Confrontos após invasão do parlamento da Macedónia fizeram 77 feridos

Georgi Licovski / EPA

-

Os confrontos que ocorreram na quinta-feira dentro e fora do parlamento da Macedónia na sequência de uma invasão de manifestantes resultaram em 77 feridos, incluindo três deputados, indicaram, esta madrugada, as autoridades.

Centenas de manifestantes invadiram o hemiciclo após ter sido divulgado que o Partido Social-Democrata (SDSM) e os três partidos albaneses com representação parlamentar tinham elegido, após o final da sessão, um novo presidente do parlamento, o albanês Talat Xhaferi.

Entre os feridos nos confrontos, que demoraram várias horas, figuram 22 polícias e três deputados, incluindo o líder do SDSM, Zoran Zaev.

O partido do Governo em funções, o conservador VMRO-DPMNE, liderado pelo ex-primeiro-ministro Nikola Gruevski, qualificou esta eleição de “golpe de estado” porque a sessão parlamentar já tinha terminado e pelo facto de ainda não ter sido formado um governo desde as legislativas.

O VMRO-DPMNE venceu as eleições de dezembro, mas não conquistou os votos necessários para formar uma maioria no parlamento de 120 lugares.

O Presidente da Macedónia, Gjorge Ivanov, recusou, por seu lado, que o líder dos sociais-democratas, Zoran Zaev, formasse um Governo de coligação com os partidos albaneses, apesar de ter uma maioria parlamentar, com 67 deputados.

Os albaneses representam 20% a 25% da população do país, que ascende a 2,1 milhões.

A União Europeia e os Estados Unidos apelaram em vão a Ivanov para que mudasse de posição; enquanto a oposição instou o VMRO-DPMNE a não jogar a carta étnica e a permitir uma transição pacífica de poder.

No entanto, os simpatizantes de direita protestam diariamente, há semanas, em Skopje, argumentando que um governo do SDSM e dos partidos albaneses ameaçaria a unidade nacional da Macedónia, pelo que a eleição de Talat Xhaferi para a presidência do parlamento na quinta-feira levou centenas de manifestantes em cólera, alguns com bandeiras e a cantar o hino nacional, a invadir as instalações do parlamento.

Em comunicado, o SDSM acusou os rivais conservadores de incitarem a violência e causarem “ódio e divisão” entre os macedónios.

A União Europeia “condenou vigorosamente” este incidente, com a chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini, e o comissário para o alargamento, Johannes Hahn, a declararem em comunicado: “A democracia deve seguir o seu curso. Saudamos como positiva a eleição de Talat Xhaferi”.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Queda de avião ligeiro causa três mortos no Brasil

Um avião ligeiro caiu hoje na cidade brasileira de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, deixando três mortos e três pessoas feridas, segundo informações do corpo de bombeiros divulgadas pela imprensa local. O acidente aconteceu em …

Austrália pressionada a restituir 5000 milhões de dólares a Timor-Leste

A Austrália deve devolver cinco mil milhões de dólares (4470 mil milhões de euros) a Timor-Leste, defenderam entidades que foram depor num inquérito no Parlamento australiano, responsável por examinar a conduta do país durante as …

Joacine deverá ter tolerância devido a gaguez

Uma fonte parlamentar disse ao Expresso que Joacina Katar Moreira, deputada eleita pelo Livre, deverá ter "flexibilidade" pela mesa da Assembleia da República durante o seu discurso. A entrada de novos partidos para no Parlamento traz …

"Gostaram da geringonça." Manuel Alegre diz que eleitores de esquerda estão "desiludidos"

Em entrevista à Rádio Renascença, Manuel Alegre disse que quem votou à esquerda pode sentir-se desiludido por não haver uma nova geringonça. Manuel Alegre considera que, para existir um novo acordo entre os partidos de esquerda, …

Em Portugal, há 153 idosos para cada 100 jovens

O retrato estatístico da Pordata revela que há em Portugal 153 idosos por cada 100 jovens, o que equivale ao terceiro maior rácio da União Europeia. São 10,2 milhões, mais velhos que novos, num país em …

Estamos a viver um "apartheid climático" (e quem tem menos dinheiro vai sofrer ainda mais)

O mundo está a viver um "apartheid climático" e no futuro, serão os mais pobres os que mais vão sofrer as consequências das alterações climáticas. O alerta é do cientista Alexandre Quintanilha. "Estamos a viver um …

Catalunha. Manifestações provocam 199 detidos e 289 polícias feridos numa semana

Quase 200 pessoas foram detidas e 289 agentes da polícia ficaram feridos desde a passada segunda-feira nos protestos na Catalunha contra a sentença que condenou 12 dirigentes políticos catalães, segundo fontes policiais. Desde a passada segunda-feira, …

Quase metade do rendimento das famílias na Grande Lisboa é para pagar renda

A prestação derivada da compra de uma casa na Área Metropolitana de Lisboa (AML) representa uma taxa de esforço de 28% para as famílias. Contudo, arrendar é ainda mais dispendioso, com as rendas a representarem …

Portugal conquista ouro no basquetebol nos INAS Global Games

Portugal conquistou hoje quatro medalhas no último dia dos INAS Global Games, competição mundial para atletas com deficiência intelectual, através da seleção de basquetebol (ouro) e do ciclista Carlos Carvalho (três medalhas de prata). A equipa …

Benfica e FC Porto doam receitas ao Cova da Piedade e Coimbrões

O Benfica e o FC Porto decidiram entregar a sua receita, correspondente à bilheteira e à transmissão televisiva, aos seus adversários da terceira eliminatória da Taça de Portugal. Na semana passada, jogou-se a terceira eliminatória da Taça …