/

Corte de cabelo dá prisão para mãe de menino

DR / Claudia Wasilewsky

Mãe presa por mandar cortar cabelo do filho com referências a marijuana

Mãe presa por mandar cortar cabelo do filho com referências a marijuana

Um corte de cabelo invulgar levou uma mulher no Brasil a ser presa e ficar sem a guarda do seu filho. 

Pode parecer exagero, mas o corte de cabelo não teve nada de inocente. A mãe de uma criança pediu a um barbeiro que fizesse o corte de cabelo do filho com símbolos ligados ao uso de marijuana.

A mulher não identificada, de 25 anos de idade, foi presa por ter mandado desenhar uma folha de marijuana num dos lados da cabeça do menino. No outro lado, decorou a cabeça do petiz com o número “4:20”, uma referência ao uso da droga.

De acordo com informações do blog da colunista Claudia Wasilewski, a mãe da criança alega que não sabia o significado dos símbolos e que teria visto os desenhos na internet e achado giro.

O bebé, com 1 ano e 10 meses, e cujo pai faleceu há um ano atrás, num acidente de mota, está agora ao cuidado da família paterna. A mulher, segundo o procurador de Guanhães, em Minas Gerais, onde o caso ocorreu, foi encaminhada para uma prisão feminina da cidade.

Quem também está em apuros é o cabeleireiro que fez o artístico corte de cabelo à criança. Será ouvido pelas autoridade e, caso seja condenado pelos mesmos crimes da arguida, ambos poderão passar até quatro anos na prisão por apologia do uso de drogas ilícitas.

Exemplo para a sociedade ou uma afronta à liberdade de expressão das pessoas? A decisão está nas mãos da justiça brasileira.

Adriano Padilha, ZAP

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE