Carro rompe barreira de segurança do Parlamento em Londres. Suspeito detido

Facundo Arrizabalaga / EPA

A polícia britânica avançou que nenhum dos feridos corre perigo de vida

As autoridades britânicas estão a investigar um incidente ocorrido nesta manhã após um veículo ter batido contra as barreiras de segurança junto ao Parlamento, em Londres, no Reino Unido. O suspeito foi detido e não há registo de vítimas mortais.

A polícia ainda não avançou com o número exato de pessoas feridas na colisão de um carro contra as barreiras de segurança colocadas em frente ao Parlamento britânico, mas anunciou que nenhum dos feridos corre risco de vida.

Na sequência deste incidente e por questões de segurança foi encerrada estação de metro de Westminster, em Londres, segundo as forças de segurança.

Segundo a Scotland Yard, a estação foi encerrada por um alerta de segurança, tendo o trânsito também sido cortado numa grande área em torno do Parlamento britânico.

De acordo com as primeiras informações, alguns ciclistas foram atingidos pelo veículo, mas não correm risco de morte. Duas pessoas foram socorridas no local e levadas para o hospital, informou o Serviço de Ambulâncias de Londres.

A polícia metropolitana londrina informou, entretanto, que nenhum dos feridos no acidente corre risco de vida.

O motorista do veículo, cuja identidade ainda é desconhecida, foi detido no local após o incidente que ocorreu às 07:37, adianta a Scotland Yard.

“Às 07h37 de hoje, um carro colidiu contra as barreiras de segurança em frente ao Parlamento. O motorista, um homem, foi detido no local por agentes da polícia, vários peões ficaram feridos. Os agentes estão no local”, afirma a Scotland Yard em comunicado.

As autoridades britânicas afirmam que o homem com cerca de 30 anos que seguia ao volante da viatura está a ser investigado por suspeita de ato terrorista. A unidade anti-terrorismo da polícia metropolitana lidera a investigação ao caso.

Segundo a imprensa britânica, há cerca de dez veículos policiais no local e pelo menos três ambulâncias.

O edifício do Parlamento está cercado por barreiras de aço e betão depois do ataque perpetrado em março do ano passado por um homem que conduzia um veículo.

Nesse ataque, Khalid Masood atropelou várias pessoas na ponte de Westminster, perto do Parlamento, onde matou quatro pessoas, depois desceu e tentou entrar no prédio, onde matou com uma faca o agente da polícia Keith Palmer, recorda a Efe.

ZAP // Lusa / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Carrinha com 52 migrantes entra em Ceuta após derrubar barreiras fronteiriças

Uma carrinha com 52 migrantes rompeu, esta madrugada, as barreiras fronteiriças entre Marrocos e Espanha para entrar no enclave espanhol de Ceuta, incidente que a Guarda Civil espanhola já está a investigar. A carrinha lançou-se a toda …

Chef que renunciou à estrela Michelin espera sair do Guia em 2020

O chef Henrique Leis, que em julho renunciou à estrela Michelin que o seu restaurante detinha há 19 anos, afirma que o seu "compromisso com a Michelin acabou" e espera não ver renovada a distinção …

Morreu a fadista Argentina Santos

A fadista portuguesa morreu, esta segunda-feira, aos 95 anos de idade. As exéquias realizam-se, a partir das 17h00, na Basílica da Estrela, em Lisboa. A fadista Argentina Santos, que esta segunda-feira morreu aos 95 anos, despediu-se …

Governo apresenta queixa no Ministério Público contra 21 pedreiras

O ministro do Ambiente e da Ação Climática anunciou que 21 pedreiras, de um universo de 185, estão em incumprimento por falta de vedações, exigidas pelo levantamento do Governo, tendo sido apresentada queixa ao Ministério …

Adeus EDP Universal. Vem aí a SU Eletricidade, mas os preços não mudam

A EDP Serviço Universal vai deixar de existir a partir de 15 de Janeiro de 2020. Em seu lugar vai nascer a SU Eletricidade, a nova marca do universo EDP que vai abranger os clientes …

Mais de 41 mil idosos vivem sozinhos ou isolados em Portugal

A Guarda Nacional Republicana (GNR) sinalizou 41.868 idosos a viverem sozinhos ou isolados em todo o país em outubro no âmbito da operação "Censos Sénior", anunciou esta segunda-feira a guarda. Em comunicado, a GNR adiantou ter …

Vai nascer um Pavilhão de Gelo em Lisboa (com apoio do Governo e de fundos públicos)

O secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, está certo de que, ainda nesta legislatura, vai nascer um Pavilhão do Gelo para a prática de desportos em Lisboa, com apoio de …

Sudão. Crimes contra a humanidade em ataques que mataram 120 manifestantes

Os ataques que em junho mataram pelo menos 120 manifestantes no Sudão podem configurar crimes contra a humanidade, revelou um relatório divulgado pela organização Human Rights Watch (HRW), que pede justiça para as vítimas e …

Bloqueios na capital da Bolívia levam à escassez de alimentos e de combustíveis

Os bloqueios nas estradas de acesso a La Paz, capital da Bolívia, e aos arredores, usados nos protestos que se somam à tensa crise política, impõem aos bolivianos a falta de produtos básicos cujos preços …

Pais da bebé Matilde já ajudaram 38 crianças

Os pais da bebé Matilde, que sofre de uma doença rara, ajudaram 38 crianças com os cerca de dois milhões de euros angariados através de uma campanha de solidariedade. Na página de Facebook "Matilde, uma bebé …