Canadá declara emergência devido a epidemia de suicídios em comunidade indígena

World Bank / Flickr

Justin Trudeau, primeiro-ministro do Canadá

As autoridades canadianas anunciaram esta segunda-feira o envio de uma equipa psiquiátrica de emergência para uma comunidade indígena isolada, para lidar com uma série de tentativas de suicídio.

A intervenção é esperada em Attawapiskat, uma comunidade isolada de duas mil pessoas nas margens da Baía de James, no distrito de Kenora (nordeste da província de Ontário), depois de 11 residentes terem tentado matar-se apenas nos primeiros nove dias do mês abril.

Segundo as autoridades da pequena vila indígena, houve em Attawapiskat cerca de cem tentativas de suicídio nos últimos seis meses, entre pessoas dos 11 aos 71 anos, com a taxa de tentativas de suicídio a acelerar no início de abril.

De acordo com relatos locais, 28 pessoas da aldeia de Attawapiskat tentaram suicidar-se apenas em março, um número que sobe para 101 no total desde setembro do ano passado, quando cinco raparigas da comunidade tomaram uma overdose de medicação.

Destas dezenas de tentativas de suicídio, apenas uma menina de 13 anos conseguiu levar a cabo a tarefa de tirar a própria vida.

O chefe da comunidade de Attawapiskat, Bruce Shisheesh, afirma que a causa da proliferação de tentativas de suicídio remete a problemas como habitação (com até 15 pessoas a viver na mesma habitação), o bullying, dependência de drogas e os impactos negativos do abuso físico e sexual, que levaram a altos níveis de depressão entre a população de Attawapiskat.

A revista Atlantic relata que Attawapiskat tem alto níveis de pobreza. Há cinco anos, a cidade foi notícia porque a falta de opções de habitação forçou algumas famílias a viver em roulotes e tendas sem aquecimento.

Em 2013, a chefe da aldeia na altura, Theresa Spence, fez uma greve de fome de seis semanas a pedir mais ajuda ao Governo e para forçar as autoridades canadianas a negociar com os líderes indígenas.

Em março, cinco adolescentes e a mãe suicidaram-se na comunidade de Pimicikamak, a cerca de 500 quilómetros a norte de Winnipeg, a cidade com mais indígenas do Canadá, localizada na região central, na província de Manitoba.

A ministra canadiana com a pasta das comunidades indígenas, Carolyn Bennett, defendeu “uma estratégia de longo prazo” para providenciar melhor educação, habitação e recursos para a cultura nativa e dar “esperança às crianças”.

Já o primeiro-ministro, Justin Trudeau, descreveu a situação como “devastadora”. ​”Vamos continuar a trabalhar para melhorar as condições de vida dos povos indígenas”, publicou o chefe de Governo no Twitter.

Os povos ameríndios do Canadá somam 1,4 milhões de pessoas e representam quase 5% da população.

Esta população tem os mais altos níveis de pobreza, assim como a expectativa de vida mais baixa do país, e também é mais propensa a ser vítimas de crimes violentos, além de serem mais vulneráveis a problemas de vícios e prisão.

O suicídio é a principal causa de morte entre jovens indígenas e adultos até 44 anos, de acordo com a Health Canada. Os indígenas no Canadá são cinco a seis vezes mais propícios a tirar a própria vida, por comparação aos jovens não-indígenas.

De acordo com a Atlantic, estas estatísticas são semelhantes à da população de nativos norte-americanos. Cerca de um quarto das crianças indígenas vive em pobreza, e os altos níveis de dependência de substâncias conduzem a que, entre os adolescentes norte-americanos, os índios registem a mais alta taxa de suicídios.

AF, ZAP / SN

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. É o resultado do bom tratamento que os outros canadianos (os que se apoderaram do país!) dão os verdadeiros canadianos (que são os indígenas)!!
    Assim como os EUA ou a Austrália fizeram/fazem… tudo gente civilizada e exemplar!

  2. Sim e não esqueçamos a Europa, em que toda a sua riqueza provem
    da pilhagem que fez ao longo de séculos a outros continentes…
    A história dos Países ricos é muito bonita… a contada nas escolas…
    A história real foi bem diferente!!!
    Por isso, qualquer “Ser” que nasce (seja em qualquer ponto do Planeta),
    tem direito ao seu quinhão, independentemente do que os que já cá estão
    reclamarem como seu!!!

RESPONDER

Não são só os lagartos. Os jacarés também são capazes de regenerar a sua cauda

Os jovens jacarés americanos (Alligator mississippiensis) têm a capacidade de regenerar as suas caudas até 18% do comprimento total do seu corpo, concluiu uma nova investigação da Universidade Estadual do Arizona, nos Estados Unidos. "O que …

"Morri no Paralelo79N". Diário revela as últimas horas de um explorador que morreu sozinho na Gronelândia

Os investigadores analisaram a última entrada do diário de explorador polar do século XX, Jørgen Brønlund, incluindo uma curiosa mancha negra, escrita antes de morrer sozinho no nordeste da Gronelândia, descobrindo o que lhe aconteceu …

Cybershoes. O problema de andar em Realidade Virtual pode já ter uma solução

Um dos problemas com os jogos de Realidade Virtual é que, normalmente, as experiências são definidas numa escala maior do que uma sala de estar. Assim, o jogador acaba por ter de ficar numa parte …

"Um tsunami de dívidas". O mundo deve a si mesmo 277 mil milhões de dólares

Prevê-se que até ao final deste ano, a dívida da economia mundial atinja os 277 mil milhões de dólares. A pandemia de covid-19 é um dos fatores responsáveis. A pandemia de covid-19 não só está a …

Empresas podem negar trabalho a quem não se quiser vacinar

"É obviamente possível" que as empresas evitem contratar um trabalhador se não quiserem ser vacinadas contra a covid-19. A presidente do Comité Económico e Social Europeu (CESE), Christa Schweng, admitiu a possibilidade de uma empresa se …

"A Suitable Boy". Um beijo numa série da Netflix provocou um escândalo (social e político) na Índia

A Netflix está a enfrentar uma reação negativa na Índia por causa de uma cena de um beijo entre duas personagens na série A Suitable Boy ("Um bom partido"). O partido no poder já pediu …

Irmãos transformaram 7 linhas de código num império de 36 mil milhões de dólares

Patrick e John Collison são dois jovens empreendedores irlandeses que fundaram a Stripe, uma empresa que criou uma solução alternativa para os pagamentos online, avaliada em 36 mil milhões de dólares. Em vez de construirem soluções …

ECDC. Portugal terá "níveis muito baixos" de novos casos se mantiver restrições

Se Portugal mantiver as restrições adotadas atualmente, irá registar em dezembro “níveis muito baixos” de novos casos de covid-19. O Centro Europeu para Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC), criado com a missão de ajudar os …

Com apenas 14 anos, Xiaoyu é o adolescente mais alto do mundo. Mede 2,21 metros

Ren Keyu nasceu na China a 18 de outubro de 2006, e no dia em que comemorou o seu 14º aniversário recebeu também o título do Guinness World Records do adolescente mais alto do mundo, …

Jerónimo "não está a prazo" no PCP (e vai continuar a negociar com o PS)

O PCP continua disponível para negociar com o PS, mas não a troco de nada. Quanto ao quinto mandato consecutivo enquanto secretário-geral do partido, Jerónimo avisou, este domingo, que não está "a prazo". No discurso de …