Computador analisa imagens para ‘aprender’ bom senso sozinho

Um programa de computador está a “aprender sozinho” a adquirir bom senso através da análise de fotos do dia a dia.

O Never Ending Image Learner (NEIL, em inglês) – ou Aprendiz Sem Fim de Imagens, em português – é um projecto da universidade Carnegie Mellon, nos Estados Unidos.

O objectivo do projecto é verificar se os computadores conseguem identificar – da mesma forma que fazem os humanos – aspectos comuns encontrados em imagens, como por exemplo perceber que barcos costumam navegar na água.

O computador do projecto NEIL passa todas as horas do dia a analisar imagens. Desde julho, foram registadas três milhões de imagens.

Até agora NEIL, que precisa de bastante memória para funcionar e tem mais de 200 processadores, conseguiu identificar 1,5 mil objetos e 1,2 mil paisagens, além de descobrir 2,5 mil associações entre objetos presentes em diferentes fotos.

Os investigadores querem que o NEIL consiga perceber a relação entre objectos diferentes sem precisar de ser “ensinado” – ou seja, programado por humanos para o fazer.

“As imagens são a melhor forma de aprender coisas sobre propriedades visuais”, diz à BBC o investigador Abhinav Gupta, do Instituto de Robótica da Carnegie Mellon.

“Elas também trazem muita informação de bom senso sobre o resto do mundo. As pessoas aprendem isso sozinhas, e queremos que, da mesma forma, o NEIL o faça também.”

Carros e patos

O NEIL já conseguiu “aprender” algumas coisas sozinho, como o facto de que os carros estão bastante relacionados com as estradas, e que os patos se parecem com gansos.

Mas o programa também erra. O computador pode confundir o termo “pink” (“rosa”) com a famosa cantora com o mesmo nome.

Por conta destes erros, os humanos que controlam o NEIL ainda precisam de interferir no seu processo de aprendizagem.

“As pessoas não sabem como nem o quê ensinar aos computadores”, diz Abhinav Shivastava, um estudante de doutoramento que trabalha também no projecto, “mas os humanos são bons a dizer quando é que os computadores erram.”

Outra função do NEIL é ajudar a criar o maior banco de dados visuais do mundo, onde objetos, paisagens, ações, atributos e relações podem ser rotulados e catalogados.

“O que aprendemos nos últimos cinco ou dez anos de pesquisa sobre visão computacional é que quanto mais dados conseguimos, melhor a capacidade de visão dos computadores”, diz Gupta.

Os investigadores planeiam deixar NEIL a trabalhar por tempo indeterminado. Esperemos que o resultado final não seja “42“.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Cronista do “Observador" é o autor do falso plano de desconfinamento (mas não sabe quem o divulgou)

Carlos Macedo e Cunha, cronista convidado do jornal digital Observador, é o autor do plano de desconfinamento que foi posto a circular nas redes sociais, mas garante desconhecer como é que o documento se tornou …

Governo está a analisar alterações à Lei do Ruído pedidas por Marcelo (mas admite "ser difícil")

Após ignorar o pedido feito pelo Presidente da República no decreto que renovou o estado de emergência há duas semanas, o Governo anunciou estar a analisar alterações à Lei do Ruído neste novo decreto. Há duas …

Santana Lopes não vai ser candidato do PSD à Figueira da Foz

O ex-primeiro-ministro não vai ser o candidato do PSD à Câmara da Figueira da Foz, avançou o jornal digital Observador esta sexta-feira. Segundo o jornal online Observador, havia quem quisesse Pedro Santana Lopes como candidato do …

O segredo para a investigação do cancro pode estar escondido nas baleias

Algumas espécies de baleias vivem durante muitos anos graças a genes supressores de tumores duplicados. Esta descoberta pode ajudar na investigação sobre cancro em humanos. Um novo estudo sugere que o tamanho gigantesco das baleias não …

Passos Coelho cancela participação em fórum para afastar "especulações infundadas" sobre o seu regresso

O antigo primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, decidiu cancelar a presença numa conversa via Zoom agendada para 25 de março, inserida num ciclo denominado “Repensar Portugal”. Esta quinta-feira, o semanário Expresso adiantou que o antigo primeiro-ministro Pedro …

A física quântica pode causar mutações no nosso ADN

Simulações de computador e métodos de mecânica quântica têm sido usados ​​para determinar o papel que o tunelamento de protões, um fenómeno puramente quântico, desempenha nas mutações espontâneas no ADN. A biologia quântica é um campo …

Buracos negros minúsculos podem estar a "esconder-se" dentro de estrelas (e a devorá-las por dentro)

Uma equipa de investigadores tem um novo palpite sobre onde procurar a misteriosa matéria escura: esta pode estar a assumir a forma de buracos negros endoparasitários. De acordo com o ScienceAlert, buracos negros primordiais minúsculos, quase …

Maionese está a salvar tartarugas após derrame de petróleo em Israel

Membros do Centro Nacional de Resgate de Tartarugas Marinhas de Israel estão a usar maionese para limpar as vias respiratórias de tartarugas que inalaram petróleo em alto-mar. Israel fechou este domingo as praias mediterrânicas dias após …

Itália investiga empresas de entrega de comida. Há estafetas tratados "como escravos"

Itália está a investigar as empresas de entrega de comida online, com um promotor a lamentar que os estafetas que fazem as entregas, muitos deles imigrantes, são praticamente tratados "como escravos". Procuradores de Milão avançaram que …

O IONIQ 5 é o novo carro elétrico da Hyundai (e é enorme entre eixos)

O ano 2021 vai ser promissor na apresentação e lançamento de carros elétricos no mercado mundial. Algumas marcas, como a Hyundai, têm produtos prontos para serem comercializados. Agora, a marca sul-coreana apresenta o IONIQ 5. Com …