Os cientistas já sabem o que ditou o fim dos rios e do oceano de Marte

Há milhões de anos, Marte tinha muito água, vários rios e até um oceano. Contudo, o Planeta Vermelho acabou por perder as suas reservas de água devido à órbita peculiar do planeta, revelou um novo estudo. 

A investigação foi levado a cabo por uma equipa de cientistas alemães e russos e os resultados foram esta semana publicados na revista Geophysical Research Letters.

A atmosfera marciana, que tem camadas intermediárias frias, semelhantes à atmosfera terrestre, deve retornar as moléculas de água à superfície na forma de gelo, mantendo-as dentro do ecossistema de Marte. Contudo, uma simulação computorizada revelou um ciclo climático que se repete a cada dois anos terrestre e que ajuda a água a ascender às camadas superior da atmosfera do planeta.

Este fenómeno, que terá “secado” Marte, acontecer porque o Planeta Vermelho gira à volta do Sol através de uma órbita mais elíptica do que a da Terra. Assim, durante o verão no hemisfério sul, o planeta está a 34 milhões de quilómetros mais perto da estrela.

Consequentemente, explicou Paul Hertog, um dos autores do estudo, “em certos momentos do dia, o vapor de água pode subir localmente com as massas de ar mais quentes e alcançar a atmosfera superior”.

A estas alturas, as moléculas são expostas à radiação solar ultravioleta, levando à sua desintegração e à libertação de azoto para o espaço.

Este processo, que poderá ter destruído 80% das reservas de água iniciais de Marte, pode ter sido incitado pelas enormes tempestades que atingem toda a superfície marciana a cada poucos anos. De acordo com os cientistas, o furacão de 2007 dobrou a quantidade de moléculas de água na atmosfera.

“As quantidades de poeira, que circulam na atmosfera durante estas tempestades, facilitam o transporte de vapor de água para as camadas superiores do ar”, explicou Alexander Medvedev, outro dos investigadores envolvidos no novo estudo.

// ZAP

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Marte era habitado e possuía metrópoles e um povo rico e feliz.
    Só que em uma determinada manhã o povo viu um objeto voador metálico pousar nas ecostas do morro,se tratava de uma nave vindo da terra.
    Fizeram contato com os tripulantes que diziam estar vindo em missão de paz.
    Os tripulantes foram muito bem recebidos e passaram a morar em Marte e aprender a cultura local e fazer parte da sociedade marciana.
    Tudo ia a mil maravilhas até que o comandante da nave resolveu criar um partido politico chamado PT (partido terráqueo)
    Pronto, a desgraça estava estabelecida , o roubo acontecia a céu aberto ,depois de roubarem dinheiro joias e riquezas roubaram a água a atmosfera e a gravidade do planeta.

RESPONDER

Director nacional da PJ defende "recompensa garantida" para Rui Pinto

O director nacional da Polícia Judiciária (PJ), Luís Neves, realça a colaboração de Rui Pinto como tendo sido essencial para apurar a "verdade material" no caso de pirataria informática que o envolve e defende, por …

Lufthansa aceita condições do resgate. Vai ceder aviões e perder "slots"

O Governo da Alemanha e a Comissão Europeia (CE) chegaram a um acordo sobre o resgate da Lufthansa e que poderá evitar a falência da companhia aérea, anunciaram, na sexta-feira, fontes próximas das negociações e …

Chipre vai pagar despesas das férias a turistas que ficarem infetados no país

O Chipre vai pagar o custo das férias aos turistas que testaram positivo depois de viajarem para o país. Entre as despesas está o alojamento, a alimentação e os medicamentos. O Chipre comprometeu-se a pagar todas …

Tribunais vão vender máscaras a um euro. "É uma margem de lucro de 45 por cento"

Os tribunais vão ter máscaras cirúrgicas à venda para advogados e testemunhas, de modo a garantir que podem entrar nas salas de audiência a partir de quarta-feira, dia em que a Justiça retoma as sessões …

Julgamento BES. Ministério Público acredita que provas da Suíça ainda podem ser utilizadas

O jornal Público escreve este sábado que os procuradores do Ministério Público (MP) acreditam ainda ser possível utilizar os elementos solicitados nas cartas rogatórias enviadas às autoridades suíças no julgamento do caso BES. O Ministério …

Salários mais baixos podem passar a ter lay-off pago a 100%

O Governo está a estudar a possibilidade de o regime de lay-off, desenhado especificamente para o contexto da pandemia de covid-19, passar a ser pago na sua totalidade (100%) para quem tem salários mais baixos. …

Bronca na Liga. Contestação adia 5 substituições e o Marítimo recusa assinar Plano de Retoma

Após dois dias intensos de reuniões, foi aprovado o Plano de Retoma do campeonato nacional para a disputa das últimas 10 jornadas da época 2019/2020. Mas apenas 17 clubes o assinaram. O Marítimo recusou fazê-lo, …

Igreja perdeu 50 milhões de euros com a pandemia (e há dioceses em lay-off)

Ao cabo de dois meses de paragem por causa da pandemia de covid-19, as missas regressam, neste sábado, mas com regras novas para evitar a propagação do coronavírus. Uma paragem que resultou num "prejuízo" de …

Reabertura de ATL adiada para 15 de junho. Creches arrancam segunda-feira (sem apoios para os pais)

As Atividades de Tempos Livres (ATL) não integradas em estabelecimentos escolares só poderão voltar a funcionar a partir de 15 de junho, duas semanas depois daquilo que estava inicialmente previsto. O anúncio foi feito pelo primeiro-ministro, …

Governo britânico vai continuar a pagar 80% dos salários durante mais três meses

O Governo britânico vai continuar a pagar durante mais três meses 80% do salário de trabalhadores em lay-off devido à pandemia de covid-19, e reduzir gradualmente o valor até ao fim do sistema, em outubro. O …