O seu cão pode ficar com ciúmes só de o imaginar a fazer festas a outro

Quase quatro em cada cinco donos de cães relatam casos de ciúmes por parte dos seus amigos de quatro patas. E um novo estudo sugere que este comportamento pode ser desencadeado mesmo quando um suposto rival está fora da sua vista.

“A investigação tem apoiado aquilo que muitos donos de cães acreditam firmemente, ou seja, que os cães exibem um comportamento ciumento quando o seu dono interage com um potencial rival. Quisemos estudar esse comportamento de uma forma mais ampla para determinar se, tal como os humanos, os cães conseguem representar mentalmente uma situação que evoca os ciúmes”, explicou a psicóloga Amalia Bastos, da Universidade de Auckland, na Nova Zelândia, e autora do estudo publicado, a 7 de abril, na revista científica Psychological Science.

Segundo o site Science Alert, a equipa realizou vários exercícios com 18 cães, que consistiam em colocar os seus donos sentados ao lado de um cão falso, mas muito realista, ou de um cilindro de lã. O primeiro agia como um potencial rival, o segundo como um controlo.



Assim que os animais observavam esta situação, era colocada um barreira que bloqueava a visão para o cão falso, mas não para o dono ou os seus movimentos. Então, os investigadores apareciam e fingiam que estavam a dar festas e a falar com o suposto rival, trocando-o pelo cilindro.

Desta forma, a equipa quis evitar que os donos dessem quaisquer pistas inconscientes ao seu cão sobre como reagir. As pessoas usaram frases genéricas como, por exemplo, “És um cão tão bom!”, para evitar que o seu animal de estimação ficasse excitado.

O processo foi repetido com o cilindro, exceto em algumas mudanças. Ou seja, enquanto os donos conversavam e acariciavam este objeto como se fosse um cão (usando as mesmas frases genéricas), os cães viam esta interação sem a presença da barreira. Neste caso, o cão falso continuou em cena, mas foi colocado a 1,5 metros à frente do dono, onde os cães o poderiam ver.

Usando um medidor de força, os cientistas descobriram que os cães tendiam a puxar as trelas com muito menos força quando o cilindro era usado, em comparação com o cão falso.

Segundo o mesmo site, a equipa observou três assinaturas humanas de comportamento ciumento. Em primeiro lugar, o comportamento só surgia quando era percebido que um rival estava envolvido e, em segundo lugar, surgia mesmo para interações com esse rival que estavam fora da vista dos cães.

Por último, porque foi percebido que o cão falso estava presente durante o primeiro cenário ou estava realmente presente quando os donos estavam a fazer festas ao cilindro, os investigadores podem dizer que o comportamento ciumento aconteceu como consequência da interação e não apenas por causa da presença de outro cão.

“Estes resultados apoiam as alegações de que os cães exibem um comportamento ciumento. E também fornecem a primeira evidência de que os cães podem representar mentalmente interações sociais que induzem o ciúme”, afirmou Bastos.

“Ainda há muito trabalho a fazer para estabelecer a extensão das semelhanças entre as mentes dos humanos e as de outros animais, especialmente em termos de compreensão da natureza das experiências emocionais dos animais não humanos”, admitiu a investigadora.

E embora seja “muito cedo para dizer se os cães sentem ciúmes como nós”, a verdade é que “agora está claro que reagem a situações que induzem o ciúme, mesmo que ocorram fora da sua vista”, concluiu.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Antigos corais revelam terramoto em "câmara lenta". Durou 32 anos

Uma equipa de investigadores descobriu um terramoto em "câmara lenta" que durou 32 anos - o mais lento já registado. O sismo levou eventualmente ao catastrófico terramoto de Sumatra em 1861. Terramotos de "câmara lenta" ou …

Astrónomos encontram uma das mais antigas estrelas do Universo

Uma equipa de investigadores descobriu uma estrela gigante vermelha a 16 mil anos-luz de distância que parece ser um membro da segunda geração de estrelas do Universo. Embora tenhamos uma boa compreensão da forma como o …

Marinha dos EUA está a desenvolver drones para matar ovos em ninhos de pássaros selvagens

A Marinha norte-americana e a empresa Hitron Technologies uniram esforços para desenvolver um drone autónomo projetado especificamente para procurar e destruir o maior inimigo da Marinha: os pássaros. Os drones, que estão já a ser testados …

Cientistas criam hologramas que se movem pelo ar

Uma equipa de cientistas da Universidade Brigham Young, nos Estados Unidos, conseguiu desenvolver um holograma que projeta imagens em movimento. Se é fã de Star Treck, ficará impressionado com a mais recente inovação. Um grupo de …

Gangue detido por falsificar a especiaria mais cara do mundo

As autoridades espanholas detiveram um gangue que fazia milhões de euros por ano a falsificar a especiaria mais cara do mundo: o açafrão. Os 17 membros da quadrilha foram detidos na região de Castela-Mancha. Os criminosos …

Santuário medieval recebe escultura em pedra que usa máscara contra a covid-19

Uma catedral histórica do Reino Unido renovou um santuário do século XIV, acrescentando um detalhe que coloca em evidência o momento pandémico que o mundo vive. Agora, a nova escultura está a usar uma máscara …

Aos 10 anos, Adewumi chegou à elite mundial do xadrez (e fugiu ao Boko Haram)

Tanitoluwa Adewumi foi perseguido pelo Boko Haram, fugiu da Nigéria e foi sem-abrigo nos Estados Unidos. Agora, com apenas 10 anos, chegou à elite mundial do xadrez. Grande Mestre é um dos títulos vitalícios concedidos pela …

Hegemonia económica da China cada vez mais longe. Queda demográfica coloca Pequim sob pressão

O objetivo do país é tornar-se na maior potência económica do mundo nos próximos anos, mas a corrida pela hegemonia - disputada com os EUA - pode não ser uma meta fácil de alcançar. O …

Miss Universo 2021. Concorrente da Singapura usa roupa com o slogan "Stop Asian Hate"

Bernadette Belle Ong, uma concorrente do Miss Universo 2021, vestiu uma roupa com as cores de Singapura que continha as palavras Stop Asian Hate ("parem com o ódio contra os asiáticos"). Bernadette Belle Ong aproveitou o …

A Índia está a tornar quase impossível a vacinação dos sem-abrigo

A Índia está a dificultar o processo de vacinação dos sem-abrigo, uma vez que o programa requer um número de telemóvel e uma morada residencial. Muitas pessoas não têm nem um, nem outro.  Na Índia, quase …