Descoberta “super Terra” a 40 anos-luz que pode ter sinais de vida

(dr) ESO / spaceengine.org

Imagem artística do exoplaneta LHS 1140b, com a sua estrela mãe, uma anã vermelha, no fundo da imagem

Imagem artística do exoplaneta LHS 1140b, com a sua estrela mãe, uma anã vermelha, no fundo da imagem

Uma equipa internacional, da qual faz parte um investigador do Porto, descobriu um planeta maior e mais denso que a Terra a 40 anos-luz, com características que o tornam um “excelente candidato” para a procura de sinais de vida.

Os investigadores identificam este planeta como uma “super Terra”, um tipo de exoplaneta (que gira em torno de uma estrela que não é o Sol, portanto noutro sistema solar) com uma massa compreendida entre uma a dez vezes a massa da Terra, ao qual deram o nome de LHS 1140b.

A equipa estima que o LHS 1140b, que transita a estrela anã vermelha (estrela com pequena massa e de temperatura “baixa”) LHS 1140, a menos de 40 anos-luz de distância da Terra, terá pelo menos cinco mil milhões de anos, um diâmetro de quase 18 mil quilómetros (cerca de 1,4 vezes maior que a Terra) e 6,6 vezes mais densidade que o nosso planeta.

As observações permitiram ainda determinar que este exoplaneta orbita a sua estrela a uma distância dez vezes mais próxima do que a Terra orbita o Sol, completando uma órbita a cada 25 dias.

“A distância a que o planeta está da sua estrela permite-nos calcular que a sua temperatura pode possibilitar a presença de água líquida à superfície”, disse à Lusa o investigador do polo do Porto do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), instituição envolvida no projeto, Nuno Santos.

De acordo com o instituto, apesar de, atualmente, a estrela rodar mais lentamente e emitir menos radiação de alta energia do que outras estrelas de pequena massa, no início da sua vida seria “bem mais ativa”.

Essa atividade possibilitava uma emissão de radiação capaz de destruir a água existente na atmosfera do planeta, o que originaria um efeito de estufa descontrolado, semelhante ao observado em Vénus.

“No entanto, o diâmetro do planeta indica que um escaldante oceano de magma pode ter existido à superfície durante milhões de anos, libertando vapor de água para a atmosfera durante tempo suficiente para continuar a abastecer a atmosfera”, lê-se em nota informativa divulgada no site do IA.

A água pode então ter passado ao estado líquido depois do planeta arrefecer, tornando-o potencialmente habitável e um “excelente candidato” a futuros estudos para procurar sinais de vida.

O exoplaneta foi detetado pelo observatório Mearth, no Chile, utilizado para rastrear estrelas anãs vermelhas até 100 anos-luz de distância, à procura de planetas semelhantes à Terra.

A descoberta deu-se com recurso ao método de trânsitos, que consiste na medição da diminuição da luz de uma estrela provocada pela passagem de um exoplaneta à sua frente (algo semelhante a um microeclipse), o que permitiu calcular o diâmetro do planeta.

Foi depois confirmada pelo espetrógrafo HARPS, localizado no telescópio ESO, no Chile, que, através de observações com o método das velocidades radiais (deteta exoplanetas medindo pequenas variações na velocidade da estrela) permitiu determinar a sua massa e o período orbital.

Segundo o IA, a equipa vai realizar, brevemente, observações com o Telescópio Espacial Hubble, para determinar com precisão a quantidade de radiação que atinge o LHS 1140b, o que vai permitir definir com maior exatidão os limites de habitabilidade do planeta.

Esta descoberta deu origem ao artigo “A temperate rocky super-Earth transiting a nearby cool star”, publicado esta terça-feira na revista científica Nature.

Para além de Nuno Santos, a equipa é composta por investigadores dos Estados Unidos, França, Suíça, Austrália e Espanha.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Estamos a viver um "apartheid climático" (e quem tem menos dinheiro vai sofrer ainda mais)

O mundo está a viver um "apartheid climático" e no futuro, serão os mais pobres os que mais vão sofrer as consequências das alterações climáticas. O alerta é do cientista Alexandre Quintanilha. "Estamos a viver um …

Catalunha. Manifestações provocam 199 detidos e 289 polícias feridos numa semana

Quase 200 pessoas foram detidas e 289 agentes da polícia ficaram feridos desde a passada segunda-feira nos protestos na Catalunha contra a sentença que condenou 12 dirigentes políticos catalães, segundo fontes policiais. Desde a passada segunda-feira, …

Quase metade do rendimento das famílias na Grande Lisboa é para pagar renda

A prestação derivada da compra de uma casa na Área Metropolitana de Lisboa (AML) representa uma taxa de esforço de 28% para as famílias. Contudo, arrendar é ainda mais dispendioso, com as rendas a representarem …

Portugal conquista ouro no basquetebol nos INAS Global Games

Portugal conquistou hoje quatro medalhas no último dia dos INAS Global Games, competição mundial para atletas com deficiência intelectual, através da seleção de basquetebol (ouro) e do ciclista Carlos Carvalho (três medalhas de prata). A equipa …

Benfica e FC Porto doam receitas ao Cova da Piedade e Coimbrões

O Benfica e o FC Porto decidiram entregar a sua receita, correspondente à bilheteira e à transmissão televisiva, aos seus adversários da terceira eliminatória da Taça de Portugal. Na semana passada, jogou-se a terceira eliminatória da Taça …

Nova lei de registo dos animais vai levar freguesias a perderem receita

O objetivo da nova lei é criar uma base única de dados nacional de registo dos animais e acaba com a obrigatoriedade da licença para os cães. O presidente da maior freguesia do distrito de Bragança, …

Vem aí um novo ecoponto (e vai ser castanho)

A partir de janeiro de 2024, todos os Estados-membros da União Europeia vão ser obrigados a ter um quarto contentor para a recolha seletiva do lixo. Desta vez, será castanho e passará a estar nas ilhas …

Federação Portuguesa de Futebol condena jogadores por viciação de resultados

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol condenou dois futebolistas e dois treinadores por manipulação de resultados no âmbito do caso "Jogo Duplo". O Público chama-lhe "uma decisão histórica". No âmbito do caso "Jogo …

Diferendo entre Galp/REN e ERSE pode custar 179 milhões de euros aos consumidores

As empresas de gás da Galp e da REN Portgás voltaram a impugnar as tarifas reguladas publicadas pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) e avançaram com o décimo processo judicial. Caso vençam, os clientes …

Salário mínimo de 700 euros "é perfeitamente razoável", diz líder da CIP

O presidente da Confederação Empresarial de Portugal (CIP), António Saraiva, considerou que é "perfeitamente razoável" que o salário mínimo nacional (SMN) alcance os 700 euros durante a próxima legislatura. “Parece-me tão razoável como pode parecer outro …