Afinal, a corrosão até pode aumentar a durabilidade de um material

Ao contrário do que se possa pensar, a corrosão até pode ser benéfica para um material, aumentado a sua durabilidade, revela um novo estudo.

A corrosão é, regra geral, provocada pelo oxigénio. Os metais têm uma capacidade de oxidação bem maior do que o oxigénio, sendo assim, tendem a perder eletrões para o oxigénio presente no ar atmosférico.

Um novo estudo sugere que, ao contrário do que possa pensar, a corrosão pode aumentar a durabilidade de um material, em vez de o enfraquecer.

É um erro comum, mas corrosão e ferrugem não são a mesma coisa. Quando já estão oxidados e corroídos, os metais ferrosos começam a gerar o hidróxido de ferro, a camada avermelhada que conhecemos como ferrugem.

Investigadores usaram modelagem atómica avançada para explorar as maneiras pelas quais o ambiente pode influenciar o crescimento de rachaduras em ligas como alumínio e aço.

Ao remover átomos de uma rachadura, a modelagem mostrou que se podia impedir a propagação de uma racha, melhorando essencialmente o desempenho do material, escreve o portal Phys.

“As pessoas têm vindo a modelar o crescimento de rachaduras e fraturas há muito tempo, mas o processo real pelo qual isso ocorre não está muito claro, pelo menos para ligas estruturais em ambientes complicados”, começou por explicar Derek Warner, o autor principal do artigo.

“Pode ser um fenómeno de escala muito grande — grandes estruturas podem fraturar-se — mas pode ser controlado na escala atómica, especialmente quando você olha para os efeitos ambientais”, acrescentou.

Os investigadores optaram por se concentrar na dissolução, que pode ser encontrada em todos os lugares, desde superfícies de metal corroídas até ossos humanos corroídos.

Através de várias simulações, os autores foram capazes de ver as diferentes maneiras como os átomos interagiam. Depois, começaram a remover átomos da superfície, um de cada vez, e monitorizaram o comportamento da rachadura. Os especialistas descobriram que a remoção do material da superfície inibia o crescimento da fenda.

“A tendência de uma rachadura para crescer depende de quão fina ela é”, disse Warner. “A remoção de material, semelhante ao que ocorre durante a corrosão pode realmente melhorar o desempenho mecânico”.

De acordo com Warner, “existem algumas situações” em que realmente pode “ser benéfico deixá-la corroer um pouco” porque pode ajudar a atenuar as rachaduras existentes.

O estudo foi publicado recentemente na revista científica Physical Review Letters.

  Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Rorhwerk, o maior instrumento musical do mundo

Rohrwerk, uma obra de arte efémera, é a maior "fábrica do som" do mundo

Uma espécie de "pavilhão do som". Alunos da Escola Politécnica de Lausanne (EPFL), na Suíça, criaram um novo instrumento musical, o maior alguma vez construído. Com 45 metros de altura, a obra de arte imponente …

Costa já pediu desculpas às confederações patronais. "Houve um lapso"

O primeiro-ministro afirmou, esta sexta-feira, que já apresentou um pedido de desculpas às confederações patronais por o Governo ter aprovado duas medidas na área do trabalho sem antes as ter apresentado em Concertação Social. À chegada …

Luxemburgo torna-se o primeiro país da Europa a legalizar o cultivo e consumo de canábis

O Governo luxemburguês anunciou, esta sexta-feira, que o país será a primeira nação do Velho Continente a legalizar o cultivo e o consumo de canábis. De acordo com a nova legislação, explica o jornal The …

Prisão preventiva para suspeitos da morte de jovem no metro das Laranjeiras

Os quatro suspeitos da morte de um jovem, na quarta-feira, na estação de metro das Laranjeiras, em Lisboa, ficaram em prisão preventiva, depois de presentes a primeiro interrogatório judicial. Os quatro arguidos, com idades entre os …

Cristiano vs. Salah: Klopp não queria comparar mas comparou

Treinador do Liverpool não acredita que vai encontrar um adversário debilitado: "Eles são capazes de fazer coisas incríveis". É o grande jogo de futebol no Reino Unido e um dos mais aguardados em todos os países: …

Bastonário dos Médicos considera direção executiva do SNS "um disparate"

O bastonário da Ordem dos Médicos considera que a criação da direção executiva do Serviço Nacional de Saúde, proposta no Estatuto do SNS aprovado esta quinta-feira, é "um disparate" e que há estruturas que podem …

João Leão no Parlamento: "A alternativa é um Orçamento apresentado pelo PSD"

O ministro das Finanças afirmou, esta sexta-feira, na Assembleia da República, que a alternativa à viabilização à esquerda da proposta de Orçamento do Estado para 2022 (OE2022) é um Orçamento feito pelo PSD. "A alternativa que …

Mais de 30 mil mulheres polacas recorreram a métodos de aborto ilegais ou no estrangeiro desde a alteração na lei

Proibição à interrupção voluntária da gravidez entrou em vigor no início deste ano e as  exceções só se aplicam a casos de violações, incestos ou quando a saúde da mãe está em risco. Pelo menos 34 …

Fenprof anuncia nova greve no dia 12 e concentração em frente ao Parlamento

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) anunciou, esta sexta-feira, a realização de uma concentração em frente à Assembleia da República no dia 5 de novembro e a adesão à greve nacional da Administração Pública marcada …

Luis Díaz será a prioridade do Newcastle

Valor de mercado será agora inacessível para os clubes italianos, escreve-se... em Itália. O novo Newcastle deverá atacar o mercado do futebol com estrondo, possivelmente já daqui a pouco mais de dois meses, e a prioridade …