Um só dente chega para descobrir o sexo de uma pessoa

Uma equipa de investigação descobriu uma forma de estimar o sexo de um esqueleto humano baseado nos vestígios de proteína deixados nos dentes.

Saber identificar o sexo de restos mortais humanos é importante para os arqueólogos que pretendem conhecer mais sobre as sociedades do passado. Investigadores conseguem medir características dos ossos que diferem machos de fêmeas, geralmente a pélvis.

Contudo, os esqueletos de crianças e adolescentes não mostram essas mudanças estruturais e, muitas vezes, são encontrados apenas alguns ossos nos locais onde os restos mortais se encontram.

A análise de ADN é relativamente cara e o ADN é bastante frágil em comparação com outras moléculas, explica Jelmer Eerkens, antropólogo da Universidade de Davis. Os dentes, por outro lado, preservam-se bem e são frequentemente encontrados em sítios arqueológicos. Um dente pode revelar muita coisa sobre a pessoa a quem pertencia, disse o investigador.

“Padrões de desgaste no dente podem informar sobre a dieta. A morfologia do dente pode revelar a ancestralidade – diferentes populações ao redor do mundo têm pequenas variações na forma dos dentes. Placas bacterianas podem informar sobre as bactérias na boca, incluindo bactérias patogénicas“, exemplificou Eerkens. “Podemos datar o dente com radio-carbono para saber quantos anos tem”, acrescentou.

O novo método, publicado a 9 de novembro na revista científica Journal of Archaeological Science, usa espectrometria de massa sensível para medir proteínas dos dentes.

As proteínas amelogeninas desempenham um papel importante na formação do esmalte dentário. Os genes das amelogeninas estão localizados nos cromossomas X e Y, que determinam o sexo biológico em humanos, embora a amelogenina não se relacione diretamente com a determinação biológica.

Análises de ADN para conhecer o sexo do cadáver, muitas vezes, dependem de se conseguir encontrar os genes da amelogenina X ou Y. As fêmeas terão amelogenina-X nos dentes, enquanto os machos terão as versões X e Y da proteína.

Julia Yip, uma das autores do estudo, analisou 40 amostras de esmalte de 25 indivíduos, incluindo dentes adultos e “dentes de leite” de crianças. As idades dos dentes variaram de 100 a 7.300 anos e foram recolhidos na América do Norte e no Peru. Simultaneamente, a investigadora analisou amostras de dentes modernos. No final, Yip encontrou vestígios de amelogenina-X em todas as amostras e amelogenina-Y em cerca de metade deles.

Um resultado positivo para amelogenina-Y significa que o dente deve ter vindo de um macho. Contudo, como a amelogenina-Y geralmente está em níveis mais baixos do que a amelogenina-X, um dente com teste negativo poderá ser um falso negativo. Para superar isto, os investigadores desenvolveram um método estatístico para calcular a probabilidade de tais falsos negativos, dada uma certa quantidade de amelogenina-X.

“Como o ADN, o método é quantitativo e não depende de treino anatómico. É mais barato de ser executado por amostra – que o ADN – e pode ser feito em condições não estéreis”, concluiu Glendon Parker, outro dos autores do trabalho.

De acordo com os resultados, este novo método não seria usado só por si, mas sim como complemento de outras técnicas já existentes.

ZAP // Phys

PARTILHAR

RESPONDER

Afinal, Darwin poderá ter-se enganado em relação à seleção sexual

Um novo estudo sugere que Charles Darwin poderá ter-se enganado parcialmente em relação à teoria da seleção sexual. Charles Darwin foi um cientista cuidadoso. Em meados do século XIX, enquanto procurava evidências para a sua teoria …

“Não temos um presidente". Moedas arrasa Medina após divulgação da auditoria à CML

A auditoria interna da Câmara Municipal de Lisboa, apresentada ontem por Fernando Medina, está longe de pôr fim à polémica em torno do envio de dados pessoais de manifestantes a embaixadas estrangeiras. O presidente da Câmara …

"Fui sujeito a pressões, intimidações e ameaças". António Oliveira desiste de candidatura à Câmara de Gaia

Esta sexta-feira, numa reunião de emergência, António Oliveira, candidato à Câmara de Vila Nova de Gaia, anunciou ao líder do PSD, Rui Rio, a sua desistência da corrida eleitoral. António Oliveira tinha sido a escolha de …

Marcelo pede a portugueses "noção" sobre momento de transição

O Presidente da República destacou a importância "de as pessoas terem a noção" do momento de transição" na pandemia em Portugal, sublinhando as vacinas como resposta. A campanha de vacinação justifica o "momento de transição" que …

Uma das plantas mais estudadas de sempre tinha uma parte desconhecida

Cientistas encontraram uma parte completamente nova numa das plantas mais estudadas de sempre. De acordo com o site Science Alert, a planta em questão chama-se Arabidopsis thaliana e é um organismo modelo, já tendo sido usada …

Informações contraditórias. Autoridades belgas só confirmam a morte de um português em Antuérpia

Apesar de três portugueses terem sido dados como mortos, as autoridades no local onde ruiu um prédio em construção em Antuérpia, na Bélgica, só confirmam a nacionalidade lusa de um óbito. De acordo com a TSF, …

António Joaquim entregou-se para cumprir 25 anos de prisão pela morte de Luís Grilo

António Joaquim apresentou-se hoje num estabelecimento prisional para cumprir os 25 anos de prisão (pena máxima) a que foi condenado pela coautoria do homicídio de Luís Grilo, disse à agência Lusa o seu advogado. “António Félix …

Afinal, a altura não depende apenas dos nossos genes

Vários especialistas em genética e biologia celular defendem que a altura não só depende dos genes transmitidos pelos nossos pais, mas também de fatores ambientais, como a dieta. Muitas vezes consideramos a nossa altura imutável, determinada …

Resolvido mistério de longa data sobre explosões colossais no Espaço

Cientistas desvendaram um antigo mistério sobre algumas das maiores explosões do universo, conhecidas como erupções de raios gama, ou Gamma Ray Bursts (GRB), em inglês. As erupções de raios gama são explosões extremamente energéticas que foram …

Programa de computador prevê os gostos de arte das pessoas

Um programa de computador criado por uma equipa de investigadores conseguiu prever com precisão os gostos de arte das pessoas. Gostos não se discutem. Seja a cor preferida, o carro que conduz ou o género de …