Descobertas cavernas da Idade do Gelo por baixo das ruas de Montreal

Exploradores amadores descobriram uma surpreendente rede de cavernas e de túneis, escondida por baixo da cidade de Montreal, que foi criada quando os tigres-dentes-de-sabre e os mamutes ainda andavam por cá, na Idade do Gelo.

A descoberta foi feita recentemente pelos exploradores amadores Luc Le Blanc e Daniel Caron que, após anos de tentativas (e também de alguns erros), encontraram estas formações de mais de 15 mil anos, constituídas durante o último período glaciar.

Este sistema de cavernas, que se escondia sob Montreal, está ligado à conhecida caverna de Saint-Léonard. A passagem tem cerca de 200 metros e 6 metros de profundidade e, em algumas zonas, é preciso usar um barco para fazer a travessia nas estruturas.

Uma busca de muitos anos

Durante anos, os membros da Sociedade Espeleológica do Quebeque, no Canadá, especularam sobre a existência de outro conjunto de grutas ligado à caverna de Saint-Léonard, que fica próxima do parque Pius 12, na região de Saint-Léonard, em Montreal. Mas não sabiam exactamente onde a procurar, conforme relata a BBC.

Em 2014, os dois exploradores começaram a ter uma ideia mais clara, quando um pêndulo de aplicações de radioestesia – uma barra de madeira que costuma ser usada para encontrar água subterrânea – apontou para uma pequena fissura no chão. Era algo demasiado pequeno para ser explorado, mas alimentou a esperança dos dois exploradores.

Até que, em 2015, os exploradores colocaram uma câmara no pêndulo e conseguiram as primeiras imagens do interior da caverna. “Era possível ver que havia algo, que havia mais cavernas para além daquela fissura”, conta Le Blanc.

(dr) Luc Le Blanc

Mas seria preciso esperar mais dois anos até que os exploradores encontrassem uma parte do solo que fosse suficientemente macia para ser escavada.

Como no caso da Caverna de Saint-Léonard, as movimentações de placas tectónicas criaram essas formações durante o último período glaciar, devido à pressão do gelo superior à estrutura. O peso do gelo enfraqueceu o túnel de pedra calcária da passagem e Le Blanc e Caron conseguiram, assim, atravessá-la.

A partir daí, a aventura dos dois exploradores prosseguiu, até que os dois exploradores conseguiram cruzar uma parede de rocha, deparando-se com o aquífero. Mais adiante, o tecto era tão baixo e a água tão profunda que tiveram que dar meia-volta para depois voltar com um barco insuflável que lhes permitisse prosseguir.

“Descoberta gigante”

Até agora, foram explorados 150 metros da passagem subterrânea, o que implicou fazer uma grande pesquisa na cidade para ter a certeza de que não havia casas à superfície que pudessem ser afectadas pelas suas escavações na caverna.

Agora, Luc Le Blanc e Daniel Caron estão à espera que o Inverno chegue, pois, nesta época, o nível da água deverá baixar, o que permitirá explorar o resto das cavernas. Os dois exploradores acreditam que devem prosseguir por, pelo menos, mais 50 metros.

“Ainda temos bastante para explorar”, diz Luc Le Blanc, reforçando que esta “é uma descoberta gigante, daquelas que só se fazem uma vez na vida“.

ZAP // BBC

PARTILHAR

RESPONDER

O exoplaneta mais tórrido já descoberto tem valiosas terras raras

A 650 anos-luz da Terra, o KELT-9 b, o exoplaneta mais quente até agora descoberto, tem assinaturas de alguns dos cobiçados minerais de terras-raras.  Além das assinaturas de ferro gasoso e titânio encontradas na sua atmosfera, …

Conseguirá a Terra sair ilesa se o Sol ficar sem combustível?

Planetas rochosos formados por elementos densos serão, muito provavelmente, os únicos sobreviventes da morte explosiva de uma estrela. Esta descoberta dá-nos pistas preciosas sobre o futuro da Terra. Quando uma estrela morre destrói tudo o que …

As colónias espaciais de Bezos flutuam, são auto-sustentáveis e até se podem parecer com Florença

O CEO da Amazon e fundador da empresa de transporte aeroespacial Blue Origin levantou o véu sobre os seus planos futuros, detalhando as suas ideias para a colonização do Espaço. Jeff Bezos sonha com "cápsulas" …

Descoberta nova espécie de rã de cristal na Colômbia

Uma rã de cristal com um coaxar peculiar foi descoberta na Sierra Nevada de Santa Marta, uma cordilheira localizada na Colômbia. "Foi um golpe de sorte", revelou o cientista que encontrou o novo espécime. Segundo …

O café mais caro do mundo vende-se na California. Custa 66 euros

Um café na California, nos EUA, prepara o que apresenta como o café mais caro do mundo. Chama-se Elida Natural Geisha 803 e custa 75 dólares (66 euros) por chávena. A rede Klatch Coffee Roasters, que …

Inglês pagou 265 euros por um Picasso falso. Afinal, era verdadeiro

Um residente da cidade de Crawley, na Inglaterra, comprou por 292 dólares (cerca de 261 euros) uma pintura que achava ser uma boa farsa de um conhecido trabalho de Pablo Picasso. Porém, seis meses depois, soube …

China cria aplicação de reconhecimento facial para distinguir pandas

Investigadores do Centro de Pesquisa e Conservação da China para Pandas Gigantes, juntamente com a Universidade de Tecnologia de Nanyang, em Singapura, e a Universidade Normal de Sichuan desenvolveram uma aplicação com um software de …

Corvos da Torre de Londres "salvaram" o país. Tiveram crias pela primeira vez em 30 anos

Os icónicos corvos negros da Torre de Londres "salvaram" o Reino Unido das consequências fatídicas de uma antiga profecia ao ter descendentes pela primeira vez desde 1989. O casal formado por Huginn (o pai) e Muninn …

A Estónia só tem um lingote de ouro e nem sequer o pode vender

O Banco Central da Estónia, que completou em maio 100 anos desde a sua função, só tem um lingote de ouro e nem sequer o pode vender, uma vez que o material não é puro …

Explosão atinge autocarro de turistas perto das Pirâmides de Gizé

Uma explosão atingiu um autocarro de turistas perto das célebres pirâmides de Gizé, no Egito, provocando 17 feridos, entre naturais do Egito e da África do Sul, noticia a agência France-Presse. Um engenho explosivo detonou à …