Cientistas da NASA prevêem um “destino infernal” para a Terra

A Terra pode transformar-se num planeta com uma superfície tão quente que tornará a vida impossível. Uma conclusão de um estudo que teve a participação de uma cientista da NASA e que apresenta Vénus, o planeta menos habitável do Sistema Solar, como exemplo do que pode acontecer à Terra.

A investigadora Giada Arney da NASA e o professor Stephen Kane, da Universidade da Califórnia, estudaram como Vénus se transformou no planeta menos habitável do Sistema Solar, com uma temperatura de superfície que atinge os 460 graus centígrados.

Os cientistas notam que Vénus já terá sido outrora um planeta habitável, com condições semelhantes às da Terra, mas que se foi tornando impossível para a vida à medida que o Sol foi ficando mais luminoso. Um cenário que pode vir a ocorrer na Terra, alertam na investigação agora publicada.

O estudo refere-se à teoria do químico sueco Svanthe Arrhenius, vencedor do Prémio Nobel da Química de 1903, que defende que Vénus já teve rios, lagos e pântanos, bem como uma vegetação abundante. Mas com o aumento do brilho do Sol, o planeta deixou de ter um clima temperado e aqueles sinais de vida transformaram-se em carbono que serviu de “alimento” ao efeito de estufa, tornando o planeta inabitável.

Arrhenius já previa que a Terra pode sofrer um processo semelhante daqui a milhões de anos, e Arney e Kane acreditam também que o aumento crescente da luminosidade do Sol pode tornar a vida impossível no nosso planeta.

Estes dados levam os investigadores a reforçar a importância de estudar Vénus, até porque é o planeta que mais se parece com a Terra, tanto em termos de tamanho como de massa, de volume e de composição.

“Vénus ensina-nos que a habitabilidade não é um estado estático em que os planetas permanecem ao longo das suas vidas”, frisam os investigadores no estudo. E entender “a habitabilidade como um processo planetário depende crucialmente de perceber o que aconteceu à suposta água perdida de Vénus“, concluem.

ZAP //

 

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Milhões de anos pra frente… Ahhhh…
    Eu prevejo um mundo repleto de unicórnios e anões besuntados.
    Baseado em que? Em nada. Não poderei provar mesmo?!?! (Milhões de anos… Piada)

  2. Segundo dizem alguns cientistas o planeta terra é o único planeta que resta do do nosso sistema solar ainda habitável ,pois outrora alguns deles também eram habitáveis ,mas a temperatura infernal do sol e outros factores como o ambiente acido tudo derreteram inclusive muitas provas de vida lá existentes foram-se transformando em pó e afins ,pois só bem abaixo de algumas centenas de metros é que provavelmente se pode avaliar a presença ou não de vestígios de vida ,mas isso são só meras opiniões cientificas e nada mais !

RESPONDER

Febre do lítio pede licença para chegar a Portugal

Com o potencial de ter as maiores reservas da Europa, a febre do lítio chegou a Portugal, onde se registaram duas dezenas de solicitações de prospecção este ano, embora as empresas mineiras continuem à espera …

Virgin Galactic abre as portas do primeiro aeroporto espacial do mundo

A empresa norte-americana Virgin Galactic, do bilionário Richard Branson, está a preparar o primeiro aeroporto espacial comercial do mundo, tendo revelado esta semana algumas das imagens daquelas que vão ser as instalações. O aeroporto, localizado …

A Internet está a regar esta planta há três anos

A comunidade online do Reddit tem tratado de uma planta durante três anos. Os utilizadores escolhem diariamente se a planta de ou não ser regada. Tudo começou com uma pequena brincadeira no Reddit, um dos maiores …

O pulmão de um chinês colapsou (e a culpa foi do karaoke)

O pulmão de um homem de 65 anos, na China, colapsou após ter tentado atingir uma nota alta durante uma intensa sessão de karaoke. O homem, residente em Nanchang, na província de Jiangxi, teria estado a …

"Emergência nacional". Deputados pedem a Boris que convoque imediatamente o Parlamento

Mais de 100 deputados britânicos pediram, numa carta divulgada este domingo, ao primeiro-ministro Boris Johnson para convocar imediatamente o Parlamento e voltar a debater o Brexit. As férias de verão do Parlamento terminam normalmente a 03 …

Rambo Luso. Há um português a viver na selva venezuelana há 25 anos

Há 25 anos que o português António Pestana Drumond realiza expedições às regiões de selva do Delta Amacuro e do Parque Nacional Canaima, leste da Venezuela, onde é conhecido pelos indígenas locais como o Rambo …

Já é possível saber se alguém está a mentir. Basta olhar nos olhos

Os olhos não mentem. Pelo menos é o que acham os investigadores da Universidade de Stirling, na Escócia, que criaram uma prova que diz se a pessoa está a mentir ou não com a monitorização …

A NASA detetou (e mediu) o primeiro choque interplanetário

A Multiscale Magnetospheric Mission (MMS) da agência espacial norte-americana conseguir fazer as primeiras medições de um choque interplanetário. Em comunicado, a NASA explica que os choques interplanetários são um tipo de choque sem colisão, no …

Quem ganhou a Segunda Guerra Mundial? Aliados e Eixo dizem que foram eles próprios

Em média, tanto os cidadãos de países dos Aliados como cidadãos de países do Eixo dizem que foram eles mesmos os vencedores da Segunda Guerra Mundial. Se perguntarmos a qualquer um dos poucos veteranos remanescentes da …

Norte-americano passou 30 anos na prisão por erro. Vai ser indemnizado em 10 milhões

Um norte-americano que há 30 anos foi erradamente condenado a 57 anos de prisão por violação e roubo vai agora receber uma indemnização de quase 10 milhões de dólares, avança o jornal New York Post. …