/

Cientistas encontram solução para estudar o “Vulcão do Fogo” na Guatemala

Com a evolução constante da tecnologia, hoje em dia conseguem-se realizar tarefas que no passado pareciam impossíveis. Uma delas é chegar ao Vulcão do Fogo, na Guatemala, cujas erupções frequentes dificultam o acesso humano à cratera vulcânica.

Agora, os cientistas encontraram uma solução que lhes permite estudar os vulcões, sem terem de estar presentes fisicamente. Através de drones capazes de medir a temperatura e humidade nas nuvens vulcânicas, assim como tirar fotografias digitais e de infravermelhos, estes profissionais terão acesso à cratera de vários vulcões pelo mundo fora, nomeadamente o Vulcão do Fogo.

Para o futuro, a ambição do grupo de cientistas britânicos das Universidades de Cambridge e Bristol, no Reino Unido, que estão na vanguarda destas investigações através de drones, passa por equipar os drones com sensores que consigam medir os gases vulcânicos.

  ZAP // Mais Tecnologia

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.