Cientistas descobrem os primeiros animais canhotos: os cangurus

llee_wu / Flickr

-

Um novo estudo observou que os cangurus selvagens tendem a usar mais os membros esquerdos na realização de tarefas comuns como recolha ou alimentação.

Os investigadores afirmam tratar-se da primeira demonstração de preferência manual em grupo de uma espécie de animal não-humano, depois de observaram os animais na selva durante várias horas. Os seres humanos, na sua maioria, são destros.

Duas espécies de cangurus e uma de wallaby demonstraram uma tendência para o uso das patas esquerdas, ao contrário de outros marsupiais quadrúpedes, que não apresentaram a mesma propensão.

O estudo, publicado na revista científica Current Biology, foi realizada por cientistas da Universidade Estadual de São Petersburgo que viajaram à Austrália para fazer o trabalho de campo.

No país, eles tiveram a ajuda de Janeane Ingram, uma ecologista especializada em vida selvagem e investigadora da Universidade da Tasmânia, que afirmou à BBC que o trabalho foi alvo de desconfiança dos próprios cientistas.

“Infelizmente, até meus próprios colegas acham que o estudo do uso dos membros esquerdos em macrópodes não é um assunto sério, mas qualquer pesquisa que prove a preferência manual em outras espécies bípedes contribui para o estudo da simetria do cérebro e da evolução dos mamíferos“, explicou.

Segundo o investigador Yegor Malashichev, havia uma “noção generalizada” de que a preferência manual era unicamente um fenómeno humano, até que estudos dos últimos 10 a 20 anos mostraram que a assimetria no comportamento e a estrutura do cérebro eram, surpreendentemente, muito difundidas no mundo animal.

“Como um dos nossos especialistas destacou, a preferência manual é também óbvia na forma como os papagaios agarram a comida ou como os cães dão a pata”, disse Ingram. “Mas esses exemplos ainda não foram comprovados a nível populacional”.

“Evolução paralela”

O novo estudo identificou uma tendência consistente no uso das patas esquerdas entre os cangurus cinzas, cangurus vermelhos e wallabies de pescoço vermelho – independentemente da forma como os animais se alimentavam, pulavam ou se limpavam.

Segundo Malashichev, pela primeira vez “não estamos sozinhos no Universo, somos dois – humanos e cangurus – destros e canhotos“.

Ele e a sua equipa sugeriram que a descoberta é um exemplo de “evolução paralela”, já que a tendência em usar um lado do corpo em detrimento do outro parece ter surgido em primatas, que pertenciam ao grupo dos mamíferos placentários, assim como nos marsupiais no novo estudo, mas não em animais próximos dos dois ramos da árvore evolutiva.

Os investigadores também argumentam que a postura é um fator importante. A tendência para o uso da pata esquerda era apenas observada em espécies que ficam de pé sobre as patas traseiras, usando as patas dianteiras com mais regularidade para outras tarefas que não andar.

De modo semelhante, sugerem os investigadores, a transição para uma postura ereta talvez tenha sido a chave para que os primatas desenvolvessem a preferência manual.

Ainda não se sabe, contudo, se há aspectos específicos do cérebro dos marsupiais que permitiram o desenvolvimento da preferência manual – e se esses fatores podem explicar porque é que os cangurus, diferentemente dos humanos predominantemente destros, tendem a ser canhotos.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Benfica, FC Porto e Sporting têm dívida superior a mil milhões de euros

No total, Benfica, FC Porto e Sporting terminaram a época passada com um passivo de 1,118 mil milhões de euros — menos 27 milhões de euros comparativamente à temporada de 2017/18. Os "três grandes" do futebol …

Tribunal de Contas chumba contrato para manter cabines telefónicas

O Tribunal de Contas chumbou o acordo do Governo com a Meo para prolongar o contrato que mantém a funcionar as 8.222 cabines telefónicas no país. A extensão do contrato custaria 2,5 milhões de euros ao …

Vaiado em Boticas, Galamba diz que foi obrigado a dar concessão de exploração de lítio

Depois de ter sido recebido com protestos em Boticas, devido à exploração do lítio, o secretário de Estado Adjunto e da Energia, João Galamba, assegurou que o Governo foi obrigado a dar a concessão, em …

Juventus quer esquecer drama com Ronaldo, mas colegas esperam pedido de desculpas

A Juventus vai reunir-se com Cristiano Ronaldo para resolver a situação da forma mais pacífica possível. Os colegas de equipa esperam um pedido de desculpas do português. A novela de Cristiano Ronaldo no último jogo da …

A cidade do futuro está a chegar. Volocopter promete táxis voadores já em 2022

A empresa alemã Volocopter prometeu na Web Summit que os seus táxis aéreos estarão a operar de forma comercial dentro de dois ou três anos. Em declarações ao ZAP, Alexander Zosel, co-fundador da empresa, disse …

João Mário dispensado dos trabalhos da seleção por lesão

O médio, um dos 25 convocados para os duelos de Portugal com Lituânia e Luxemburgo, de apuramento para o Euro 2020, foi dispensado da seleção nacional, esta segunda-feira, devido a problemas físicos. De acordo com uma …

12 mil anos de história genética mostram que todos os caminhos vão (mesmo) dar a Roma

Afinal, pode haver alguma verdade no famoso provérbio que diz que "todos os caminhos vão a Roma". Essa é a conclusão de investigadores que descobriram a rica história genética da área. No auge do Império Romano, …

Nuno Manta Santos anuncia saída do Marítimo

Nuno Manta Santos deixou de ser o treinador do Marítimo, anunciou, esta segunda-feira, o técnico na sua página do Facebook, deixando a equipa insular no 14.º lugar da I Liga portuguesa de futebol. A saída do …

Marcelo nota "salto" nas relações com Itália mas deixa um desafio à comunidade portuguesa

Esta segunda-feira, em Roma, o Presidente da República considerou que houve "um salto humano" nas relações luso-italianas e um "estreitamento" em termos culturais, económicos e políticos, mas pediu à comunidade portuguesa para "ir mais longe". "Agora …

Falta de funcionários. Brandão Rodrigues responsabiliza algumas escolas por atraso no processo

O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, lembrou que algumas escolas demoraram a iniciar o processo de contratação de funcionários, garantindo que atualmente há muito mais assistentes e novas formas de colmatar as necessidades dos …