Cientista confirma, as alterações climáticas são provocadas pelo Homem

Nos últimos tempos, muitos têm sido os debates em torno das alterações climáticas. De um lado, estão os que rejeitam qualquer responsabilidade dos humanos, alegando que as mudanças climáticas são naturais e cíclicas. O outro lado, que inclui a maior parte da comunidade científica, defende que o Homem é o grande responsável pelo aquecimento global.

Shaun Lovejoy, um físico da Universidade de McGill, em Montreal, no Canadá, acredita ter resolvido esta questão. De acordo com a sua investigação, a possibilidade de as alterações climáticas serem provocadas por causas naturais é de menos de um por cento.

Para chegar a esta conclusão, Lovejoy aplicou métodos estatísticos para calcular a probabilidade de o aquecimento global poder ser causado por variações climáticas da terra.

Para saber a extensão da variabilidade antes de a intervenção humana ter implicações na natureza, e para analisar as flutuações do clima ao longo dos anos, o responsável pelo estudo recolheu dados sobre os níveis de temperatura em meados do ano de 1880 – altura em que terão tido início as variações climáticas na Terra.

Estes estudos envolveram uma série de análises a factores naturais, como núcleos de gelo, anéis de árvores e sedimentos de lagos.

Relativamente à era industrial, Lovejoy incorporou na sua análise os níveis de dióxido de carbono produzido por combustíveis fósseis, como factor representativo da intervenção do Homem na natureza.

Embora esta pesquisa não utilize qualquer modelo de computador, como a maioria dos estudos sobre sobre esta matéria, os seus resultados estão em linha com as conclusões do Painel Internacional sobre Mudanças Climáticas.

No estudo, Lovejoy prevê, com 95 por cento de confiança, que um aumento de 50 por cento de emissões de dióxido de carbono vai causar um aumento da temperatura entre os 2,5 e os 4,2 graus Celsius no planeta.

CG, ZAP

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. “Cientista confirma, as alterações climáticas são provocadas pelo Homem” e não é que este titulo está completamente certo??!!!
    – Por acaso, para além do “homem”, algum outro animal – ou ser vivente – domina e pratica as técnicas da Manipulação Climática, isto é: a GeoEngenharia Climática???

    Outra verdade: “De acordo com a sua investigação, a possibilidade de as alterações climáticas serem provocadas por causas naturais é de menos de um por cento.”
    – Como é óbvio, o cientista estava a referir-se ao H.A.A.R.P e a outras Manipulações Climáticas…. mas, esqueceu-se de dizer….
    A assim vamos andando… com o Zé Povinho a adorar ser enganado.
    Assim “é que é porreiro, pah!”… porque, deste modo, os “cachorrões” grandes continuam a fazer apenas o que lhes apetece em benefício dos seus interesses políticos e económicos…
    Estamos em pela Guerra Climática… mas, soma e segue mais do mesmo…. até ver….
    assinado: Maria da maia

    • Nada como uma “boa” teoria conspiração para entreter a malta “desocupada”!!
      Para quem não for muito exigente, essa da “Manipulação Climática, está boa!…

  2. “xutando” para canto: trá-lá-lá-lá-lá….trá-lá-láaaa….. lá-lá-lá….
    assinado: Maria da Maia
    (finalmente identificando quem é a desocupada personagem: “Eu!” 🙂 🙂
    enfim… à falta de melhor, haja paciência!!!….)

RESPONDER

Conquistadores espanhóis usaram técnicas indígenas para construir as suas armas

Um novo estudo concluiu que os invasores espanhóis foram obrigados a aprender com os indígenas da Mesoamérica sobre a produção de cobre. Descobertas arqueológicas em El Manchón, no México, apoiam a ideia de que invasores espanhóis, desesperados …

Açambarcamento de medicamentos por Portugal? "É um total absurdo", diz Infarmed

O Infarmed - Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde reagiu à acusação feita por uma organização belga, que dizia que Portugal está a fazer um armazenamento excessivo de medicamentos essenciais para o tratamento …

Descoberto âmbar com 40 milhões de anos com duas moscas a acasalar

Há 40 milhões de anos, no supercontinente Gonduana, duas moscas que se encontravam a acasalar viram-se, inesperadamente, numa situação complicada. De alguma forma, este par de moscas de pernas longas (Dolichopodidae) ficou preso na seiva pegajosa …

40 marinheiros do porta-aviões Charles de Gaulle com sintomas de covid-19

Quarenta marinheiros do porta-aviões francês Charles de Gaulle apresentaram recentemente "sintomas compatíveis" com os da infeção pelo novo coronavírus e estão sob "observação médica reforçada", anunciou o Ministério da Defesa. "A partir de hoje, uma equipa …

Medidas para as prisões, apoios às empresas, suspensão de tarifas. Parlamento discute mais de 100 iniciativas

Medidas excecionais para prisões e banca, mais apoios às empresas ou à cultura ou a suspensão de propinas e das tarifas de gás e luz são alguns dos temas que vão passar esta quarta-feira pelo …

Trump tem "interesse financeiro" em farmacêutica que produz hidroxicloroquina (a sua "cura" para a Covid-19)

Donald Trump falou da hidroxicloroquina como uma potencial "cura milagrosa" para a Covid-19, apesar das recomendações contrárias de especialistas e da falta de estudos científicos válidos que confirmem os benefícios da substância. O The New …

Restos de bombas atómicas revelam longa vida dos tubarões-baleia

Cientistas estão a determinar a esperança de vida do maior peixe dos oceanos com a ajuda de testes de bombas atómicas realizados durante a Guerra Fria, entre os anos 50 e 60. Em perigo de extinção, …

Telescópio russo apanha o despertar de um buraco negro

O telescópio russo ART-XC do observatório espacial Spektr-RG detetou uma fonte brilhante de raios-X no centro da Via Láctea, que acabou por revelar ser o "despertar" do buraco negro 4U 1755-338. A descoberta ocorreu no passado …

O cometa interestelar 2I/Borisov partiu-se em dois

O cometa interestelar 2I/Borisov, o primeiro do seu tipo a ser descoberto em agosto do ano passado, começou a dividir-se em duas partes na semana passada. As imagens contínuas do telescópio espacial Hubble do objeto interestelar …

Estudo estima 471 mortes em Portugal até agosto (e que o pico foi atingido a 3 de abril)

De acordo com as estimativas do estudo, cerca de 151.680 pessoas vão morrer na Europa durante a "primeira vaga" da doença. Um estudo divulgado esta terça-feira nos Estados Unidos estima que a covid-19 venha a provocar …