Ronaldo acusado de obrigar mulher a aceitar dinheiro para calar violação. “Ficção jornalística”

Juventus / Facebook

Cristiano Ronaldo na apresentação oficial na Juventus

A norte-americana Kathryn Mayorga, de 34 anos, assegura que Cristiano Ronaldo a violou em 2009, num hotel de Las Vegas, e acusa os advogados do jogador da Juventus de a terem coagido a aceitar 322 mil euros pelo seu silêncio.

Nove anos depois da alegada violação, Kathryn Mayorga avança com um processo contra Cristiano Ronaldo, contestando o acordo extra-judicial que diz ter assinado para se calar a troco de 375 mil dólares (cerca de 322 mil euros).

Este processo foi entregue nesta semana, a 27 de Setembro, no Tribunal Distrital de Las Vegas, no Nevada, como avança o jornal Der Spiegel que entrevistou Kathryn Mayorga sobre o suposto incidente com Ronaldo.

A mulher de 34 anos alega que o futebolista da Juventus a forçou a fazer sexo anal enquanto ela dizia “não” e “pára”. Kathryn Mayorga garante que, depois da violação, Ronaldo lhe perguntou se tinha dores e que lhe disse que era “um tipo 99 por cento bom” e que não sabia “o que é este um por cento”.

Estas suspeitas de violação que envolvem Cristiano Ronaldo foram noticiadas pela primeira vez há cerca de um ano e meio, no âmbito do Football Leaks que divulgou documentos que comprovariam o incidente.

Na acção legal agora movida, a norte-americana começa por contar o que terá acontecido nessa noite de 12 para 13 de Junho de 2009, num hotel de Las Vegas, e depois acusa os advogados de Ronaldo de a terem pressionado a aceitar o acordo extra-judicial, como relata o Der Spiegel.

O advogado da norte-americana fala de uma “conspiração criminosa para impedir a acusação de Cristiano Ronaldo” e nota que a sua cliente estava “mentalmente incapaz” para assinar aquele acordo.

Referindo as “tácticas de intimidação dos principais advogados de Ronaldo”, o advogado acrescenta que Kathryn Mayorga “sofreu danos físicos e mentais” e que, ainda actualmente, “sofre de depressão e de um transtorno de stress pós-traumático”, como cita o Der Spiegel.

A acção movida avalia em, pelo menos, 50 mil dólares os danos sofridos pela norte-americana.

Ronaldo assegura que sexo foi consensual

Cristiano Ronaldo já veio desmentir as alegações, garantindo que a relação sexual foi consensual e notando que a notícia do Der Spiegel é “uma peça de ficção jornalística“.

“A reportagem do Der Spiegel é falsa e Cristiano Ronaldo agirá contra esse órgão de comunicação social por todos os meios ao seu alcance”, nota um comunicado da Gestifute citado pelo Expresso.

“Todo o enredo se baseia em documentos não assinados e em que as partes são identificadas por códigos, em emails entre advogados que não dizem respeito a Cristiano Ronaldo e cuja autenticidade ele desconhece, e numa suposta carta que teria sido enviada pela putativa vítima, mas que ele nunca recebeu”, acrescenta a mesma nota.

Num outro comunicado divulgado pela Gestifute, os advogados de Ronaldo referem que “a matéria noticiada no Spiegel é manifestamente ilegal e viola os direitos de personalidade” de Cristiano Ronaldo “de uma forma extremamente grave”.

Os advogados do avançado frisam que é “uma notícia de suspeição inadmissível em matéria de privacidade” que constitui “uma das violações mais graves dos direitos de personalidade dos últimos anos”.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Interessante esta notícia aparecer no dia a seguir à votação do Juíz Kavanaugh.

    Está aberta a ‘caça’; agora qualquer pessoa é considerada criminosa, até provar o contrário, tal como foi o desenrolar do processo de confirmação do Juíz Kavanaugh – ainda não resolvido, com os Democratas a dizerem “Não” imediatamente o o Juíz ter sido nomeada; sem sequer ter sido ouvido.

    No seguimento, o movimento #metoo está a ser vergonhosamente politicizado, tendo como consequência a médio-prazo as verdadeiras vítimas de abuso, violação e assédio o relatarem – o que “abre a porta” aos verdadeiros violadores.

    Este caso parece uma réplica do caso Stormy Daniels; deverás parecido no modus operandis.

    A previsão, caso a sucessão dos acontecimentos seja a mesma como tem acontecido nos Estados Unidos, é uma “assasinato” ao caráter do jogador – o objetivo final é a sua “destruição” em praça pública.

