Cidade italiana promete hotel grátis se chover durante as férias

A cidade italiana de Pesaro, na costa do Mar Adriático, quer atrair turistas com uma oferta ousada: a câmara municipal garante que dá alojamento gratuito para quem tiver as férias estragadas por causa das chuvas contínuas na região.

A ideia de compensar os turistas privados dos dias de praia devido ao mau tempo partiu do presidente da câmara, Matteo Ricci, que fez uma parceria com a associação hoteleira de Pesaro e uma grande empresa de seguros italiana.

Segundo a autarquia, quem se hospedar num hotel da cidade e apanhar pelo menos três dias seguidos de chuva nos próximos meses de julho e agosto, no auge do verão, terá direito a um fim de semana no mesmo hotel em setembro e outubro deste ano ou em maio e junho de 2016.

Com esta garantia, a cidade à beira-mar quer atrair turistas preocupados com o mau tempo que às vezes atinge a região nos meses de verão.

Época alta mais tempo

No ano passado, durante o mês de agosto – o preferido pelos italianos para tirar férias – choveu imenso em Pesaro. As praias ficaram desertas e os hóspedes ressabiados.

Já na altura o presidente da câmara experimentou algo diferente: prolongou o verão por decreto. A autarquia esticou a época alta até 15 de outubro, obrigando os hotéis, bares e restaurantes a ficarem abertos.

Agora, com esta nova garantia, Matteo Ricci espera atrair mais visitantes para a cidade portuária com cerca de 90 mil habitantes, cujo faturamento com turismo equivale a apenas 7% do PIB local. Na conhecida cidade de Rimini, apenas 40km ao norte de Pesaro, essa fatia sobe para 70%.

Entrelinhas

No entanto, convém ler as entrelinhas antes de reivindicar um fim de semana grátis em Pesaro por causa da chuva.

Segundo as regras impostas pela autarquia e também pela seguradora que cobrirá parte dos custos, os turistas só serão compensados se cair um mínimo de três milímetros de chuva por metro quadrado durante três dias consecutivos.

Essa quantidade de chuva deve cair entre as dez da manhã e as quatro da tarde. “Se chover mais cedo ou mais tarde as pessoas podem fazer outra coisa e não precisam necessariamente ir à praia”, argumenta o presidente da câmara.

De acordo com a associação italiana de hotelaria, esta iniciativa é “única em Itália”. Noutros países, como França e Estados Unidos, as companhias de seguros prometem um montante fixo de dinheiro como compensação pelos dias chuvosos.

Já em Pesaro, o turista é convidado a voltar para aproveitar – gratuitamente – uns dias ensolarados na cidade.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Países reinventam turismo. No México, hotéis oferecem 2 noites por cada 2 pagas

A pandemia de covid-19, que já matou mais de 350 mil pessoas em todo o mundo, pôs travão ao turismo mas já há países que preparam a retoma do setor com muitas ofertas e até …

Mais de mil condutores ficaram sem carta por perda de pontos

Mais de mil condutores ficaram sem carta de condução por perderem pontos, avança o Jornal de Notícias, dando conta que quase 300 pessoas tiveram que voltar à escola de condução para voltarem a ter permissão …

Confinado num hotel de luxo, funcionário abre 1400 torneiras a cada cinco dias

O diretor de engenharia do hotel W Barcelona, em Espanha, está a viver sozinho no estabelecimento turístico para garantir o seu pleno funcionamento até ao dia da reabertura. No âmbito das medidas impostas pelo Governo espanhol para …

Prisão preventiva para suspeito de matar estudante de psicologia em Lisboa

O suspeito de matar a estudante universitária de psicologia Beatriz Lebre, de 23 anos, ficou em prisão preventiva, depois de presente a primeiro interrogatório judicial, em Lisboa, disse à agência Lusa o advogado do arguido. Miguel …

BPI quer cobrar dívida de quase 5 milhões ao marido de Isabel dos Santos

O BPI interpôs um processo no Tribunal do Funchal, na Madeira, para cobrar uma dívida de 5 cinco milhões de euros ao marido da empresária Isabel dos Santos. A notícia é avançada este sábado pelo Diário …

Mais 13 mortes e 257 infetados. Região de Lisboa concentra 90% dos novos casos

Portugal regista este sábado 1.396 mortes relacionadas com a covid-19, mais 13 do que na sexta-feira, e 32.203 infetados, mais 257, segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde. Registou-se um aumento de 0,8% no …

Recibos verdes e sócios-gerentes já podem pedir apoio relativo a maio

O formulário para os trabalhadores independentes e sócios-gerentes pedirem o apoio criado no âmbito da pandemia covid-19, relativo a maio, fica hoje disponível na Segurança Social Direta, podendo ser entregue até 9 de junho. O prazo …

Director nacional da PJ defende "recompensa garantida" para Rui Pinto

O director nacional da Polícia Judiciária (PJ), Luís Neves, realça a colaboração de Rui Pinto como tendo sido essencial para apurar a "verdade material" no caso de pirataria informática que o envolve e defende, por …

Lufthansa aceita condições do resgate. Vai ceder aviões e perder "slots"

O Governo da Alemanha e a Comissão Europeia (CE) chegaram a um acordo sobre o resgate da Lufthansa e que poderá evitar a falência da companhia aérea, anunciaram, na sexta-feira, fontes próximas das negociações e …

Chipre vai pagar despesas das férias a turistas que ficarem infetados no país

O Chipre vai pagar o custo das férias aos turistas que testaram positivo depois de viajarem para o país. Entre as despesas está o alojamento, a alimentação e os medicamentos. O Chipre comprometeu-se a pagar todas …