Colômbia vs Inglaterra | Pazes feitas com os penáltis

A selecção de Inglaterra apurou-se para os quartos-de-final do Mundial 2018. A formação europeia esteve a ganhar à Colômbia até aos descontos do tempo regulamentar, acabou por se deixar empatar, mas foi mais forte no desempate por grande penalidades.

Isto num jogo intenso desde o primeiro minuto, com algumas picardias, duro e nervoso. Se os britânicos são useiros e vezeiros em baquear emocionalmente nas grandes competições, em especial nos penáltis, desta feita foram mais fortes.

A primeira parte teve pouco futebol e muito despique individual, com algumas disputas quezilentas. Os ingleses assumiram mais o jogo, perante uma formação sul-americana na expectativa, mas sem conseguir lançar os seus habituais lances de contra-ataque. Assim, Inglaterra chegou ao intervalo com 55% de posse de bola, oito remates contra quatro (um enquadrado para cada um). As dificuldades colombianas no ataque espelhavam-se no facto de todos os seus remates terem sido realizados de fora da área.

Nesta fase, o melhor em campo era Kieran Trippier. O lateral inglês registava um rating de 6.2, essencialmente devido a dois passes para finalização.

A segunda parte começou com a Inglaterra no ataque e o golo surgiu aos 57 minutos. Carlos Sanchéz fez falta na área sobre Harry Kane e o ponta-de-lança inglês converteu com êxito a respectiva grande penalidade. Um golo que afectou um pouco os colombianos, e estes só conseguiram reagir e tomar conta da posse de bola, em busca do ataque, por volta dos 75 minutos.

E essa ambição acabou por dar frutos em tempo de descontos, aos 93 minutos. Canto da direita cobrado por Juan Cuadrado e Yerry Mina saltou mais alto que todos para empatar a partida, fazendo o seu terceiro golo na competição.

O prolongamento foi intenso, competitivo, de parada e resposta e equilibrado, na posse, mas com ligeiro ascendente colombiano no remate. Contudo não foi o suficiente para haver mais golos, pelo que o jogo foi para o desempate por penáltis. E aqui, David Ospina defendeu o pontapé de Jordan Henderson, Mateus Uribe atirou à barra e Jordan Pickford travou o pontapé de Carlos Bacca, cabendo a Eric Dier apurar os ingleses.

O melhor em campo acabou por ser Yerry Mina. O possante central colombiano fez o golo do empate em cima do apito final, levando o jogo a prolongamento, e ao longo dos 120 minutos registou 16 acções defensivas, entre elas dez alívios, e ganhou quatro de sete duelos aéreos. Terminou com um GoalPoint Rating de 8.1.

Resumo

 

PARTILHAR

RESPONDER

Na Irlanda, o Pai Natal é considerado um "trabalhador essencial"

A Irlanda fez esta semana um anúncio especialmente dedicado às crianças, afirmando que o Pai Natal é considerado um trabalhador essencial no país e, por isso, não terá as suas deslocações restringidas no período natalício. …

Mais 2400 novos casos. Portugal ultrapassa os 300 mil desde o início da pandemia

Portugal ultrapassou hoje a barreira dos 300 mil casos de covid-19 desde o início da pandemia no país, em março, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). Portugal registou mais 2.401 novos casos, tendo passado a contabilizar …

Medidas para o Natal conhecidas no sábado. Passagem de ano com todas as restrições

O primeiro-ministro, António Costa, adiantou hoje que no sábado anunciará as medidas para o Natal “com as melhores condições possíveis”, mas avisou desde já que “a passagem do ano vai ter todas as restrições”. “O Governo …

Os assentos do meio da Delta Air Lines vão continuar vazios

A companhia norte-americana Delta Air Lines anunciou esta semana que continuará a manter os assentos do meio vazios, mantendo a política de distanciamento social decretada por causa da pandemia de covid-19. A bloqueio destes lugares intermediários …

A queda da Aurora Dourada. Como a Grécia lidou com a onda de extrema-direita

Quando uma onda da extrema-direita atingiu a Grécia em 2012, poucos previram que a Aurora Dourada, um dos grupos envolvidos, cresceria e tornar-se-ia o terceiro maior partido no parlamento grego. Este foi o início de um …

Crónica ZAP - Linha de Fundo por Teófilo Fernando

Linha de Fundo: Pote matador, arte de Díaz, cebola gourmet e momentos de uma semana negra

A liderança firme do Sporting, a acrobacia de Díaz e o Benfica de regresso às vitórias. Ainda o adeus a Maradona, Vítor Oliveira e Reinaldo Teles, visto da Linha de Fundo.   Matador Pote reforça liderança Sporting …

Cerimónia da Restauração da Independência assinalada sem discursos devido à pandemia

As comemorações do 1.º de Dezembro assinalaram-se este ano em Lisboa sem os habituais discursos e num formato mais reduzido, devido à situação pandémica que o país atravessa, justificou o Presidente da República, Marcelo Rebelo …

Stress durante a gravidez pode afetar e influenciar o desenvolvimento cerebral do bebé

Stress durante a gravidez pode afetar o desenvolvimento cerebral do bebé, sugere uma nova investigação da Universidade de Edimburgo, na Escócia. De acordo com os cientistas, os níveis de stress nas mães, medidos através do …

Novos documentos revelam falhas na gestão inicial do surto de covid-19 na China

A China difundiu dados mais otimistas do que os estágios iniciais do surto do novo coronavírus sugeriam e tardou em confirmar casos já diagnosticados, segundo documentos internos das autoridades citados pela cadeia televisiva norte-americana CNN. As …

Anti-laser: o novo dispositivo sem fios que pode vir a carregar o telemóvel

Já existem dispositivos que permitem carregar o telemóvel (e outros aparelhos) sem fios, mas que precisam de estar em contacto para funcionar. Agora, cientistas criaram um novo aparelho que irradia energia diretamente para os smartphones, …