Cirurgião encontrou 27 lentes de contacto perdidas no olho de uma paciente

Uma mulher que se preparava para realizar uma cirurgia às cataratas tinha no interior do olho uma “massa azulada” composta por 27 lentes de contacto.

A paciente de 67 anos desconhecia ter perdido as lentes de contacto dentro dos seus próprios olhos e disse aos cirurgiões que achava que o recente desconforto que sentia se devia ao olho seco e à idade avançada.

Inicialmente, os médicos encontraram 17 lentes de contacto individuais presas no olho da mulher, mas após um exame mais aprofundado no Hospital Solihull, no Reino Unido, descobriram mais dez lentes, como conta Rupal Morjaria, especialista em oftalmologia experimental, ao Optometry Today.

A equipa médica, que incluiu um oftalmologista com mais de 20 anos de experiência, ficou surpreendida com a descoberta. “Nunca nenhum de nós tinha visto algo semelhante antes, diz Morjaria.

“Era uma massa enorme. Todas as 17 lentes de contacto estavam presas juntas. Ficámos realmente surpreendidos por a paciente não ter notado a sua presença, porque terá causado muita irritação enquanto esteve lá”, explica a especialista. A cirurgia às cataratas teve que ser adiada, após a descoberta, devido ao aumento do risco de endoftalmite.

“Devido ao facto de ela ter abrigado estas lentes de contacto nos seus olhos, durante um período de tempo desconhecido, se a tivéssemos operado, poderia ter problemas com bactérias à volta da conjuntiva”, refere Morjaria.

A paciente vinha usando lentes de contacto mensais e descartáveis ​​nos últimos 35 anos, mas não tinha comparecido a consultas regulares com optometristas.

Morjaria realça que a paciente não relatou quaisquer sintomas relacionados com as lentes na sua avaliação pré-operatória.

“Ela ficou bastante chocada. Quando a reencontrei, duas semanas depois, tirei as lentes e ela disse que sentia os olhos muito mais confortáveis”, esclarece a especialista, frisando que “a paciente pensava que o desconforto anterior” se devia simplesmente à “idade avançada” e ao “olho seco”.

O caso ocorreu em Novembro de 2016 e é agora relatado no jornal médico The BMJ.

Alerta e consciencialização pública

A decisão de divulgar a insólita situação foi tomada porque os médicos envolvidos ficaram surpreendidos com o caso, considerando quase impossível manter tantas lentes de contacto no interior do olho sem qualquer sintoma.

A divulgação é também uma questão de consciência pública. “Nesta era, em que é tão fácil comprar lentes de contacto online, as pessoas tornam-se mais relaxadas com os exames regulares”, lembra Morjaria.

Ora se as lentes de contacto “não forem adequadamente monitorizadas, veremos pessoas com infecções oculares graves que podem fazer com que elas percam a visão“, alerta a especialista.

Os casos de pessoas que ficam com “uma lente de contacto presa sob a parte superior da pálpebra, particularmente se são novos utilizadores ou têm problemas com a colocação”, são comuns, conforme repara o responsável do gabinete clínico e de regulação da Associação de Optometristas, Henry Leonard.

“Mas encontrar muitas lentes presas no olho de alguém é extremamente raro“, assume Leonard, acrescentando que “a maioria dos pacientes experimentaria”, num caso desses, “um desconforto e vermelhidão significativos”, com “o risco de desenvolver infecções oculares”.

Entre os conselhos para evitar o risco de infecções estão o uso adequado de produtos de limpeza de lentes de contacto, lavar as mãos muito bem antes de as manusear, nunca dormir com elas e nunca as usar durante mergulhos na piscina.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Procuradora do caso Alcochete castigada com multa de meio salário

A procuradora encarregada do caso Alcochete, Cândida Vilar, foi condenada a 15 dias de multa, por falta de zelo na acusação do ataque à academia do Sporting. Todos os membros do plenário do Conselho Superior do …

Ateneu de Lisboa perdeu exemplar raro de "Os Lusíadas"

Um exemplar raro da obra "Os Lusíadas", avaliado em 100 mil euros, desapareceu do Ateneu Comercial de Lisboa. Segundo o Observador, que cita o jornal i, desapareceu do Ateneu Comercial de Lisboa um exemplar raro da …

Pais da bebé Matilde ajudaram Tomás a tratar cancro nos ossos

Tomás Leal, de 5 anos, tal como a irmã, Marta, de 9 anos, sofre de cancro nos ossos. Os pais recorreram à Clínica Universidad de Navarra, em Espanha, para uma solução médica que evite …

Já é conhecido o novo Governo. Há mais mulheres e cinco novos ministros

António Costa levou esta tarde os nomes do novo Governo que foram validados pelo Presidente da República. Costa quis deixar o assunto encerrado antes de partir para o Conselho Europeu de quinta e sexta-feira. A …

Relação de Lisboa reconhece insónias como motivo para indemnização

Uma empresa foi obrigada a indemnizar três funcionários que tinham sido despedidos e a reintegrá-los. A Relação de Lisboa considerou que os trabalhadores "passaram a andar deprimidos e ansiosos, dormindo mal" e por esse motivo …

Incêndio no Pinhal de Leiria terá originado de dois reacendimentos

O incêndio na Mata Nacional de Leiria, no dia 15 de outubro de 2017, resultou de dois reacendimentos de um incêndio após uma queimada e outro de um possível fogo posto, refere o despacho de …

Peste suína leva China a proibir carne de Timor-Leste

A China interditou a entrada de carne de porco proveniente de Timor-Leste devido ao surto de peste suína africana detetado no arquipélago. Segundo um edital publicado esta terça-feira pela Administração Geral da Alfândega da China, mas …

Lisboa está entre as cem cidades com os melhores hospitais do mundo

Lisboa figura na lista das cidades com os melhores hospitais do mundo segundo o estudo "Best Hospital Cities Ranking 2019", realizado pela primeira vez pela tecnológica da área da saúde Medbelle, uma startup baseada em …

Gaudêncio demite-se da liderança do PSD/Açores e pede eleições internas antecipadas

O líder do PSD/Açores, Alexandre Gaudêncio, demitiu-se esta terça-feira do cargo e vai pedir eleições internas diretas, não adiantando se se irá recandidatar ao cargo que assumiu há um ano. Alexandre Gaudêncio anunciou esta terça-feira, em …

Mortes causadas por agentes da polícia crescem 4,3% com Bolsonaro no poder

Agentes da polícia no Brasil causaram a morte de pelo menos 2.886 pessoas nos primeiros seis meses deste ano, mais 4,3% que os 2.766 registados no mesmo período do ano passado. Segundo um levantamento divulgado na …