A criatura mais mortífera do mundo pode ter finalmente os dias contados

James Gathany / CDC

Dependendo da região onde mora, o zumbido de um mosquito a aproximar-se pode ser um apenas um incómodo – ou pode ser mortal.

Em todo o mundo, mais de 500 milhões de pessoas sofrem de doenças transmitidas pelos insetos que se alimentam de sangue, incluindo a malária, dengue e zika.

Quase um milhão de mortes são atribuídas a doenças transmitidas por mosquitos por ano, fazendo destes animais as criaturas mais mortais na Terra.

Em vez de tentar encontrar uma cura para doenças transmitidas por mosquitos, uma equipa de cientistas da Universidade do Arizona, nos Estados Unidos, decidiu focar-se diretamente nestes insetos.

Primeiro, os investigadores identificaram 40 genes exclusivos dos mosquitos. Depois, usaram uma técnica conhecida como interferência de RNA, ou RNAi, para inibir esses genes um por um.

No processo, encontraram uma proteína aparentemente essencial para a reprodução do mosquito – e a descoberta poderia levar à criação de um medicamento que age como “controlo de natalidade” para os pequenos assassinos.

De acordo com o estudo publicado na revista PLOS este mês, quando os investigadores bloquearam seletivamente a atividade da proteína – chamada de Organizing Eggshell Factor 1, ou EOF-1 – em mosquitos fêmeas, os mosquitos puseram ovos com casca de ovo defeituosa, levando à morte dos embriões no interior. O efeito de uma única injeção de RNAi durou todo o tempo de vida do mosquito.

A equipa pretende que a abordagem possa oferecer uma maneira de interromper a formação de ovos e reduzir as populações de mosquitos em áreas de transmissão de doenças humanas, sem prejudicar os insetos benéficos, como as abelhas.

“Achamos que esta estratégia pode ter uma probabilidade muito menor de prejudicar outros organismos do que o que está a ser usado hoje”, diz Roger Miesfeld em comunicado. “Esta poderia ser uma ferramenta de última geração que poderia ser aplicada a mosquiteiros e outras áreas frequentadas por mosquitos”

Das mais de quase 3.500 espécies de mosquitos em todos os continentes, exceto na Antártida, três géneros destacam-se como portadores de doenças humanas: os mosquitos do género Aedes transmitem os vírus da Febre Amarela, Dengue, Chikungunya e Zika; Mosquitos Culex espalham o vírus do Nilo Ocidental; e os mosquitos Anopheles transportam a malária.

“Os inibidores atualmente disponíveis para controlar os mosquitos têm sido usados ​​por tanto tempo que as pragas estão a tornar-se resistentes“, diz Miesfeld. “A nossa idéia é derrubar as populações a um nível em que se possa quebrar o ciclo de transmissão de doenças entre mosquitos e seres humanos”.

Como um primeiro passo, a equipa já registou uma patente provisória sobre o processo de descoberta específico da espécie.

ZAP // Futurity

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. E este mundo caminhará para o fim com mais de 1 milhão de pessoas por ano a habitá-lo, sim curem todas as doenças, não percebem que é a defesa da natureza contra o intruso

RESPONDER

Físico diz que Marte é o único planeta para onde humanos podem fugir

Segundo o físico Brian Cox, o Planeta Vermelho pode ser a única opção caso os humanos tenham de abandonar o planeta Terra. O cientista diz que "não podemos ficar aqui para sempre". O professor e apresentador …

Décadas de estudos sobre "genes da depressão" podem estar errados

A ideia de um "gene da depressão" capturou a imaginação de cientistas durante décadas. Nos últimos 20 anos, centenas de estudos sugeriram que pessoas com a variação de determinados genes têm um maior risco de …

Formação da Lua trouxe água para o planeta Terra

A formação da Lua trouxe para a Terra condritos carbonosos, que são fonte provável da água no nosso planeta e de elementos altamente voláteis, como carbono, nitrogénio, hidrogénio e enxofre. A Terra é o único planeta …

Greve na limpeza vai parar Hospital de São João no Porto

Os trabalhadores da limpeza do Hospital de São João, no Porto, entraram em greve este sábado. As desinfeções em ambulatório ou a limpeza de consultórios e da urgência não estão a ser feitas. Na …

Há um enorme buraco na atmosfera de Marte (e a água está a escapar)

Uma vez a cada dois anos, um gigantesco buraco abres-e na atmosfera marciana, deixando escapar para o Espaço uma parte das escassas reservas de água do Planeta Vermelho. O estranho mecanismo meteorológico, nunca visto na Terra, …

Musk vai construir um túnel de alta velocidade em Las Vegas

A Boring Company conseguiu um contrato de 48,7 milhões de dólares para construir um sistema subterrâneo, chamado LVCC Loop, em Las Vegas. A empresa Boring Company, de Elon Musk, foi a escolhida para construir um túnel …

Cientistas podem ter descoberto a verdadeira origem da canábis

A origem da canábis é um mistério, mas a análise de pólen antigo sugere que a planta evoluiu cerca de três quilómetros acima do nível do mar no planalto tibetano. Documentos que datam da Idade Média …

Sporting vs FC Porto | Um ano depois, a Taça para os leões

O Sporting venceu o FC Porto, mais uma vez nas grandes penalidades, e arrecadou a 17ª Taça de Portugal. Num jogo muito disputado no Estádio do Jamor, que terminou empatado 1-1 no tempo regulamentar, o Porto …

Marcelo pede aos portugueses para votarem. "Ficar em casa é um erro enorme"

O Presidente da República pediu hoje aos portugueses que façam o "pequeno sacrifício" de votar nas eleições para o Parlamento Europeu e não deixem "nas mãos de 20% ou de 25% a decisão que é …

Uma cidade inteira dos EUA está refém de cibercriminosos

A cidade de Baltimore, nos Estados Unidos, está sob ataque. Mas a ameaça não vem de pessoas armadas com pistolas e bombas. Há duas semanas, cibercriminosos usaram ransomware - um tipo de software nocivo que restringe …