Descoberta origem das “partículas-fantasma” que atingiram a Antártida o ano passado

Felipe Pedreros / IceCube / NSF

O IceCube Neutrino Observatory, na Estação Científica Internacional Scott-Amudsen, no Polo Sul

Uma equipa internacional de cientistas descobriu no espaço profundo a origem dos neutrinos – partículas subatómicas capazes de percorrer milhões de anos-luz e atravessar toda a matéria – que foram detetados em setembro na Antártida.

Segundo anuncia uma equipa de cientistas, em um estudo publicados esta quinta-feira na revista Science, os neutrinos detetados no Pólo Sul em setembro tiveram origem numa galáxia elíptica a quatro mil milhões de anos-luz da Terra, que gira em torno de um buraco negro supermassivo – um fenómeno conhecido como ‘blazar‘.

Os neutrinos foram registados pelo detetor de partículas Icecube, uma rede de mais de 5.000 sensores de luz dispostos numa grelha a mais de um quilómetro de profundidade, enterrado no gelo do Pólo Sul.

Quando um neutrino interage com o núcleo de um átomo, cria uma segunda partícula que, por sua vez, gera um cone de luz azul que é detetado pelo Icecube. Como a segunda partícula e a luz que gera mantêm o mesmo trajeto do neutrino, é possível aos cientistas detetar onde começou esse trajeto.

O Icecube está sempre a examinar o céu, mas na maior parte dos casos, os neutrinos que deteta são partículas de baixa energia, criadas por colisões de partículas subatómicas provenientes de raios cósmicos com núcleos de átomos na atmosfera terrestre.

Apesar de ser o maior do mundo no seu género, desde que começou a funcionar em 2013, o Icecube só conseguiu detetar 82 neutrinos de alta energia. Para identificar a origem do neutrino que atravessou o Universo, foi usada uma rede de instituições e investigadores, incluindo os que trabalham com alguns dos maiores telescópios do mundo.

A ‘blazar’ identificada já é conhecida dos astrónomos, que a designam apenas por uma referência alfanumérica, e caracteriza-se por gerar jatos de partículas altamente energéticas que apontam para a Terra.

Os neutrinos, que os cientistas designam como “partículas fantasma” porque quase não têm massa, são altamente voláteis, praticamente não interagem com a matéria e não são afetadas por campos magnéticos. É isso que explica que os misteriosos neutrinos possam percorrer distâncias inimagináveis sem nunca mudar de direção.

Foi em 1912 que o físico austríaco Victor Hess provou que as partículas ionizadas que os cientistas encontravam na atmosfera vinham do espaço.

A carga energética das partículas dos raios cósmicos podem ser até centenas de milhões de vezes mais poderosas do que os seres humanos conseguem criar, como as que emanam do acelerador de partículas do CERN, na Suíça.

Na Via Láctea não se conhece nada que consiga gerar forças tão poderosas, e a origem dos neutrinos detetados na Terra era até agora um mistério.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Estar de mau humor pode torná-lo mais produtivo

Estar de mau humor pode ajudar a aumentar a sua produtividade. Uma investigação recente mostrou que, para algumas pessoas, estar de mau humor pode ajudar na concentração e a priorizar melhor as tarefas. Tudo depende do …

Bem-vindos à Idade de Meghalaya, a nova era geológica da Terra

Especialistas dizem que já estamos a viver numa nova era geológica, batizada de Idade de Meghalaya, que começou há 4.250 anos. Esta nova era, batizada de Idade de Meghalaya começou há 4.250 anos, quando aquilo que terá …

NASA vai lançar uma sonda para tocar no Sol

A NASA espera lançar nas próximas semanas uma sonda que deverá aproximar-se do Sol mais do que nenhuma outra até agora. A sonda Parker - batizada em homenagem a Eugene Parker, astrofísico que desenvolveu a teoria …

Este é o julho mais frio dos últimos 30 anos (e a culpa é de um anticiclone)

O mês de julho foi até ao dia 18 o que teve o valor médio da temperatura máxima do ar mais baixo dos últimos 30 anos. “Verifica-se que o valor médio da temperatura máxima do ar …

"Quando trazem um copo de água a Juncker todos sabemos que é gin"

Um jornalista francês, um dos veteranos especialistas em assuntos europeus, levanta dúvidas sobre a capacidade de Jean-Claude Juncker governar, falando abertamente sobre o alegado "alcoolismo" do presidente da Comissão Europeia. "Quando um oficial de justiça lhe …

Pablo Casado é o novo presidente do PP espanhol

O congresso extraordinário do Partido Popular espanhol elegeu, este sábado, em Madrid, Pablo Casado, de 37 anos, para suceder a Mariano Rajoy na presidência. Pablo Casado foi o mais votado pelos 3.082 delegados ao congresso, segundo …

Salgado e ex-administrador do BES desviaram milhões para família e amigos

Ricardo Salgado e Amílcar Morais Pires, ex-presidente e ex-administrador do BES, respectivamente, colocaram em marcha um esquema que tinha como objectivo desviar fundos para financiar investimentos de amigos e familiares, bem como ocultar activos tóxicos, …

Professores só podem ter férias depois de entregarem as notas

O Ministério da Educação enviou orientações às escolas para que concluam as avaliações finais dos alunos "impreterivelmente até 26 de julho", pedindo aos diretores escolares que apenas autorizem férias aos professores depois de entregarem as …

3 polícias franceses detidos em caso de colaborador que agrediu manifestante

Três polícias foram detidos, este sábado, por terem mostrado imagens de videovigilância ao colaborador do Presidente francês, filmado a agredir um manifestante durante o desfile do 1º de Maio, informou a procuradoria de Paris. Os três …

Israel e Hamas acordam cessar-fogo

Israel e o Hamas acordaram um cessar-fogo, esta sexta-feira, após a escalada de violência que provocou cinco mortos, anunciou um porta-voz do grupo islamita. Em comunicado, o porta-voz do Hamas, Fawzi Barhoum, atribuiu o cessar-fogo aos …