Carrascos, execuções e massacres: Lisboa mostra o seu lado mais sórdido

Apesar da cara amável e tranquila que hoje assume, Lisboa guarda um sórdido passado de carrascos, execuções coletivas e massacres resgatado agora por uma tour que pretende dar outra imagem e que mostra que a argúcia é um elemento mais da explosão turística que vive a cidade.

Alfama, o fado e as ladeiras. O mais típico da rota lisboeta entre estes elementos, que levam anos a ser contados a visitantes que, num centro já abarrotado, acabam por conhecer os pormenores do devastador terremoto de 1755 e observam a mesa da cafeteria A Brasileira, na qual o poeta Fernando Pessoa tomava o seu café diário.

Tradição, portanto, sobre a que se formaram as tours que agora, com a explosão do turismo, experimentam uma concorrência nova e crescente. Tanto que os guias já suspeitam que conseguir o seu espaço vai requerer mais do que saber história. E assim, às margens do Tejo, floresceu o episódio macabro.

“O que é que fizeram então? Esfaquearam o bispo e atiraram-no do campanário. Depois, arrastaram o seu corpo pela rua. Os cães acabaram por devorá-lo”, a frase, pronunciada às portas da Sé de Lisboa, faz com que dois turistas interrompam bruscamente a melhor foto para olhar o seu autor.

É Marco Pedrosa, ator além de guia que, há um ano, conta “o lado mais sombrio da cidade” num passeio de uma hora e meia. Desde regicídio até execuções coletivas e lendas sobre a criação de Lisboa: tudo o que seja “sórdido” está aqui.

Crimes de Lisboa” é o primeiro percurso temático da Wild Walkers e ideia de Pedrosa, que explica a originalidade da proposta. “Fizemos esta tour porque não existia um passeio que falasse dos aspetos mais sórdidos e sombrios da história da cidade. Normalmente os tours falam da sua história, como o terremoto, mas não se centram em aspectos mais trágicos ou personalidades mais sombrias”, comenta.

E procurou as suas histórias. O bispo de que fala junto à Sé foi Martinho de Zamora, vítima de um grupo furioso no século XIV por ter-se negado a repicar os sinos, como faziam o resto das igrejas da cidade, para celebrar a aclamação como rei de João I de Portugal, que ele desconhecia.

Depois do bispo, relata-se o fim do rei Carlos I, assassinado a 1 de fevereiro de 1908 na Praça do Comércio junto ao seu filho, o príncipe herdeiro Luís Filipe de Bragança, que deu lugar a uma escalada de violência em Portugal.

Ou a execução pública perto do Mosteiro de Belém da rica família Távora, caída em desgraça após ser acusada com grande controvérsia de um atentado frustrado contra o rei José I em 1758.

Chegou a pôr sal nas suas terras para que nada mais crescesse nelas“, acrescenta Pedrosa para temperar com sal e pimenta a história, que ainda hoje é objeto de debate entre os historiadores portugueses.

Os macabros relatos, como as cruéis execuções da inquisição ou o massacre de 19 de abril de 1506, dia em que se iniciou uma perseguição que acabou em poucas semanas com o assassinato de mais de 3 mil judeus na cidade, convivem com desastres naturais, como o terramoto de 1755, e lendas.

Assim, perto do pátio no qual Pedrosa mostra a casa de quem foi o último carrasco de Lisboa, Luís Alves, conta-se como a cidade chegou a conformar as suas famosas ladeiras, sem entrar em detalhes que causem “spoiler”, é possível dizer que o responsável foi um dos desamores causados por Ulises no seu caminho a Ítaca.

O herói de Homero mistura-se assim com os azulejos nas abarrotadas ruas de Lisboa, cidade na qual o turismo cresceu um 7,2% em 2016, segundo dados oficiais. A tendência, que aponta sempre a alta, empurra ao engenho.

// EFE

PARTILHAR

RESPONDER

A Casa Branca contratou para a NOAA cientistas que defendem que as mudanças climáticas "são uma mentira"

Funcionários do governo norte-americano terão abordado cientistas com historial de críticas regulares sobre as mudanças climáticas causadas pelo homem, aos quais foram propostos cargos de gestão na NOAA. Segundo especialistas citados pela E&E News, esta …

United quase pede para Dalot sair

Adeptos pensavam que o português nunca mais ia jogar pela equipa principal do Manchester United. Jogou na Taça da Liga e não convenceu. O Manchester United seguiu para os quartos-de-final para a Taça da Liga inglesa, …

Testemunhas revelam que agentes de inteligência dos EUA consideraram sequestrar (e envenenar) Assange

Testemunhas anónimas revelaram em tribunal que planos para envenenar ou sequestrar Julian Assange da embaixada do Equador foram discutidos entre fontes da inteligência dos Estados Unidos e uma empresa de segurança privada que espiou o …

"Assassino do Twitter" assume ter matado 8 mulheres que partilharam pensamentos suicidas

O caso está a chocar o Japão. Perante o Tribunal de Tóquio, Takahiro Shiraishi declarou-se culpado, após ter assassinado e esquartejado oito mulheres e um homem em 2017. O assassino conheceu as vítimas através da rede …

"Como me mudar para o Canadá?" É o que os norte-americanos querem saber depois do debate presidencial

Depois do debate presidencial ficar marcado por diversas interrupções e insultos entre os candidatos à Casa Branca, são muitos os americanos a sentirem-se tentados a abandonar o país, e já escolherem o destino: o Canadá. Ao …

"Não toleramos insultos": Equipa abandona jogo decisivo ao intervalo

Comentário sobre a homossexualidade de um futebolista antecipou o final de um jogo de futebol. A mesma equipa tinha protestado outro encontro devido a insulto racista. O jogo de futebol entre San Diego Loyal e Phoenix …

Cofina condenada a pagar 3 milhões de euros ao Fisco

A Cofina, que detém o Correio da Manhã, a CMTV, a Sábado e o Jornal de Negócios, vai ter de pagar três milhões de euros à Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) após ter perdido o …

Desfasamento do horário vigora até 31 de março de 2021 (e pode ser prolongado)

O regime excecional que contempla o desfasamento de horários vigora até 31 de março de 2021, podendo ser prolongado, e os trabalhadores sem transportes públicos que lhe permitam cumprir o horário podem opor-se. O diploma que …

Mário Centeno vai dar aulas na Universidade Nova

O governador do Banco de Portugal, Mário Centeno, vai dar aulas na Universidade Nova, em Campolide, Lisboa, avança o jornal Público esta quinta-feira. O antigo ministro das Finanças do Governo de António Costa vai lecionar a …

ADSE quer pagar reembolsos atrasados em menos de dois meses

A ADSE quer resolver os atrasos de largos meses que se verificam nos reembolsos das despesas que os beneficiários fazem no regime livre em menos de dois meses. De acordo com o semanário Expresso, a intenção …