    Com isto não digo que a acusadora está errada ou certa; apenas considero que é imperativo colocar um travão nestes processos – “todos os acusados são considerados inocentes, até prova em contrário.”

    Veremos o desenrolar dos próximos eventos.

  2. #MeToo Todas as mulheres têm de ser acreditadas. Eis os principios da esquerda radical americana, e BE em Portugal, a que todos achavam piada quando era ataques a Trump e Juiz Kavanaugh. O que vai acontecer é que as empresas deixarão de contratar mulheres sempre que possivel para evitar queixas de assédio sexual

  3. Porque razão as queixosas não apresentam queixa na altura do que elas consideram anos mais tarde crime? Andam a viver à custa da ratinha, outras como é normal fazem-no por prazer mas lá vem o dia que o dinheiro lhes falta ou lhe sobe à cabeça e depois descobrem que foram violadas, nada foi consentido senão a massa que receberam na altura. A justiça possivelmente terá que ser mais realista sob pena da situação se tornar insustentável com a guerra dos sexos.

  4. Vitimas de violação, (de homens com dinheiro).
    Vai para a cama com um homem que não conhece, depois apresenta queixa no próprio dia, (porque o acto foi no sitio errado), mas sem identificar o actor, para conseguir fazer chantagem, ( para ganhar um pouco mais do que ganhou com o acto de que se queixou), mais tarde e possivelmente motivada por algum movimento ou clube, tenta sacar dinheiro e processa o homem com quem foi para a cama.
    Sou completamente contra a violação, mas este caso é parece-me ser mais um caso de extorsão.

Petição quer acabar com o uso de perfumes nos transportes públicos

Um cidadão endereçou uma petição ao Parlamento para que o uso de perfumes seja proibido em transportes públicos e locais públicos. De acordo com o jornal Público, a petição — apresentada numa folha de papel A4, …

Governo estuda hipótese de aeroporto na base aérea de Monte Real

O Governo está a estudar a hipótese de criar um aeroporto civil na Base Aérea 5 de Monte Real, em Leiria, confirmou o ministério das Infraestruturas. Em declarações a vários jornais, entre os quais o Público, …

Coronavírus chegou à Europa. Dois casos confirmados em França

O novo coronavírus chegou à Europa. A ministra da Saúde francesa anunciou, esta sexta-feira, que há dois casos confirmados no país. "Há dois casos confirmados", vincou a ministra da Saúde francesa, Agnes Buzyn, em conferência de …

Ucrânia perdeu 11 milhões de habitantes desde 2001

A Ucrânia perdeu mais de 11 milhões de habitantes desde o último censo de 2001 devido à imigração, à anexação da Crimeia e à guerra no leste do país. De acordo com os novos dados oficiais, …

CGD sobe comissões a partir deste sábado (incluindo MB Way)

As transferências por MB Way, as contas-pacote e os serviços mínimos bancários na Caixa Geral de Depósitos vão sofrer um agravamento a partir deste sábado. Tal como tinha sido anunciado em outubro do ano passado, a …

Isabel dos Santos não vai ser detida se for a Angola, garante PGR

O procurador-geral da República de Angola afirmou, esta sexta-feira, que a justiça quer esgotar todos os procedimentos para notificar a empresária angolana antes de pedir um mandado internacional de captura. "Primeiro vamos esgotar a possibilidade de …

Assange deixa ala médica da prisão e passa para área com outros reclusos

O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, foi transferido da ala médica da prisão de Belmarsh, no sudeste de Londres, onde estava isolado, para uma área da prisão com outros presos, anunciou hoje um membro do …

"Saudações da Tailândia." Depois de fugir da prisão, Sekkaki enviou um postal aos diretores

Depois de fugir da prisão, Oualid Sekkaki provocou os responsáveis do estabelecimento prisional e enviou-lhes um postal. Em dezembro do ano passado, Oualid Sekkaki e outros quatro indivíduos fugiram do estabelecimento prisional de Turnhout, na Bélgica. …

Irlanda. Tribunal decide extraditar motorista acusado da morte de 39 migrantes vietnamitas

O tribunal de Dublin sentenciou, esta sexta-feira, que o motorista acusado da morte de 39 imigrantes vietnamitas - encontrados em outubro num contentor refrigerado, perto de Londres - pode ser extraditado para o Reino Unido, …

Atriz norte-americana confronta em tribunal Weinstein com acusação de violação

A atriz americana Annabella Sciorra, conhecida por ter participado na série "Os Sopranos", confrontou na quinta-feira o produtor Harvey Weinstein em tribunal, acusando-o de a ter violado, em meados dos anos 1990. Segundo avançou o Expresso, …