Há cinco hábitos comuns que podem matar lentamente

Maus hábitos são difíceis de quebrar. Mesmo quando eles prejudiciais à saúde, pode ser complicado desistir de certas atividades. Há várias práticas que os especialistas associam a uma morte prematura.

Antes de sugerir que estas atividades pudessem ser prejudiciais, os investigadores estudaram grandes grupos de pessoas durante longos períodos de tempo.

Num desses estudos, publicado na revista Circulation, os cientistas descobriram ligações problemáticas entre o alto consumo de refrigerantes e uma morte prematura. Numa grande revisão de dois estudos publicados no mesmo periódico no ano passado, os cientistas identificaram cinco hábitos que pareciam estar ligados a uma expectativa de vida significativamente mais curta.

Beber refrigerantes, sumos e outras bebidas muito açucaradas parece pesar muito nos nossos corpos. De facto, um novo estudo de 34 anos com mais de 118 mil pessoas sugeriu que quanto mais açúcar as pessoas bebiam, maior a probabilidade de morrerem de problemas como problemas cardíacos.

No entanto, como muitos estudos de nutrição, este apenas envolveu observar as pessoas ao longo do tempo. Isto significa que a investigação não pode concluir definitivamente que as bebidas açucaradas são más – poderia sugerir apenas que poderão ser.

De facto, de acordo com a International Sweeteners Association, não há evidências que os adoçantes de baixas calorias possam aumentar o risco de mortalidade, com base em evidências científicas robustas. Em nota enviada à redação, a ISA garantiu que a segurança dos adoçantes de baixas calorias aprovados foi confirmada pelas autoridades reguladoras a nível mundial, como o Comité misto FAO/OMS de peritos no domínio dos aditivos alimentares (JECFA), a agência US Food and Drug Administration (FDA) e a Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos (EFSA).

Neste artigo, as análises de dois estudos concluíram que o consumo de bebidas adoçadas artificialmente (ASBs) – apenas na categoria de ingestão de mais de quatro porções por dia – estava associada à mortalidade causada por doença cardiovascular apenas no estudo realizado em mulheres, mas não no dos homens.

“É igualmente importante referir que nenhuma associação com mortalidade causada por cancro foi encontrada em nenhum dos estudos”, escreve a ISA.

Se está preocupado com o hábito de beber e comer, há muito que fazer para neutralizar os problemas associados às bebidas açucaradas. Além de evitar refrigerantes e sumos, um corpo crescente de estudos sugere que um plano de refeições com foco em vegetais, proteínas e gorduras saudáveis tem importantes benefícios, como perder peso, manter a mente atenta e proteger o coração e o cérebro.

As melhores dietas – ligadas à vida mais longa – envolviam alta ingestão de vegetais, nozes, grãos integrais, gorduras saudáveis (peixe e azeite) e baixa ingestão de bebidas açucaradas, doces e pães processados, carnes vermelhas e processadas e sal.

Fumar mata. Além do cancro, o tabagismo causa doenças cardíacas, derrame, doenças pulmonares, diabetes e doença pulmonar obstrutiva crónica, que inclui enfisema e bronquite crónica, de acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças.

Os fumadores inalam tabaco queimado e alcatrão, juntamente com metais tóxicos, como cádmio e berílio, e elementos como o níquel e o cromo – que se acumulam naturalmente nas folhas da planta do tabaco.

Não é surpresa que os estudos concluam que a abstinência de fumar cigarros esteja ligada à vida mais longa. “O tabagismo é um forte fator de risco independente de cancro, diabetes, doenças cardiovasculares e mortalidade”, escreveram investigadores num estudo. “A cessação do tabagismo foi associada a uma redução destes riscos excessivos”.

Em geral, permanecer sedentário por longos períodos de tempo parece ser terrível para a saúde. Mas levantar-se de vez em quando para fazer exercícios aeróbicos regulares é uma maneira totalmente natural de elevar o humor, melhorar a memória e proteger o cérebro contra o declínio cognitivo relacionado à idade.

Uma grande quantidade de estudos sugere que o cardio – qualquer tipo de exercício que aumenta a frequência cardíaca e faz com que se mova e sue durante um período prolongado de tempo – tem um efeito significativo e benéfico sobre o cérebro.

“O exercício aeróbico é a chave para a sua cabeça, assim como é para o coração”, segundo um artigo recente no Mind and Mood, da Harvard Medical School. A maioria dos estudos sugere que o melhor tipo de exercício aeróbico para a mente é qualquer coisa que se possa fazer consistentemente durante 30 a 45 minutos de cada vez.

Pessoas que pesam acima ou abaixo da média parecem enfrentar um risco ligeiramente maior de morte por uma série de causas, de acordo com um grande estudo recente que avaliou o peso das pessoas usando o índice de massa corporal (IMC).

Investigadores gostam de usar o IMC para avaliações rápidas de grandes grupos de pessoas. De um modo geral, um IMC entre 18,5 e 24,9 é considerado dentro do “intervalo saudável” para adultos com mais de 20 anos.

