A cor da sua roupa pode afetar a vida selvagem

Um estudo da Universidade de Birghamton, em Nova Iorque, concluiu que a nossa escolha de roupa pode afetar os hábitos comportamentais da vida selvagem em nosso redor.

Lindsey Swierk, professora assistente de pesquisa em ciências biológicas da Universidade de Binghamton, colaborou num estudo com o objetivo de perceber a forma como os ecoturistas poderiam, sem intenção, ter um efeito sobre a vida selvagem nativa da região. Para isso, Swierk e a sua equipa foram à Costa Rica para conduzir o estudo sobre anolis aquáticos (Anolis aquaticus), uma variedade de lagarto.

“Estudo anolis aquáticos há cinco anos e ainda me surpreendo com a sua história e comportamento naturais únicos”, disse Lindsey Swierk, citada pelo EurekAlert. “Um dos motivos pelos quais os anolis aquáticos foram escolhidos é porque são restritos a uma faixa bastante pequena e podemos ter certeza de que estas populações em particular não tinham visto muitos seres humanos nas suas vidas. Portanto, tínhamos muita confiança de que as populações não eram tendenciosas por interações humanas anteriores”.

Os cientistas foram ao Centro Biológico Las Cruces, na Costa Rica. Para colher dados, visitaram três locais diferentes do rio, vestindo uma camisola colorida: laranja, verde ou azul. O foco do estudo foi ver como os anolis aquáticos reagiam às diferentes cores.

O laranja foi escolhido porque o animal apresenta sinais sexuais alaranjados. O azul foi escolhido como contraste, uma vez que o corpo desta espécie não possui a cor azul. Já o verde foi selecionado como uma cor semelhante ao ambiente da floresta tropical do local de teste.

Lindsey Swierk

-

Anolis aquático

“Com base em trabalhos anteriores sobre a forma como os animais respondem a estímulos de cores, desenvolvemos uma hipótese de que usar cores que são ‘usadas’ pelos anolis aquáticos seria menos assustador para esses lagartos”, disse Swierk.

De acordo com o estudo publicado em dezembro na revista científica Biotropica, os resultados apoiaram essa hipótese. Os investigadores vestidos de laranja relataram um maior número de anolis vistos por hora e uma maior percentagem de captura de lagartos. “Foi muito surpreendente ver que a cor verde, que nos camuflava bem na floresta, era menos eficaz do que usar uma laranja muito brilhante!”, disse Swierk.

Para a investigadora, uma das maiores conclusões deste estudo é que ainda não conseguimos entender a forma como os animais veem o mundo. Swierk espera que os resultados possam ser usados ​​dentro da comunidade de ecoturismo para reduzir os impactos sobre a vida selvagem que desejam ver.

  ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

O internacional português Cristiano Ronaldo a festejar um golo.

"O Teatro dos Sonhos está a arder" e Ronaldo foi o piromaníaco da reviravolta

Cristiano Ronaldo fez o golo que deu a vitória ao Manchester United, esta quarta-feira, frente à Atalanta. Bruno Fernandes também esteve em destaque. O Manchester United recebeu e venceu a Atalanta por 3-2, num jogo que …

Restos mortais encontrados junto a pertences do namorado de Petito em parque da Flórida

O FBI divulgou esta quarta-feira que foram encontrados restos mortais junto a alguns pertences do namorado de Gabby Petito. Brian Laundrie continua desaparecido desde setembro. Segundo noticia a Reuters, a descoberta ocorreu no Parque Ambiental Myakkahatchee …

Costa arrasa modelo de leilão do 5G "inventado" pela Anacom: é o "pior possível"

O primeiro-ministro considerou esta quarta-feira que o modelo de leilão para a quinta geração de comunicações móveis (5G) “inventado pela Anacom” é o “pior possível”, razão pela qual está a provocar um “atraso imenso” ao …

Lope Martín: O marinheiro afro-português que "abriu" o Pacífico e foi apagado da História

Lope Martín foi um marinheiro afro-português, injustamente acusado de traição, que foi primeiro a navegar das Américas para a Ásia e voltar. Entre 1415 e 1543, uma série de conquistas foram feitas por Portugal em viagens …

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen

Estado de Direito na Polónia ameaça tornar cimeira da UE "numa das mais difíceis"

A situação do Estado de direito na Polónia ameaça perturbar uma cimeira que tem uma agenda oficial já muito carregada. Os líderes da União Europeia (UE) reúnem-se em Bruxelas numa cimeira com uma agenda preenchida, dominada …

Após (algumas) cedências e (muitas) recusas, Governo reúne-se para aprovar medidas saídas da Concertação

Algumas das medidas aprovadas pelo Governo são interpretadas como um piscar de olhos à Esquerda, de forma a aumentar as hipóteses de aprovação do Orçamento do Estado. Após a reunião de ontem da concertação social (que …

Paciente curada de cancro teve a infeção de covid-19 mais longa já registada

A paciente passou por um tratamento agressivo para curar um cancro considerado perigoso. Três anos depois a "covid crónica" bateu-lhe à porta. Tosse contínua e falta de ar foram os sinais vermelhos que alertaram a paciente …

O presidente da Rússia, Vladimir Putin

Putin dá uma semana de férias aos russos para travar pandemia

O Presidente russo, Vladimir Putin, deu uma semana de férias pagas à população, de 30 de outubro a 7 de novembro, para travar o avanço da pandemia de covid-19, que continua a agravar-se. "Neste momento, é …

Rui Rio, líder do PSD

Rio tem dois trunfos na manga: o perfil de primeiro-ministro e a "injustiça" do desafio de Rangel

Rui Rio tem dois trunfos na manga: além de querer provar que é melhor candidato a primeiro-ministro, quer também convencer os militantes de que Rangel não pensou no interesse do país quando votou contra o …

Jovem morto à facada no metro de Lisboa. Videovigilância será fundamental para explicar crime

Um jovem, menor de idade, foi assassinado, esta quarta-feira, na estação de metro das Laranjeiras, em Lisboa. Terá sido esfaqueado por dois jovens da mesma idade, que estão a ser procurados pelas autoridades. Segundo fonte oficial …