939 milhões de nucleótidos que precisaram de ser encaixados”. Os nucleótidos são os elementos químicos de base que constituem a molécula de ADN (a adenina, timina, citosina e guanina, representadas pelas letras A, T, C e G)

Esta sequenciação “é um esforço notável e representa uma montagem muito completa deste genoma”, diz Lehmann, acrescentando que o genoma do peixe-palhaço é compostos por 24 cromossomas.

A sequenciação do genoma agora publicada tem mais qualidade. “Este é um dos genomas de peixes mais completos alguma vez produzidos”, salienta David Miller, outro dos autores da investigação. Além disso, o peixe-palhaço é um “laboratório ideal para estudos genéticos e genómicos”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Lixo espacial cadente iluminou os céus na Austrália

Na sexta-feira passada, pedaços de lixo espacial de um foguetão russo iluminaram os céus na Austrália. Os especialistas dividem-se na possibilidade de bocados dele caírem na Terra. Na sexta-feira passada, num final de tarde como tantos …

Cientistas criaram uma borracha que até rasga (mas concerta-se sozinha)

Investigadores da Universidade Flinders, na Austrália, desenvolveram um novo tipo de borracha que consegue regenerar sozinha. A equipa de investigadores da universidade australiana criou um novo tipo de borracha e um catalisador que, em conjunto, podem …

Dez anos depois, voltou a ser avistado um guepardo do noroeste africano

Naturalistas na Argélia filmaram um guepardo do noroeste africano, uma subespécie listada na Lista Vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) como estando em "perigo crítico", pela primeira vez em dez anos. De acordo …

NASA dedica novo telescópio a Nancy Grace Roman, a "mãe" do Hubble

A NASA renomeou o telescópio Wide Field Infrared Probing Telescope (WFIRST) em homenagem a Nancy Grace Roman, a mãe do Hubble. A NASA batizou o seu telescópio espacial de última geração, atualmente em desenvolvimento, - o …

Guitarrista dos Queen teve um ataque cardíaco que o deixou às portas da morte

Brian May, guitarrista dos Queen, sofreu um ataque cardíaco que o deixou às portas da morte, anunciou o próprio músico, de 72 anos. May partilhou um vídeo no Instagram no qual conta todo o episódio. Tudo …

"Missão Tianwen". China planeia lançar sonda para Marte em julho

A China planeia lançar uma sonda e um pequeno robô de controlo remoto para Marte, em julho, na sua primeira missão ao Planeta Vermelho, anunciou esta segunda-feira a agência responsável pelo projeto. "O nosso objetivo era …

Bairros de lata são incubadoras de covid-19, mas ninguém ajuda os milhões que lá vivem

Bairros de lata, como as favelas, são consideradas incubadores de covid-19. No entanto, pouca atenção lhes tem sido dada na resposta à pandemia. Tendo devastado algumas das cidades mais ricas do mundo, a pandemia do novo …

Morreu Saturn, o jacaré que sobreviveu a um bombardeamento da II Guerra (e que se diz que pertenceu a Hitler)

Saturn, um jacaré norte-americano de 84 anos, morreu esta sexta-feira no jardim zoológico de Moscovo, na Rússia, anunciou a instituição na sua conta de Facebook, dando conta que o animal morreu de velhice. O réptil …

Antiviral Remdesivir pode ser eficaz no combate à covid-19

O antiviral Remdesivir é eficaz contra a covid-19 caso seja administrado antes dos pacientes necessitarem de ventilação mecânica, indica um ensaio internacional com este medicamento, coordenado pelo Hospital Can Ruti, em Badalona, Barcelona, Espanha. Segundo um …

Há uma misteriosa ilha em Nova Iorque que quase ninguém pode visitar (e está abandonada)

A menos de 1,6 quilómetros de Manhattan, em Nova Iorque, localiza-se uma misteriosa ilha abandonada há mais de meio século. É preciso ter autorização do New York City Department of Parks and Recreation para visitar …