Cientista português procura vida em Marte. Missão passa por Cabo Verde e salinas de Aveiro

Um cientista português que lidera uma unidade de astrobiologia em Macau disse hoje à Lusa que está envolvido em projetos para descobrir vida em Marte, uma missão com paragens previstas em Cabo Verde e nas salinas de Aveiro.

“O meu papel e o da unidade de astrobiologia que foi recentemente criada (…) é informar (…) e preparar (…) as condições técnicas e laboratoriais necessárias para o sucesso de futuras missões chinesas à procura de vida em Marte e noutras partes do sistema solar”, explicou André Antunes.

Quase uma semana após Pequim lançar uma sonda para pousar no planeta vermelho, um projeto no qual está envolvida a Universidade de Ciência e Tecnologia de Macau (MUST), o professor associado da instituição sublinhou que a “missão é muito importante no âmbito da recolha de dados (…), nomeadamente a nível de gelo de água existente no subsolo” de Marte, até porque “a água é essencial para a vida como (…) a conhecemos”.

As restrições causadas pela pandemia de covid-19 atrasaram os trabalho de campo programados para Cabo Verde e Portugal, nas salinas de Aveiro, dois locais cuja escolha é explicada pelo cientista natural de Coimbra: “Tendo em conta que a água a existir em Marte será água com elevado conteúdo de sal, é essencial investigarmos ambientes com elevado conteúdo de sal também no nosso planeta”.

“Temos atualmente saídas de campo, recolhas de amostras programadas para Cabo Verde, interior da china, salinas em Aveiro, salinas que existem no interior de Espanha, porque todas elas têm condições que são extremamente interessantes e bastante úteis para o estudo de Marte”, salientou o responsável pela unidade de astrobiologia do Laboratório de Referência do Estado para a Ciência Lunar e Planetária da MUST.

Grande parte da investigação que se faz atualmente na astrobiologia tem a ver com o estudo de ambientes análogos, acrescentou André Antunes, que chegou a Macau no início de setembro, já com o projeto chinês de lançamento da sonda para explorar Marte numa fase final.

Ou seja, explicou, boa parte da investigação nesta área dedica-se a analisar “ambientes existentes na Terra que têm condições parecidas” àquelas que podem ser encontradas em Marte ou em outras partes do sistema solar”.

A pandemia de covid-19 “atrapalhou um bocadinho as obras de estabelecimento da unidade [de astrobiologia] e até do ponto de vista de programação de expedições científicas, recolha de amostras, contratação de novas pessoas”, mas a missão continua a ser crucial e será agendada assim que o novo coronavírus der tréguas, assegurou.

A MUST está envolvida na missão chinesa que vai explorar Marte, após Pequim lançar na quinta-feira uma sonda para pousar no planeta vermelho.

Neste momento, o laboratório para a Ciência Popular e Planetária na universidade tem em mãos 11 projetos de investigação em Marte, concluídos ou em desenvolvimento, e vai continuar envolvido nos trabalhos de exploração relacionados com a exploração do planeta, espaço e vida extraterrestre.

O laboratório vai continuar envolvido nos trabalhos sobre a estrutura interna de Marte, as reservas de água congelada, ambiente à superfície e espacial, bem como investigação sobre vida extraterrestre.

Os investigadores da universidade trabalharam na topografia e geomorfologia de Marte. E uma série de investigações foram conduzidas sobre exploração, astrobiologia, radiação, atmosfera e poeira (formada por tempestades de areia), estrutura interna, campo magnético e ambiente espacial.

Em particular, sublinhou a MUST, a investigação sobre a atmosfera marciana e o clima assolado pela poeira é de grande importância para garantir a exploração segura do veículo espacial marciano.

A MUST conta desde o final de 2019 com um Centro de Ciência e Exploração Espacial da Administração Espacial Nacional, no âmbito de um acordo de cooperação de desenvolvimento científico e tecnológico assinado em dezembro de 2019 entre aquela entidade chinesa e o Governo de Macau.

Um ano antes, o Ministério da Ciência e Tecnologia já tinha aprovado o estabelecimento do Laboratório Estatal de Ciências Lunares e Planetárias.

A China lançou na quinta-feira a sua mais ambiciosa missão a Marte, numa tentativa de pousar com sucesso uma sonda no planeta vermelho, feito alcançado apenas pelos Estados Unidos até à data.

  // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

O segredo da Coreia do Sul para combater a covid-19? Tecnologia de ponta e toque humano

O sucesso da Coreia do Sul a combater a pandemia de covid-19 não assentou apenas no recurso à tecnologia de ponta — também envolveu o tradicional toque humano. De acordo com um recente relatório da Câmara …

Governo: voto contra do Bloco é "definitivo". Marcelo diz que chumbo provoca dissolução

O Governo afirmou este domingo que entendeu o anúncio de voto contra por parte do BE como “uma posição definitiva”, remetendo eventuais novas negociações com este partido para a fase da especialidade do Orçamento do …

Soldados do exército chinês alinhados.

Chinesas querem "empregos de homem" — mas o sistema educacional corta-lhes as asas

Várias escolas, academia e universidades chinesas impõe cotas que limitam o acesso de estudantes do sexo feminino. Mulheres têm de tirar notas mais altas do que os homens para entrar. Um pouco por todo o mundo …

"A Escola de Atenas", quadro de Rafael Sanzio.

Ideias da filosofia grega podem ter-nos conduzido às alterações climáticas

Algumas das ideias defendidas por antigos filósofos gregos podem ter conduzido a civilização rumo às alterações climáticas. Incêndios florestais causados por ventos crescentes e um calor sem precedentes cercaram Atenas, Grécia, no verão passado, cobrindo os …

Vizela 0-1 Benfica | Milagre de São Rafa no último suspiro

A ressaca pós-goleada frente ao Bayern, na Liga dos Campeões, foi difícil para o Benfica. Os comandados de Jorge Jesus sentiram muitas dificuldades frente a um Vizela que sabia que o seu adversário iria patentear …

Otoniel, o camponês paramilitar (e criminoso mais procurado da Colômbia) foi capturado

O governo da Colômbia anunciou este sábado a captura do narcotraficante mais procurado do país, Dairo Antonio Úsuga (com a alcunha de 'Otoniel'), por quem os Estados Unidos ofereciam uma recompensa de cinco milhões de …

"Tratam as doentes como histéricas". O longo caminho da Medicina até levar a sério a dor feminina está a custar vidas

Muitos dos avanços na medicina tiveram apenas metade da população em conta. Para além da falta de representação das mulheres nos estudos médicos, a dor e os relatos das pacientes são muitas vezes desvalorizados nas …

Bloco faz ultimato: vota contra o OE se até 4ª feira o Governo "insistir em impor recusas"

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, avisou este domingo que o BE votará contra o orçamento se até quarta-feira “o Governo insistir em impor recusas onde a esquerda podia ter avanços”, mantendo, no …

Nova faca de madeira é três vezes mais afiada do que as de aço - e pode ser lavada após ser usada

Através do uso de métodos alternativos, uma equipa de cientistas criou uma nova forma endurecida da madeira que pode ser transformada em facas afiadas. A equipa da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, refere que as …

Áustria planeia confinar quem não estiver vacinado contra covid-19

O governo austríaco anunciou que, se ocupação de camas de Unidades de Cuidados Intensivos com pacientes covid-19 atingir nível crítico, pessoas não imunizadas poderão sair de casa apenas em casos excepcionais, como compras essenciais e …