As pessoas que se enquadravam nessa faixa de IMC tendiam a viver mais do que os que ficavam do lado de fora. As pessoas que tinham IMCs que estavam acima ou abaixo da “faixa saudável” viviam vidas mais curtas do que as pessoas com IMCs que se enquadravam nesse intervalo. Contudo, o IMC está longe de ser um meio perfeito de medir a saúde geral.

A medida da era dos anos 1830 não tem em conta fatores-chave, incluindo a gordura corporal total, o sexo, a composição muscular ou a quantidade de gordura. Esta medida, também conhecida como gordura abdominal, está a emergir como uma alternativa chave para o IMC, devido às fortes ligações com a saúde do coração e diabetes.

Tem sido difícil definir a relação precisa entre beber e saúde geral. Um pouco de álcool – como uma ou duas bebidas por dia – parece estar bem. Mais do que isso, no entanto, e os benefícios parecem desaparecer. Os tipos mais perigosos de beber são beber bebidas pesadas e beber em excesso.

Definido pelo CDC como oito doses ou mais por semana para mulheres e 15 doses ou mais por semana para homens, o consumo excessivo de bebidas alcoólicas esteve ligado a uma série de resultados negativos, incluindo uma expectativa de vida geral mais curta. Beber compulsivamente, beber quatro doses se for mulher e cinco doses se for homem dentro de duas horas, pode ser igual ou até mais prejudicial.

Outros problemas ligados ao consumo excessivo de álcool incluem cancro, doenças cardíacas, doenças respiratórias e ferimentos.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Em síntese tem de haver moderação e bom senso em tudo o que se faz, bebe e come. Obviamente que sal, açúcar, proteínas em excesso, gorduras, bebidas alcoólicas, tabaco são pouco recomendáveis. O sedentarismo também é meio caminho andado para uma série de problemas.
    Ainda assim acho que na última década Portugal melhorou. O pão tem menos sal, proibiu-se o fumo em muitos espaços, há mais pessoas a praticar regularmente atividades físicas. Só nos falta ter políticos competentes e honestos e estou certo que até a mente dos portugueses iria andar mais descansada.

RESPONDER

Turbulência em voo para Madrid causa pelo menos 35 feridos

Pelo menos 35 passageiros de um voo que ia das Ilhas Maurícias para Madrid ficaram feridos, com diversas contusões e lacerações, na terça-feira, devido a um episódio de turbulência. Entre os feridos estão três membros …

Novas imagens mostram que o Titanic está a desaparecer

Pela primeira vez em 15 anos, uma equipa de mergulhadores captou imagens do Titanic que mostram o seu avançado estado de deterioração, podendo vir a desaparecer em breve. De acordo com a BBC, uma equipa internacional …

Bale, James, Navas e 100 milhões não chegaram para comprar Neymar

Convencer o Paris Saint-Germain a deixar Neymar sair não está a ser pera doce. O Real Madrid ofereceu uma combinação de 100 milhões de euros mais jogadores, mas mesmo assim os parisienses rejeitaram a proposta. O …

G7. Merkel e Johnson consideram prematuro regresso da Rússia ao grupo

A chanceler alemã, Angela Merkel, e o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, disseram na quarta-feira em Berlim ser prematuro considerar o regresso da Rússia ao G7, uma ideia que foi avançada pelo Presidente norte-americano, Donald Trump. Angela …

Motoristas admitem assinar acordo semelhante ao dos outros sindicatos (e podem retirar pré-aviso de greve)

Francisco São Bento admitiu a possibilidade de o Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) assinar um acordo com a Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM) semelhante àquele já assinado pelos …

Cristiano Ronaldo acredita que João Félix vai triunfar em Espanha

Na segunda parte da entrevista à TVI, o internacional português abordou vários temas como João Félix na liga espanhola, a eventual saída de Bruno Fernandes do Sporting e até o seu eterno rival Lionel Messi. Cristiano …

Portugal renova frota de aviões. Acordo é de 827 milhões de euros

O primeiro-ministro, António Costa, assinou na terça-feira, em Évora, um contrato com a brasileira Embraer para a compra de cinco aviões KC-390. O negócio inclui a aquisição de um simulador de voo e a manutenção …

Apesar dos 6.500 euros oferecidos pelo Programa Regressar, só 71 emigrantes quiseram voltar

Um mês depois do seu início, o Programa Regressar, que prevê a atribuição até 6536,40 euros aos emigrantes que regressarem a Portugal, recebeu apenas 71 candidaturas. Os dados, avançados pelo jornal Público, são o mais recente …

Incêndio na ilha espanhola de Grã Canária controlado

O incêndio florestal que deflagrou no sábado na ilha espanhola de Grande Canária está controlado, depois de ter atingido cerca de 9.200 hectares e obrigado à retirada de mais de 10 mil pessoas, anunciaram as …

Coreia do Norte recusa diálogo com EUA até terminarem exercícios militares

Um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Norte criticou igualmente a intenção de Washington de enviar caças F-35 para a região, e defendeu que tal pode, provavelmente, "desencadear uma nova guerra fria". A …