//

O primeiro carro voador do mundo já pode acelerar na estrada

5

A empresa holandesa de carros voadores PAL-V anunciou esta semana que o Liberty passou nos testes de admissão para circulação em estradas europeias.

O Liberty, o produto comercial da PAL-V aclamado como o “primeiro carro voador do mundo”, foi colocado à prova em pistas de teste desde fevereiro com o objetivo de obter o certificado de circulação em estradas públicas. A empresa anunciou que o carro voador passou nos testes de admissão, concluindo com sucesso o extenso programa de testes.

“Temos cooperado com as autoridades rodoviárias para atingir este marco. A emoção que sentimos é enorme. Foi muito desafiador”, admitiu Mike Stekelenburg, CTO da PAL-V, em comunicado citado pelo Futurism.

O processo de homologação do modelo foi iniciado em fevereiro e seguiu o mesmo protocolo de um carro comum, que incluiu testes em alta velocidade dentro de autódromos, testes de freios e ensaios de ruído e emissões de poluentes.

O veículo, com quatro metros de comprimento e dois metros de largura e espaço para dois ocupantes, está equipado com um motor a gasolina para uso em solo de cerca de 100 cv, que permite atingir a velocidade máxima de 160 km/h. Em voo, um outro motor de 200 cv garante uma velocidade máxima de 180 km/h durante cerca de 500 quilómetros.

“É muito suave e responsivo à direção e com um peso de apenas 660 kg, o veículo acelera muito bem”, disse o piloto de testes Hans Joore. “A experiência geral é semelhante a um carro desportivo. É uma sensação sensacional.”

A licença recentemente obtida não permite que este veículo se assuma como uma alternativa para contornar o trânsito das cidades. Nos próximos meses, terá ainda de passar por testes de resistência em diversas estradas nacionais um pouco por toda a Europa.

Os responsáveis pelo projeto, que tem sido monitorizado pela Agência Europeia para a Segurança da Aviação (EASA), vão fazer as primeiras entregas aos clientes em meados de 2022.

  ZAP //

5 Comments

  1. “Carro voador” é um conceito imaginado como algo do regresso ao futuro ou quinto elemento. Menos do que isso continua a ser uma avioneta que anda na estrada. Tudo o resto é a tentativa de destruir os nossos sonhos de infância…

  2. ‘E mais lixo e inseguranca nas estradas… nao vejo nada de futuro…eu faria melhor se me dessem dinheiro e recursos…

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.