Cientistas desenvolvem internet quântica baseada em sinais de luz

Computadores super rápidos podem resolver problemas em muito menos tempo do que as máquinas de hoje. Esses “computadores quânticos” estão a ser desenvolvidos em laboratórios por todo o mundo. Os cientistas já se anteciparam e começam a pensar numa internet quântica baseada em sinais de luz.

Não é simples criar uma tecnologia para um aparelho que ainda não foi tecnicamente inventado, mas as comunicações quânticas são um campo atrativo, porque a tecnologia permitirá o envio de mensagens que são muito mais seguras.

Antes disso há vários problemas a resolver para que a internet quântica funcione: fazer com que os computadores quânticos comuniquem entre si, garantir proteção contra hackers, transmitir mensagens a longas distâncias sem perder parte delas e endereçar mensagens através de uma rede quântica.

Os computadores quânticos podem ser mais poderosos que os clássicos, mas algumas aplicações exigirão ainda mais poder de processamento do que um computador quântico oferece por si só.

Se for possível fazer com que essas máquinas comuniquem entre si, poderão ser ligadas para formar um enorme computador. Mas, como há quatro tipos de computadores quânticos em desenvolvimento atualmente, não será possível que isso aconteça sem uma pequena ajuda.

Alguns cientistas defendem que a internet quântica seja baseada inteiramente em partículas de luz (fotões), enquanto outros acreditam que seria mais fácil criar redes quânticas em que a luz interagisse com a matéria.

“A luz é melhor para a comunicação, mas os qubits de matéria são melhores para o processamento. Ambos são necessários para fazer a rede trabalhar correctamente, mas é difícil fazê-los interagir”, diz Joseph Fitzsimons, cientista do Centro de Tecnologias Quânticas da Universidade Nacional de Singapura, à BBC.

É muito caro e difícil armazenar toda a informação em fotões, diz Fitzsimons, “porque essas partículas não conseguem ver-se umas às outras e passam perto umas das outras, em vez de colidirem”. O especialista acredita que seria mais fácil usar a luz para comunicação e armazenar informação usando eletrões e átomos (na forma de matéria).

Uma aplicação crucial da internet quântica será a distribuição de chaves quânticas, em que uma chave secreta é gerada usando um par de fotões entrelaçados e usada para cifrar informação de uma forma que é impossível para um computador quântico quebrá-la.

Essa tecnologia já existe, e foi demonstrada pela primeira vez no espaço por uma equipa de cientistas da Universidade Nacional de Singapura e da Universidade de Strathclyde, no Reino Unido, em dezembro de 2015.

Mas não é apenas de criptografia que vamos precisar no futuro para garantir a segurança da nossa informação na internet. Os cientistas estão também a trabalhar em “protocolos cegos de computador quântico“, que permitem ocultar qualquer coisa num computador.

“Isso é importante, porque provavelmente não haverá muitos computadores quânticos quando surgirem. As pessoas vão querer correr programas neles, como fazemos hoje com a nuvem”.

Há duas abordagens possíveis para fazer uma rede quântica – com comunicações por terra ou pelo espaço. Ambos os métodos funcionam através do envio de bits comuns de dados pela internet atual, mas, se quisermos enviar dados como qubits no futuro, será muito mais complicado.

Para enviar partículas de luz (fotões), podem ser usados cabos de fibra óptica em terra. No entanto, os sinais de luz deterioram-se ao longo de grandes distâncias, porque os cabos às vezes absorvem a luz.

É possível evitar isso construindo “estações de repetição” a cada 50 km. As estações seriam basicamente laboratórios quânticos em miniatura que tentariam reparar o sinal antes de o enviar para o próximo nódulo da rede.  Esse sistema também apresenta complexidades. Mas, se fosse fácil, não seria assunto para físicos quânticos.

ZAP // BBC

PARTILHAR

RESPONDER

PCP apresenta programa eleitoral que inclui “reforma fiscal”

O secretário-geral comunista, Jerónimo de Sousa, apresenta esta terça-feira formalmente o programa eleitoral do partido para as legislativas, que inclui um pacote de medidas de “reforma fiscal”, em cerimónia pública, num hotel lisboeta. O líder do …

Multa histórica ao Facebook deixou Zuckerberg mil milhões de euros mais rico

A multa histórica de 4,4 mil milhões de euros aplicada ao Facebook, no âmbito do escândalo Cambridge Analytica, não está a fazer mossa na empresa e até fez subir as suas acções em bolsa, com …

Vale paga 165 mil euros a familiares dos trabalhadores mortos em Brumadinho

A empresa brasileira acordou indemnizar cada familiar dos trabalhadores mortos na rutura da barragem de Brumadinho, ocorrida em janeiro passado. O acordo, firmado entre o Ministério Público do Trabalho e a companhia mineira Vale, determina que …

Novo currículo e novas metas. Peritos desafiam Costa a mudar tudo no ensino da Matemática

Um grupo de peritos constituído em dezembro pelo Ministério da Educação quer que o ensino da Matemática assente num novo currículo, deixando para trás documentos que considera contraditórios entre si. Coordenado pelo professor Jaime Carvalho e …

Johnson & Johnson investigada por risco de cancro do pó de talco

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos está a investigar a Johnson & Johnson para aferir se mentiu sobre o possível risco de cancro do seu pó de talco. Mais de 13 mil pessoas nos Estados …

Von der Leyen apresentou um "ramalhete" de promessas no Parlamento Europeu. Votação marcada para as 18h

A candidata à presidência da Comissão Europeia comprometeu-se esta terça-feira a tornar a Europa o primeiro continente a alcançar a meta da neutralidade carbónica em 2050, indicando que irá apresentar um “acordo verde” nos primeiros …

Em 2018, ficaram por pagar 12 milhões de euros em salários. É um aumento de 60% desde 2017

A Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) identificou 6.618 trabalhadores com salários em atraso, no valor de 11,7 milhões de euros. É, de acordo com o Jornal de Notícias, um aumento de 59% no espaço …

Maior central elétrica do país está há oito meses à espera de uma nova licença ambiental

A maior central elétrica do país está há oito meses à espera que a sua licença ambiental, essencial para que possa permanecer em operação, seja renovada. Apesar da morosidade do procedimento, e de a licença original …

Esta terça-feira vai poder ver o eclipse parcial da Lua

A Lua vai estar, esta terça-feira, na sombra da Terra devido a um eclipse parcial que vai poder ser visto em Portugal. Este fenómeno vai ser visível, a partir das 21h01, hora em que a Lua …

Magistrados e funcionários defendem o fim das férias judiciais

Magistrados e funcionários defendem o fim das férias judiciais, a paragem obrigatória do sistema judicial que ocorre entre 16 de julho e 31 de agosto, escreve o Diário de Notícias esta terça-feira. Em declarações ao matutino, …