Novo nano-chip ao estilo de “Star Trek” pode regenerar órgãos e curar lesões

Cientistas da Universidade do Estado de Ohio, EUA, criaram uma tecnologia que pode criar células de qualquer tipo no corpo do paciente para libertar processos de regeneração de órgãos e tecidos, e tudo através de um único toque, informa o site da instituição de ensino.

A tecnologia, chamada “nanotransfeção de tecido” permite criar “elementos de qualquer órgão” danificado pela aplicação de um pequeno microchip para a área lesionada.

O processo demora menos de um segundo e é não-invasivo: o paciente apenas sente uma pequena carga eléctrica que liberta a transformação de uma célula de um tipo para outro.

O microchip já foi testado com sucesso em cobaias e os cientistas pretendem pretendem iniciar testes em humanos em 2018.

Os investigadores acreditam que a tecnologia, divulgada na Nature Nanotechnology, pode ser usada como uma arma contra doenças neurológicas, como Alzheimer e Parkinson.

“Ao usar a nossa tecnologia inovadora, os órgãos comprometidos podem ser substituídos. Conseguimos mostrar que a pele é uma terra fértil onde podemos cultivar os elementos de qualquer órgão que está em declínio”, destacou Chandan Sen, especialista em medicina regenerativa da Universidade Estadual de Ohio.

Segundo o Daily Mirror, “esta descoberta parece ficção científica”, visto que nos filmes Star Trek as personagens usam um dispositivo chamado “regenerador dérmico” para curar instantaneamente queimaduras e cortes.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

ONU prepara projeto contra reconhecimento pelos EUA de Jerusalém como capital de Israel16

Um projeto de resolução contra o reconhecimento pelos Estados Unidos de Jerusalém como capital de Israel está a ser preparado na ONU para demonstrar o isolamento dos norte-americanos no Conselho de Segurança. Os Estados Unidos da …

Último aviso da Cassini: se for a Saturno, leve guarda-chuva

Se está a pensar fazer uma viagem até Saturno deixamos um conselho: não se esqueça do guarda-chuva. Cientistas norte-americanos descobriram recentemente que os anéis de Saturno podem produzir uma espécie de chuva. A sonda Cassini viveu …

A bebé que nasceu com o coração fora do corpo sobreviveu

Uma bebé que nasceu com o coração fora do peito superou as expectativas que lhe davam menos de 10% de possibilidades de sobrevivência, e ultrapassou três cirurgias para resolver esta rara condição cardíaca. Vanellope Hope Wilkins …

Vieira da Silva implicado no escândalo Raríssimas

Paula Brito e Costa quis criar uma fundação, com o intuito de reforçar os seus poderes na associação Raríssimas. O pedido teve um parecer negativo, mas isso não a impediu de assinar um protocolo como …

PS contraiu mais um empréstimo e já deve 9 milhões de euros à banca

O PS contraiu, há cerca de duas semanas, mais um empréstimo bancário para fazer face às dificuldades financeiras que vem atravessando. O partido tem uma dívida à banca que ronda os 9 milhões de euros. A …

Casa dos Marcos corre o risco de fechar por falta de acesso às contas bancárias

Os trabalhadores da "Raríssimas" avisam que a associação está em risco de fechar por falta de acesso às contas bancárias e apelam ao primeiro-ministro para que envie uma direção idónea para permitir o seu funcionamento. A …

Rui Rio recebe 21 mil euros por ano da Ordem dos Contabilistas

Desde 2013, Rui Rio recebeu 1500 euros brutos mensais como vice-presidente da Assembleia Geral da Ordem dos Contabilistas Certificados (OCC). Por ano, são 21 mil euros ilíquidos: é esse o valor que o candidato à presidência …

Médicos Sem Fronteiras falam em 9 mil rohingyas mortos em apenas um mês

Pelo menos nove mil rohingyas morreram no Estado de Rakhine, em Myanmar, entre 25 de agosto e 24 de setembro, segundo investigações dos Médicos Sem Fronteiras em acampamentos de refugiados no Bangladesh. "Como 71,7% das mortes …

MAI dá à PSP uma semana para avaliar riscos de segurança na noite

A PSP tem até ao próximo dia 20 para realizar uma avaliação dos incidentes registados nos últimos dois anos em estabelecimentos de diversão noturna. Segundo o Diário de Notícias, a ordem de Eduardo Cabrita terá sido …

Três semanas depois, ainda não há pedidos de indemnização por mortes em incêndios

Passaram quase três semanas desde a abertura do processo de entrega de requerimentos, mas a Provedoria da Justiça ainda não recebeu nenhum pedido. A presidente da Associação das Vítimas do Incêndio de Pedrógão Grande (AVIPG) explica …