China deporta turistas por verem vídeo “de instigação ao terrorismo”

A China deportou 20 turistas do Reino Unido, Índia e África do Sul que tinham sido detidos na Mongólia Interior por supostamente terem visualizado “um vídeo de instigação ao terrorismo e ao extremismo religioso”, confirmaram as autoridades.

A imprensa oficial chinesa publica hoje que os turistas foram libertados, sem acusação, depois de uma semana num centro de detenção, e devolvidos aos respetivos países de origem.

Segundo a polícia, os estrangeiros, numa viagem de 47 dias organizada por uma operadora turística chinesa, viram um documentário nos seus quartos de hotel e depois de alguns terem ido embora o resto “começou a ver vídeos de instigação ao terrorismo”.

As autoridades asseguraram que a polícia encontrou vídeos idênticos num telemóvel de um dos turistas, o sul-africano Hoosain Ismail Jacobs.

Um comunicado publicado pela família Jacobs oferece outra versão, assinalando que as detenções ocorreram “por um infeliz mal-entendido”.

Diz a nota que o grupo viu um documentário de Genghis Khan “para aumentar os seus conhecimentos sobre a região em que se encontravam – Mongólia Interior – e isso pode ser entendido de forma errónea como material de propaganda”.

“Apenas se pode perceber que foram os funcionários com pouca experiência que levaram a cabo a detenção inicial, os quais cometeram um erro devido, quiçá, ao seu desconhecimento de inglês. A família Jacobs agradece às autoridades de alto nível de Pequim a sua forma de resolver o desafortunado erro”, refere o mesmo comunicado, em que se recorda que nenhum membro do grupo tem antecedentes criminais.

As detenções foram feitas no aeroporto de Ordos, pouco antes de o grupo embarcar num avião a caminho do destino seguinte, Xian.

O grupo, composto por nove britânicos, dez sul-africanos e um indiano, de religião muçulmana, cristã e hindu, começou a viagem em Hong Kong e tinha previsto terminá-la em Xangai.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Arcebispos de Barcelona ajudaram padre acusado de abusos a fugir à polícia

O padre Senabre, acusado de ter abusado de um menor de 13 anos, esteve desaparecido por mais de 25 anos. Foi agora encontrado no Equador e o seu caso está a ser investigado pelo Vaticano …

Problemas de direitos humanos persistem em Portugal apesar dos progressos

O mais recente relatório da Amnistia Internacional sobre direitos humanos indica que em Portugal “ainda persistem” desigualdades no acesso a habitação condigna, e diferentes formas de discriminação de pessoas e comunidades mais vulneráveis. O documento divulgado …

Theresa May adia votação do Brexit

A primeira-ministra britânica, Theresa May, confirmou, esta segunda-feira à tarde, perante o parlamento britânico, que será adiada a votação do acordo do Brexit agendada para esta terça-feira, dia 11. A decisão da primeira-ministra britânica procura evitar …

"Lobisomem da Sibéria". Maior assassino em série da Rússia era polícia e matou 78 mulheres

Um ex-polícia russo, já condenado a prisão perpétua pela morte de 22 mulheres, foi sentenciado esta segunda-feira na Sibéria por mais 56 homicídios, o que o torna no maior assassino em série da história recente …

Mais de 20 comboios vão ser suprimidos no Natal e Ano Novo

Mais de duas dezenas de ligações ferroviárias, entre Intercidades e Alfa-Pendulares, serão suprimidas nos dias 24, 25 e 31 de dezembro e 1 de janeiro de 2019, à semelhança de anos anteriores, devido à fraca …

Catalães devem seguir a via eslovena e estar "dispostos a tudo" para alcançar independência

Quim Torra disse este sábado que os catalães devem seguir o exemplo do processo de independência da Eslovénia e estar "dispostos a tudo". O presidente do governo regional da Catalunha, Quim Torra, disse este sábado que …

"Injustiça fiscal." Governo rejeita alterar IRS para salários de anos anteriores

O Governo recusou aceitar uma recomendação da Provedora de Justiça que pedia ao Executivo para atualizar o regime de IRS para rendimentos relativos a anos anteriores. No início de outubro, a Provedora da Justiça escreveu a …

Oito anos depois, pensionistas recebem subsídio de Natal por inteiro

Oito anos depois, os pensionistas recebem esta segunda-feira o subsídio de Natal por inteiro, sem cortes e no mês de dezembro. A maioria dos pensionistas da Segurança Social começa esta segunda-feira a receber a pensão de …

Carlos Ghosn, ex-presidente da Renault-Nissan, acusado por ocultar rendimentos

O Ministério Público japonês acusou oficialmente o ex-presidente da Nissan de ocultar rendimentos da empresa durante um período de cinco anos. De acordo com a agência Kyodo e o canal público NHK, o Ministério Público responsabiliza …

Casa onde Sócrates vive "pagou" salinas em Angola

O apartamento de luxo onde José Sócrates está a residir na Ericeira foi uma "dação em pagamento" de um empresário angolano ao primo do ex-primeiro-ministro, José Paulo Pinto de Sousa, que é suspeito de ser …