Cientistas descobrem a revolução que permitiu o aparecimento dos animais

Stuart Hay / ANU

Os investigadores Amber Jarrett e Jochen Brocks com uma amostra de óleo extraído de rochas sedimentares

Um estudo realizado por cientistas da ANU – Universidade Nacional Australiana, resolveu um dos maiores mistérios da vida: como os primeiros animais apareceram na Terra – um momento crucial para o planeta, sem o qual os seres humanos não existiriam.

Uma equipa de investigadores liderada pelo professor Jochen Brocks, da Universidade Nacional Australiana, encontrou em rochas sedimentares no centro da Austrália a resposta para um dos maiores mistérios da vida: que episódio despoletou o aparecimento dos animais?

“Transformamos essas rochas em pó e extraímos delas moléculas de organismos antigos”, explica Brocks. A pesquisa foi publicada na revista Nature, e os resultados vão ser apresentados esta semana na Conferência Goldschmidt em Paris, França.

“Essas moléculas dizem-nos que tudo se tornou realmente interessante há 650 milhões de anos atrás. Foi uma revolução dos ecossistemas, foi o aumento das algas que desencadeou uma das mais profundas revoluções ecológicas da história da Terra”, diz Brocks, “sem a qual os seres humanos e outros animais não existiriam”.

Antes de tudo isso acontecer, houve um evento dramático, 50 milhões de anos antes, chamado Terra Bola de Neve”, explica Brocks.

A Hipótese da Terra Bola de Neve é uma hipótese, que sugere que a Terra esteve completamente coberta de gelo pelo menos uma vez, durante o período Criogeniano, há 650 milhões de anos, que explica os depósitos sedimentares normalmente de origem glaciar a latitudes aparentemente tropicais na época.

Segundo a teoria Bola de Neve, “a Terra ficou congelada durante 50 milhões de anos. Grandes glaciares transformaram cordilheiras inteiras de montanhas em pó, libertando nutrientes, e quando a neve derreteu, durante um evento de aquecimento global extremo, torrentes de nutrientes foram para o oceano”, explica o cientista.

Neethis / Wikimedia

O degelo da Terra Bola de Neve libertou os nutrientes que provocaram a explosão das algas – e o aparecimento dos animais

Segundo Jochen Brocks, os níveis extremamente elevados de nutrientes no oceano e o arrefecimento das temperaturas globais a níveis mais hospitaleiros criaram condições perfeitas para a rápida disseminação de algas. “Foi a transição dos oceanos dominados por bactérias para um mundo habitado por uma vida mais complexa”.

“Esses organismos grandes e nutritivos na base da cadeia alimentar forneceram a explosão de energia necessária para a evolução de ecossistemas complexos, onde animais cada vez maiores e mais complexos, inclusive o Homem, poderiam prosperar na Terra”, afirma o cientista.

A investigadora em Ciências da Terra Amber Jarrett, co-autora do estudo, descobriu antigas rochas sedimentares da Austrália central que se relacionavam directamente com o período que se seguiu imediatamente após o degelo da Terra Bola de Neve.

“Nessas rochas, descobrimos sinais impressionantes de fósseis moleculares”, diz Jarrett, “Então soubemos imediatamente que tínhamos feito uma descoberta revolucionária, de que a Terra Bola de Neve esteve directamente envolvida na evolução da vida complexa”.

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Ventura tem "receio" que partido seja ilegalizado

Este domingo, o Chega vai organizar uma manifestação contra a ilegalização do partido. André Ventura admitiu ter um "receio muito significativo". O Observador avança que a manifestação tem início no Príncipe Real, passa pelo Tribunal Constitucional …

Três mortos e 441 novos casos em Portugal

Este domingo, Portugal regista mais três mortes e 441 novos casos de infeção, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde, o país …

Grande Crise do Ketchup. A pandemia atacou um mercado improvável (e já há um mercado negro para o molho)

Os problemas da cadeia de suprimentos estão a chegar a um canto distante do universo empresarial: os pacotes de ketchup. O ketchup é o molho de mesa mais consumido nos restaurantes dos Estados Unidos, com cerca …

Autoridades brasileiras ilibam João Loureiro

João Loureiro já não é suspeito no processo que envolve a apreensão de um avião com 500 quilos de cocaína, segundo as autoridades brasileiras. As autoridades brasileiras descartaram, este sábado, qualquer ligação do advogado português João …

No Canadá, há dois rios que se encontram (mas não se misturam)

Em Nunavut, no Canadá, há dois rios que se encontram, mas não perdem a sua aparência individual enquanto se movem sinuosamente pela tundra. O Back River flui para o norte em direção ao Oceano Ártico. Ao …

Russos acusados de explosão na República Checa são suspeitos de envenenar Skripal

Os dois suspeitos russos, envolvidos na explosão que matou duas pessoas em 2014 na República Checa, têm os mesmos passaportes que os dois homens acusados de envenenar, com o agente nervoso novichok, o espião Sergei …

Numa cidade na Nova Zelândia, a Páscoa resume-se a exterminar coelhos

Em Alexandra, na região de Otago, os coelhos são considerados pragas, uma espécie que ameaça a biodiversidade do país e a agricultura. Elle Hunt, correspondente do The Guardian em Auckland, na Nova Zelândia, escreveu um artigo …

Reavaliação de barragens da EDP ficou por fazer, depois de Governo ter recuado na decisão

No início do ano passado, o ministério do Ambiente considerou ser necessário reavaliar as barragens da EDP, mas a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e a Parpública disseram não ter competências para fazer a avaliação …

Portugal bateu recorde de vacinação no sábado. Foram administradas 120 mil vacinas

Este sábado, Portugal registou um recorde diário de pessoas vacinadas contra a covid-19. No total, foram administradas 120 mil doses da vacina. De acordo com os números avançados pela task force responsável pelo plano de vacinação, …

Os milionários estão a fugir de Nova Iorque

A cidade de Nova Iorque está a preparar-se para enfrentar para um êxodo dos seus residentes mais ricos após as autoridades terem aprovado um orçamento que fará com que paguem a maior taxa de impostos …