Descoberta nos Alpes uma lancheira com 4 mil anos

Archaeological Service of the Canton of Bern / Badri Redha

Lancheira com cerca de 4000 anos descoberta nos Alpes suíços ainda com vestígios de grãos de cereais (a mancha negra no centro).

Uma lancheira de madeira com cerca de 4000 anos foi encontrada perfeitamente preservada num glaciar, nos Alpes suíços, contendo ainda migalhas de cereais que terão feito parte do almoço ou do lanche de alguém da Idade do Bronze.

Este achado extraordinário é relatado num artigo científico no jornal Scientific Reports, depois de uma cuidada análise feita por investigadores de várias instituições internacionais.

A lancheira foi encontrada em óptimo estado de preservação num glaciar, na montanha de Lotschberg, nos Alpes suíços, em 2012. Mas só mais recentemente, graças a uma nova técnica, foi possível analisar em detalhe a espantosa descoberta.

A datação por radio-carbono revelou que a lancheira tem cerca de 4000 anos, remontando ao início da Idade do Bronze, conforme explica o Instituto Max Planck (MPG na sigla original em alemão), uma das instituições envolvidas na pesquisa, num comunicado.

Encontrado no topo da montanha, a uma altitude de 2650 metros, o contentor redondo, com cerca de 20 centímetros de diâmetro, é feito de madeira de pinheiro suíço e de salgueiro, com as duas partes unidas por galhos de pinheiro-larício europeu, destaca ainda o MPG.

Considerado um achado extraordinário e extremamente raro, o artefacto que data de cerca de 1500 a.C., ficou congelado durante milénios, o que permitiu a sua conservação perfeita, incluindo vestígios de grãos de cereais.

“Os grãos de cereais raramente sobrevivem milhares de anos. Às vezes, sobrevivem quando são carbonizados, mas depois perdem alguns dos seus traços diagnósticos. Agora, temos um método para estudar isto com muito mais detalhe”, salienta a investigadora Jessica Hendy, do MPG, em declarações divulgadas pela IBTimes UK.

Este novo método permitiu analisas as moléculas preservadas nesses grãos e encontrar alquilresorcinóis que também são encontrados nos produtos modernos feitos com cereais integrais.

“O que estamos a fazer é a extrair as bio-moléculas dos resíduos e a identificar um marcador para cereais”, acrescenta Jessica Hendy, frisando que o método pode ser aplicado “a vestígios menos bem preservados” e “a muitos casos diferentes”, o que é “verdadeiramente excitante”, conclui.

“Nova luz sobre a vida pré-histórica”

A descoberta está também a lançar “uma nova luz sobre a vida pré-histórica nas comunidades alpinas e nas suas relações com as altas altitudes extremas”, destaca o investigador Francesco Carrer, da Universidade de Newcastle, no Reino Unido, citado pelo MPG.

Os investigadores acreditam que a lancheira pode ter pertencido a algum caçador, a um comerciante de passagem pela zona dos Alpes ou a um pastor que se deslocava, em movimentos sazonais, das terras baixas para as pastagens nas zonas mais altas.

Certo é que acreditam que o achado pode ajudar a desvendar como é que o cultivo de cereais se desenvolveu na Idade do Bronze, na Europa.

Susana Valente SV, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Anúncios de TV promovem mais os brindes do que o próprio fast food (e violam diretrizes do setor)

Para uma criança, a melhor parte de uma refeição de fast food não é a comida, mas o brinde que vem juntamente com a refeição. Os anúncios televisivos de fast food são regidos por diretrizes que …

“Se querem sucesso, têm de depender do sistema“. Empresário chinês é preso após disputa com o Estado

Sun Dawu, um dos empresários mais bem sucedidos da China, corre o risco de ser condenado a 25 anos de prisão, caso seja provado que cometeu os crimes dos quais está a ser acusado. O empresário …

Cientistas criam verniz para superfícies que mata bactérias em poucos minutos

Uma equipa multidisciplinar de cientistas desenvolveu um verniz para superfícies que mata bactérias, mesmo as mais resistentes, em apenas 15 minutos, anunciou a Universidade de Coimbra (UC). Trata-se de “uma solução segura e eficaz para prevenir …

Num país marcado pelo racismo, Jane Bolin fez história tornando-se a primeira juíza negra dos EUA

A 22 de julho de 1939, Jane Bolin fez história ao prestar juramento como juíza na cidade de Nova Iorque. A jovem ocupou o cargo durante 40 anos e só saiu de cena quando atingiu …

A petrolífera Exxon está a culpá-lo pelas alterações climáticas

Nos últimos anos, as empresas petrolíferas têm-se afastado do discurso de negação das alterações climáticas. Gigantes globais de energia como a Total, a Exxon, a Shell e a BP reconhecem abertamente que a mudança climática …

"Muita fraternidade”. Portugal enviou vacinas para Cabo Verde

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse esta segunda-feira que os indicadores da pandemia de covid-19 em Portugal permanecem "muito estáveis" e que a última grande abertura no plano de desconfinamento não teve …

Mais de metade dos alunos LGBTQI sofre bullying na escola, diz relatório

Mais de metade dos alunos LGBTQI sofre 'bullying' na escola, alertou esta segunda-feira a UNESCO, por ocasião do Dia Internacional Contra a Homofobia, Bifobia e Transfobia. A Organização Internacional de Jovens e Estudantes LGBTQI (IGLYO) e …

Telescópio vai "caçar" a luz de 30 milhões de galáxias para mapear Universo e "revelar" energia escura

Um instrumento de um telescópio nos Estados Unidos vai capturar nos próximos cinco anos a luz de quase 30 milhões de galáxias e outros objetos cósmicos, permitindo aos cientistas mapearem o Universo e desvendarem os …

Portugal ficou acima da média europeia quanto ao teletrabalho

Dados do Eurostat sobre o teletrabalho durante a pandemia revelaram que Portugal registou uma média ligeiramente superior (13,9%) à da União Europeia (12,3%) entre as pessoas com idade dos 15 e os 64 anos. Em anos …

"Idiotas". Bolsonaro critica pessoas que mantêm isolamento social na pandemia

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, criticou os brasileiros que seguem as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e mantêm isolamento social na pandemia, a quem chamou de 'idiotas', em conversa com os seus …