Chefe da diplomacia polaca visita Kiev a título “urgente” perante “ameaça” russa

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Polónia, Zbigniew Rau, viajou esta quinta-feira para Kiev a título “extraordinário e urgente” devido a “uma ameaça à paz nas fronteiras da Ucrânia”, de acordo com um comunicado do Governo polaco.

A visita de Rau, que inclui uma reunião com o seu homólogo ucraniano, Dimitri Kulaba, não estava na agenda e foi anunciada através das redes sociais do Governo polaco, que distribuiu imagens da delegação diplomática na Ucrânia a visitar um monumento em homenagem às vítimas ucranianas da “agressão russa”.

“A Ucrânia tem o direito de se defender”, pode ler-se numa mensagem do Governo polaco no Twitter, que cita o chefe da diplomacia.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, por sua vez, descreveu a visita polaca como uma resposta ao convite de Kiev para se reunir e “prestar atenção especial às recentes ações desestabilizadoras da Rússia, incluindo a escalada (militar) no leste da Ucrânia e na Crimeia temporariamente ocupada, onde os russos têm agrupado tropas e aumentado a intensidade da propaganda”.

Segundo as autoridades ucranianas, durante a visita da delegação polaca será discutida ainda a cooperação no âmbito de organizações internacionais e regionais, como o Triângulo de Lublin – uma plataforma de cooperação formada pela Ucrânia, Polónia e Lituânia, que visa apoiar a integração de Kiev na União Europeia (UE).

As autoridades portuárias ucranianas decidiram restringir o trânsito marítimo civil no Mar Negro por tempo indeterminado a partir desta quinta-feira, devido à atividade militar na região, o que afetará as exportações de cereais de Odessa e pode levar a avultadas perdas económicas, já que a Ucrânia, que produz 57 milhões de toneladas por ano, é o segundo maior exportador de cereais do mundo.

O chefe do Estado-Maior das Forças Armadas da Ucrânia, general Ruslan Chomczak, disse na semana passada que a Rússia está a aumentar o seu efetivo militar na região de Donetsk, onde um cessar-fogo foi acordado em julho de 2020.

O Comando Europeu das Forças Armadas dos Estados Unidos (EUA) elevou seu estado de alerta para o nível mais alto, em 01 de abril, depois de o cessar-fogo no leste da Ucrânia ter sido violado e quatro soldados ucranianos terem sido mortos.

O confronto armado entre as forças ucranianas e rebeldes apoiados pela Rússia no leste da Ucrânia, que começou em 2014, já custou a vida de cerca de 14.000 pessoas, em sete anos, de acordo com a Organização das Nações Unidas.

Embora a Polónia e a Ucrânia tenham várias disputas históricas ainda relacionadas com a Segunda Guerra Mundial, Varsóvia tem sido a favor da integração dos seus vizinhos na UE, NATO e em outras organizações internacionais ocidentais.

A população de origem ucraniana é a maior comunidade estrangeira na Polónia, com cerca de dois milhões de pessoas, e o Presidente polaco, Andrzej Duda, disse, durante uma visita oficial a Kiev em 12 de outubro, que a soberania e a segurança da Ucrânia são uma questão fundamental para o seu país.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Biden prepara-se para reconhecer massacre arménio como genocídio

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Joe Biden, está a preparar-se para reconhecer formalmente os massacres arménios do início do século 20 como genocídio, cumprindo assim uma promessa que fez durante a sua campanha, decisão …

Football Leaks. Consultor de cibersegurança aponta para ataque único à Doyen

A intrusão no sistema informático da Doyen terá resultado de um único ataque conduzido por uma pessoa e não várias, defendeu na quarta-feira o consultor inglês de cibersegurança contratado pelo fundo de investimento, no julgamento …

Cavaco Silva volta a estar ausente das cerimónias do 25 de Abril

O ex-Presidente da República já informou que não vai marcar presença na cerimónia comemorativa dos 47 anos do 25 de Abril, este domingo, no Parlamento, por continuar "a respeitar as regras sanitárias". Fonte oficial do gabinete …

No dia da Terra, os líderes mundiais juntaram-se para "passar à ação"

A Casa Branca organizou uma Cimeira de Líderes sobre o Clima, que decorre de forma virtual e durante dois dias. Começou esta quinta-feira, dia em que se comemora o Dia da Terra, e junta cerca …

Detido em Itália homem que terá fornecido arma ao autor do atentado de Nice em 2016

Um homem que teria fornecido uma arma ao autor do atentado com um caminhão na cidade francesa de Nice, em 14 de julho de 2016, foi detido na Itália, anunciaram na quarta-feira vários veículos de …

"Invisibilidade" do LGBTI nos Censos é alvo de críticas

A Associação ILGA Portugal - Intervenção Lésbica, Gay, Bissexual, Trans e Intersexo e o Bloco de Esquerda estão a criticar os Censos 2021 devido à ausência de perguntas relacionadas com identidade de género, o que …

Rússia vai dar início à retirada de tropas perto da fronteira com a Ucrânia

A Rússia anunciou que vai iniciar, esta sexta-feira, a retirada das suas tropas concentradas perto da fronteira com a Ucrânia e na Crimeia anexada, referindo que os exercícios foram concluídos. "As tropas demonstraram a sua capacidade …

KPMG desconhecia problemas no BESA que justificassem reserva às contas

A KPMG Portugal afirmou, numa carta enviada à comissão de inquérito do Novo Banco, que desconhecia factos no BES Angola que pudessem levar a uma opinião com reservas às contas do BES. A KPMG Portugal desconhecia …

Ferro Rodrigues está "perfeitamente de acordo" com Marcelo sobre enriquecimento ilícito

O presidente da Assembleia da República (AR) concorda com o Presidente quanto à urgência de melhorar a lei contra o enriquecimento ilícito e diz que isso pode ser feito sem pôr em causa princípios constitucionais. Numa …

Índia regista subida drástica de infeções e mortes. EUA com 200 milhões de vacinas tomadas

O número de novas infeções pelo coronavírus dispararam na Índia, com a falta de preparação do Governo e a forma como a pandemia tem sido gerida apontadas como causas para a subida dos casos e …