Cientistas criam pele artificial que reage ao frio e ao calor

Um grupo de engenheiros e cientistas do Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech), nos Estados Unidos, desenvolveu uma pele artificial que é sensível ao calor e ao frio.

Os cientistas inspiraram-se no modo como as cobras percebem a aproximação das presas, e criaram uma espécie de sensor de calor. O revestimento flexível e transparente é feito de pectina, um material gelificante, e hidrogel.

Até agora, o material consegue detetar apenas variações de temperatura entre 5ºC e 50ºC, mas os especialistas pretendem aumentar o limite de sensibilidade para até 90ºC.

Luca Bonanomi, um dos autores do artigo, explica que quando a pele é danificada, a capacidade de deteção de calor é reduzida ou até mesmo completamente perdida – e este novo material pretende arranjar uma solução.

“O desafio por trás da engenharia de peles eletrónicas artificiais é restaurar, em próteses, a sensação de pressão, contacto e temperatura, para permitir uma melhor interação com o mundo”, adiantou o especialista.

Segundo o estudo divulgado na revista Science Robotics, para além de poder ser utilizado em intervenções médicas, o novo produto poderá também ser usado para aperfeiçoar tarefas executadas por robôs.

Para os especialistas, “tal como as cobras usam essa capacidade de deteção térmica para detetar as suas vítimas, os robôs poderão detetar quando há humanos por perto e tomar as precauções adequadas”.

A ideia é aplicar a pele artificial como um revestimento sobre o corpo inteiro de um robô, gerando uma “visão térmica” de 360º, de modo a que os robôs possam andar sem esbarrar contra as pessoas ou até mesmo localizar humanos debaixo de escombros.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Vulcão Kilauea provoca nuvem de gases ácidos e farpas de vidro

O vulcão Kilauea está a originar um novo perigo para a população da zona, devido às nuvens de gases ácidos, vapor e de partículas semelhantes ao vidro que estão a ser causadas pela chegada da …

Estudar música ou falar mais do que uma língua torna o cérebro mais eficiente

Uma equipa de cientistas do Centro de Cuidados Geriátricos de Baycrest, no Canadá, realizou uma investigação e concluiu que músicos bilingues têm um cérebro mais eficiente. Cientistas do Centro de Cuidados Geriátricos de Baycrest, no Canadá, …

Gel inteligente "caminha" e move objetos debaixo de água

Uma equipa de engenheiros criou um gel inteligente impresso em 3D capaz de caminhar debaixo de água, agarrar e mover objetos. O produto tem potencial em engenharia biomédica por ser semelhante a tecidos do corpo …

Ferramentas de madeira encontradas em Espanha eram de neandertais

Não é muito comum encontrarem-se na Europa ferramentas de madeira associadas a neandertais. Os instrumentos encontrados em Espanha têm cerca de 90 mil anos e as ferramentas de madeira descobertas em Itália têm cerca de …

600 anos e 4 terramotos: cientistas desvendam como é que a Torre de Pisa ainda continua em pé

Era um mistério que há anos intrigava engenheiros: como é que a Torre de Pisa consegue resistir a terremotos estando tão inclinada? Com 58 metros de altura, o campanário da catedral da cidade italiana de Pisa …

Descoberto primeiro asteróide extrassolar que se fixou no Sistema Solar

Cientistas descobriram o primeiro asteróide extrassolar que se fixou no Sistema Solar, na órbita de Júpiter, revela um estudo publicado esta segunda-feira. O "2015 BZ509", com origem fora do Sistema Solar, está 'aninhado' na órbita de …

"Não sejas malvado". Google apagou o seu popular lema do código de conduta

A gigante tecnológica eliminou do código de conduta que distribui aos seus funcionários o popular lema "Bon't Be Evil", "não sejas malvado", que fazia parte da cultura da empresa desde os anos 2000. O lema não …

Prisão preventiva para todos os agressores de Alcochete

O juiz de instrução criminal do Tribunal do Barreiro decretou, esta segunda-feira, a medida de coação de prisão preventiva a todos os 23 arguidos detidos na sequência das agressões na Academia do Sporting, em Alcochete. Num …

12 anos depois, nasceu o primeiro bebé na ilha onde é proibido nascer

Este fim de semana, uma brasileira deu à luz uma bebé, na remota ilha de Fernando de Noronha onde, por falta de de estrutura hospitalar, os nascimentos não são autorizados. O arquipélago Fernando Noronha, no Brasil, …

Sem-abrigo multados e detidos por pedirem esmola e dormirem na rua

O número de pessoas em situação de sem-abrigo que estão a ser multadas, condenadas e presas por mendigar ou dormir nas ruas é cada vez maior em Inglaterra e no País de Gales. Em relação a …