Cientistas criaram moto-serra com dentes de tubarão (e não é um filme de terror)

Katherine A. Corn et All

Lâmina com dentes de um tubarão Bluntnose Sixgill

Uma equipa de cientistas norte-americanos resolveu criar uma moto-serra com dentes de tubarão para tentar perceber como é que estes temidos predadores caçam. Uma experiência sui generis que mais lembra uma qualquer trama cinematográfica de terror.

Com o sentido de analisar as capacidades de corte de diferentes dentes de tubarão, uma equipa de investigadores colou dentes de quatro espécies diferentes destes predadores a uma moto-serra, que testaram depois em pedaços de salmão cru.

Partiram do conhecimento de que os tubarões agarram a presa de boca aberta, depois de a caçarem, e abanam a cabeça para despedaçar o seu corpo.

Assim, criaram um mecanismo que permitiu reproduzir esse movimento em laboratório, graças ao contributo do metalúrgico Jeffrey Brash, e criaram quatro moto-serras para a experiência – uma com dentes do tubarão-albafar (Hexanchus griseus), outra com dentes do tubarão-tigre (Galeocerdo cuvier), uma terceira com dentes do tubarão-galhudo (Carcharhinus plumbeus) e a quarta com dentes do tubarão-seda (C. falciformis).

No estudo publicado no jornal Royal Society Open Science, nota-se que os dentes mais afiados dos tubarões-tigre, dos tubarões-seda e dos tubarões-galhudo se desgastaram rapidamente, enquanto os dentes menos afiados dos tubarões-albafar revelaram menos desgaste com o tempo.

Katherine A. Corn et All

Exemplos das lâminas da moto-serra com dentes de tubarão.

Exemplos das lâminas da moto-serra com dentes de tubarão.

Os dentes dos tubarões-albafar “mostraram capacidades de corte mais pobres em comparação” com os outros três tipos de tubarões, “mas também não mostraram desgaste com o uso repetido”, sublinham os investigadores.

“Alguns dentes podem estar mais optimizados para cortar muito bem, mas desgastam-se depressa. E outros podem não cortar tão bem, mas não se desgastam tão depressa”, releva Stacy Farina, especialista em biologia evolutiva e de organismos na Universidade de Harvard, em declarações ao Live Science.

Farina refere desta forma, que pode haver uma espécie de compensação entre a capacidade de corte do dente e o desgaste.

A maioria dos tubarões substitui os dentes de forma bastante rápida e os investigadores acreditam que é possível que os que têm os dentes afiados, os mudem mais frequentemente. Mas esse é um assunto para posteriores investigações.

SV, ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Se estão mais afiados são mais finos nas pontas logo têm de se desgastar mais rápido… Penso eu de que… Mas eles é que são os cientistas.

RESPONDER

TilTok anuncia acordo com Oracle e Wallmart e adia proibição nos EUA

A aplicação TikTok, detida pela sociedade chinesa ByteDance e ameaçada de ser proibida nos Estados Unidos, anunciou este domingo um acordo de princípio com a Oracle, como parceiro tecnológico, e com a Walmart, em termos …

As gaivotas são inoportunas? Saiba que as suas fezes podem valer mil milhões de dólares

Afinal, as gaivotas podem ser animais bem mais interessantes do que aquilo que a maioria das pessoas pensa. É que as suas fezes são muito valiosas e os seus nutrientes fertilizam campos agrícolas e recifes …

Super-vulcão Yellowstone registou 91 terramotos em apenas 24 horas

Os vulcanólogos têm andado atentos ao super-vulcão localizado no Parque Nacional de Yellowstone, nos Estados Unidos. O Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS) relatou recentemente a ocorrência de 91 terremotos em apenas 24 horas. Estes …

Cartoonista alemão Frank Hoppmann é o vencedor do 15.º World Press Cartoon

O 'cartoonista' alemão Frank Hoppmann, com a caricatura do primeiro-ministro britânico Boris Johnson, é o vencedor da 15.ª edição do World Press Cartoon, foi hoje anunciado nas Caldas da Rainha, na cerimónia de entrega de …

Pequena e funcional. Assim se carateriza a Tiny House (que ainda evita dores de joelhos)

Esta pequena casa móvel pode ser a solução que procura. Devido à sua arquitetura dinâmica é ótima para pessoas com problemas de articulações e que sofrem com dores joelhos, pernas cansadas ​​ou dores nas costas. Hoje …

Chama-se Elios, é um drone e vai explorar as profundezas das cavernas de gelo da Gronelândia

Elios é o drone que está a ajudar os investigadores a descobrirem mais sobre os mistérios da Gronelândia. Inserido numa estrutura própria, tem explorado as cavernas de gelo, facilitando assim o acesso a locais mais …

Milhares de pássaros migratórios estão (misteriosamente) a morrer no Novo México

Um elevado número de pássaros migratórios está a morrer em todo o Novo México, numa misteriosa mortalidade em massa que está a preocupar os cientistas. Estima-se que o número de pássaros mortos seja de centenas de …

Crianças inspiram Lego a livrar-se de todas as embalagens de plástico

As peças da Lego podem acabar no oceano durante mais de mil anos, mas os fabricantes dinamarqueses estão a tentar tornar a empresa ecologicamente correta. Na sua última promessa, a Lego vai começar a usar sacos …

Uma cidade chamada "amianto" está a tentar mudar o nome (e a discussão tornou-se tóxica)

Há uma cidade no Canadá chamada Asbesto - um material de construção altamente tóxico. Os habitantes da cidade não estão felizes com este nome, mas a sua mudança também não está a ser fácil. De acordo …

FC Porto 3-1 Braga | Entrada de “dragão”

O FC Porto iniciou a defesa do título nacional com uma vitória importante sobre o Sporting de Braga por 3-1. Os minhotos marcaram primeiro no Dragão, por um ex-portista, mas os descontos do primeiro tempo foram …