A cor do muco nasal dá muitas pistas sobre a nossa saúde

A cor do nosso ranho indica várias coisas que se podem estar a passar no nosso corpo, desde infeções a pequenas hemorragias no nariz.

O nosso muco nasal é frequentemente tabu, mas tem um papel importante na nossa saúde. Em média, cada um de nós engole 1,7 litros de muco por dia, muco esse que serve como uma barreira contra a desidratação e contra poeiras e vírus ou bactérias que nos possam atacar.

A cor do nosso ranho dá também muitas pistas sobre o que se passa no nosso corpo. Se for transparente, não há sinal para alarme. No entanto, se a quantidade de muco que tem no seu nariz aumentar drasticamente de repente, poderá estar a sofrer de alergias ou a sentir os primeiros sintomas de uma constipação ou da gripe.

Já o muco branco pode ter vários significados. Na maioria dos casos, é um sinal de que as passgens nasais estão irritadas e inchadas, o que restringe o fluxo do muco e faz com que este comece a secar. As infeções nasais, as alerias ou a desidratação também podem ser as causas do muco branco. Contrariamente a um famoso mito, o leite não torna o nosso ranho mais branco.

Quando sofremos uma infeção, os nossos leucócitos correm para o local para matar a causa dessa infeção, seja elea uma bactéria ou um vírus. Após cumprirem esta missão, os leucócitos morrem e são descarregados para fora do nosso corpo através do muco, dando-lhe uma cor amarela.

O muco verde também pode ser causado pela acumulação de glóbulos brancos que morreram. Se o seu muco for verde durante várias semanas, o melhor é ir ao médico, especialmente se também tiver uma febre persistente, relata a Business Insider.

O ranho vermelho ou cor de rosa significa que há sangue misturado com o seu nuco nasal. Estes sangramentos podem ser causados por vários fatores, como alergias, infeções ou quando estamos constantemente a assoar o nariz. Um choque ou impacto físico podem também causar pequenas hemorragias que tornam o muco vermelho.

Quando o sangue seca, pode também tornar o nosso muco castanho. No entanto, o muco castanho pode também resultar de poeiras, sujidade ou de uma descoloração causada pelo fumo dos cigarros. Tossir muco castanho regularmente pode também ser um sinal de bronquite, pelo que é recomendado ir ao médico.

Por fim, o muco preto normalmente é comum entre quem fuma muito, especialmente se tiverem problemas nos pulmões. Pode também ser causado pela inalação de sujidade e pó ou ser um sinal de uma infeção fúngica severa, especialmente para quem é imunodeprimido.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.