Cientistas desvendam o mistério da estranha “minhoca marciana”

Stanton F. Fink / FunkMonk / Wikimedia

Representação do artista Stanton F. Fink da Hallucigenia sparsa

Representação do artista Stanton F. Fink da Hallucigenia sparsa

Uma minhoca com pernas e espinhos encontrou, finalmente, o seu lugar na cadeia evolutiva.

Durante anos, os fósseis deste animal pré-histórico inquietavam cientistas, que não conseguiam encontrar nenhuma evidência que explicasse a relação do seu processo evolutivo com o de com qualquer outro animal da mesma época – 500 milhões de anos atrás – ou da era moderna.

A sua aparência parece ser produto de uma alucinação, o que explica o seu nome científico: Hallucigenia sparsa.

Este animal assemelha-se a um verme, mas tem pernas, espinhos e uma cabeça difícil de distinguir da cauda. Uma fileira de espinhos duros nas costas e sete ou oito pares de pernas, cada uma com as suas garras.

Tudo isso num animal entre 5 a 35 mm, que vivia no fundo do oceano. Por estas razões, era considerado como uma espécie “marciana”.

Os seus restos fossilizados foram identificados no final da década de 1970. Agora, pela primeira vez, cientistas confirmam a sua ligação a um grupo de animais modernos.

Investigadores da Universidade de Cambridge, na Grã-Bretanha, descobriram um parentesco com vermes que vivem em florestas tropicais (Onychophora), descreveram, numa pesquisa publicada na revista Nature.

A pista estava num detalhe: as pequenas garras. “As peculiares garras do Hallucigenia são a evidência que resolveu um longo e intenso debate no campo da biologia evolutiva”, disse Martin Smith, um dos autores do estudo.

Pernas ou espinhos?

O paleontólogo Simon Conway Morris identificou o estranho animal em 1977 entre fósseis encontrados nas Montanhas Rochosas do Canadá, segundo a revista New Scientist.

BBC

-

Ali, na formação geológica dos Xistos de Burgess, encontra-se um dos maiores depósitos de fósseis do período da explosão cambriana, quando apareceram pela primeira vez muitos dos principais grupos de animais do planeta, de acordo com registos fósseis.

Inicialmente, pensou-se que os espinhos do animal eram as pernas; as pernas, tentáculos; e a cabeça, a cauda.

“Pensa-se frequentemente que o grupo de animais modernos surgiu completamente formado durante a explosão cambriana”, disse Smith. “Mas a evolução é um processo gradual: a anatomia complexa de hoje surgiu passo a passo.”

Já se suspeitava que os vermes Onychophora pudessem estar relacionados com o extravagante Hallucigenia, mas até agora não havia sido encontrada qualquer evidência.

De acordo com o estudo de Smith, as pequenas garras deram a pista. Na Hallucigenia, existem capas de cutículas (semelhantes à substância dura das unhas) que são empilhadas umas dentro das outras. A mesma estrutura pode ser encontrada nas mandíbulas dos Onychophora, que são patas modificadas para mastigar.

Segundo os cientistas, esta descoberta abre um novo caminho de conhecimento sobre os artrópodes, grupo que inclui aranhas, insetos e crustáceos.

“Muitos dos estudos com base genética sugerem que os artrópodes e os vermes Onychophora estão intimamente ligados”, disse Javier Ortega Hernández, co-autor do trabalho.

“No entanto, os nossos resultados indicam que os artrópodes estão cada vez mais perto dos tardigrades, grupo de animais microscópicos mais conhecidos por serem capazes de sobreviver no vácuo do espaço e em temperaturas abaixo de zero, o que deixa o Onychophora como primos distantes”.

Ao examinar os fósseis da explosão cambriana e organismos vivos, dizem os especialistas, será possível descobrir mais sobre a origem dos animais complexos e a evolução enigmática destes seres primitivos.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Tim Cook acaba de se juntar ao clube dos milionário à boleia de recorde histórico da Apple

O diretor-executivo (CEO) da Apple, Tim Cook, acaba de se juntar à lista de multimilionários do mundo, depois de a gigante tecnológica norte-americana atingir um valor de mercado histórico. De acordo com os cálculos da …

Cientistas calculam probabilidade de contágio ao viajar de comboio

Investigadores da Universidade de Southampton, no Reino Unido, calcularam a probabilidade de contrair covid-19 ao viajar numa carruagem de comboio com uma pessoa infetada. Em colaboração com a Academia Chinesa de Ciências, a Academia Chinesa de …

Hong Kong. Magnata da imprensa Jimmy Lai libertado sob caução

O magnata da imprensa e uma das principais figuras do movimento pró-democracia de Hong Kong Jimmy Lai foi esta terça-feira libertado sob caução, constatou a agência France-Presse. Jimmy Lai tinha sido detido na segunda-feira, ao …

Lar de Reguengos de Monsaraz diz ter feito tudo para salvar vidas

A direção do lar de Reguengos de Monsaraz (Évora) onde surgiu o surto de covid-19 que causou 18 mortos garantiu ter feito “tudo” ao seu “alcance” para “salvar vidas”, nesta “crise” com “contornos dramáticos”. A Fundação …

Israel fecha os olhos e deixa palestinianos cruzarem a fronteira para ir a banhos

As autoridades israelitas têm deixado milhares de palestinianos cruzar a barreira de separação entre os dois territórios para poderem ir às praias. Este foi um fim-de-semana muito especial para Siham e os seus cinco filhos. …

Diabéticos e hipertensos voltam a ter faltas justificadas

Os diabéticos e hipertensos sem condições para desempenharem funções em teletrabalho voltam a ter direito a justificar as faltas ao trabalho devido à pandemia de covid-19, segundo um diploma publicado em Diário da República. “Os imunodeprimidos …

Deputada da Coreia do Sul debaixo de fogo. Usou um vestido no Parlamento

Na semana passada, a deputada sul-coreana Ryu Ho-jeong usou um vestido numa assembleia legislativa, sendo bombardeada com críticas que gerou um debate sobre sexismo e a cultura patriacal do país. De acordo com a CNN, na …

SC Braga oficializa "top gun" Gaitán por duas temporadas

O internacional argentino Nicolas Gaitán assinou um contrato com o Sporting de Braga válido por uma época, com outra de opção, informou esta terça-feira o clube minhoto da I Liga de futebol. Formado no Boca Juniors, …

Vacina russa chama-se "Sputnik V" e foi já pedida por 20 países

A vacina russa contra a covid-19, cujo registo foi esta terça-feira anunciado pelo Presidente, Vladimir Putin, chama-se "Sputnik V", vai começar a ser fabricada em setembro e já foi encomendada por 20 países. De acordo com …

Rui Pinto no Twitter: "Travessia do deserto” terminou mas a “luta continua”

Rui Pinto assumiu que a “árdua e longa ‘travessia do deserto’” chegou ao fim, aludindo à sua libertação, mas avisou que “a luta continua”, pois Portugal “continua um paraíso para a grande corrupção” e branqueamento …