Buraco negro “impossível” é 30 vezes maior do que devia ser

O buraco negro supermassivo central de uma galáxia recentemente descoberta é muito maior do que deveria ser possível.

O novo estudo, realizado por astrónomos da Universidade de Keele e da Universidade de Central Lancashire, ambas na Inglaterra, mostra que o buraco negro é muito mais maciço do que deveria ser, por comparação com a massa da galáxia à sua volta, de acordo com as atuais teorias de evolução galática.

Os cientistas publicaram os resultados num artigo na Monthly Notices of the Royal Astronomical Society.

A galáxia, SAGE0536AGN, foi descoberta inicialmente com o telescópio espacial Spitzer da NASA, com recurso a luz infravermelha.

Acredita-se que tenha pelo menos nove mil milhões de anos de idade e contém um núcleo galático ativo – um objeto incrivelmente brilhante resultante do acréscimo de gás por um buraco negro supermassivo central.

O gás é acelerado a velocidades elevadas devido ao campo gravitacional enorme do buraco negro, fazendo com que este gás emita luz.

A equipa confirmou a presença do buraco negro através da medição da velocidade do gás que se move à sua volta.

Com recurso ao Grande Telescópio Sul-Africano, os cientistas observaram que a emissão do hidrogénio na galáxia (nessa emissão, a luz é dispersada em diferentes cores) é ampliada pelo Efeito Doppler, no qual o comprimento de onda (cor) da luz dos objetos é desviada para o vermelho ou para o azul, dependendo se estão a mover-se em direção a nós ou para longe de nós.

O grau de alargamento implica que o gás está a mover-se em alta velocidade, resultado do forte campo gravitacional do buraco negro.

350 milhões de sóis

Estes dados foram utilizados para calcular a massa do buraco negro: quanto maior a massa, mais ampla a linha de emissão. Descobriu-se, assim, que o buraco negro em SAGE0536AGN teria 350 milhões de vezes a massa do sol.

No entanto, a massa da galáxia obtida através de medições do movimento das suas estrelas foi calculada como sendo de 25 mil milhões de massas solares – 70 vezes maior do que a do buraco negro, mas o buraco negro ainda é 30 vezes maior do que o esperado para este tamanho de galáxia.

“As galáxias têm uma vasta massa, assim como os buracos negros nos seus núcleos. Este, contudo, é demasiado grande”, afirmou Jacco van Loon, astrofísico da Universidade de Keele e principal autor do novo artigo, ao portal Phys.org.

“Simplesmente não deveria ser possível” que o buraco negro fosse tão grande, acrescenta.

Nas galáxias normais, o buraco negro iria crescer ao mesmo ritmo da galáxia. No entanto, na SAGE0536AGN, ou o buraco negro tem crescido muito mais rápido ou a galáxia parou de crescer prematuramente.

Como esta galáxia foi encontrada por acidente, pode haver mais objetos do género que ainda não foram encontrados. O tempo dirá se SAGE0536AGN é realmente uma excentricidade ou apenas a primeira de uma nova classe de galáxias.

ZAP / HypeScience

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Cientista americana diz estar certa de que a Terra será atingida por asteroide

https://vimeo.com/355132338 Uma cientista americana de uma ONG dedicada a proteger a Terra diz que é 100% certo que um asteroide atingirá o nosso planeta. A cientista é Danica Remy, presidente da Fundação B612. Após um asteroide não …

NASA vai mesmo explorar Europa, a lua de Júpiter que pode ter vida extraterrestre

A NASA deu luz verde a uma missão para explorar uma lua de Júpiter que é considerada um dos melhores candidatos para a vida extraterrestre. A Europa - que é um pouco mais pequena do que …

País de Gales cancela plano controverso de criar "casas de banho robô"

O objetivo da construção era impedir atividade sexual, vandalismo e dormidas nas casas de banho públicas. O projeto ia recorrer às tecnologias de piso sensível ao peso, jatos de água, sensores anti-movimento e alarmes. O conselho …

Sem saber, uma mulher viveu durante 17 anos com a sua "gémea" dentro dela

Uma jovem na Índia, sem saber, viveu com uma das condições médicas mais raras e perturbadoras durante quase duas décadas. De acordo com um relatório de caso desta semana, a mulher tinha um saco que continha …

Novo filme da saga 007 já tem nome e data de estreia marcada

O novo filme da saga 007, realizado por Cary Fukunaga chama-se "No time to die" e estreia-se no Reino Unido e nos Estados Unidos em abril de 2020. "Daniel Craig regressa como James Bond, 007 em... …

Comporta pode tornar-se na nova Ibiza (e tudo começou com a queda do BES)

Após anos de um quase esquecimento, em termos de desenvolvimento imobiliário, a Comporta está a atrair investidores internacionais que encaram a pequena vila de Setúbal como uma "nova Ibiza". Um cenário que está a preocupar …

Família de Aretha Franklin cria fundo para a investigação de cancro raro

Um ano após a morte da cantora, a família de Aretha Franklin criou um fundo de apoio à investigação na área dos tumores neuroendócrinos, a doença rara que se revelou fatal para a celebridade, a …

Sporting vai monitorizar tudo o que se diz e escreve sobre jogadores

A empresa Noisefeed tem uma enorme base de dados relativa à atividade nas redes sociais de milhares de jogadores a nível global. Os jogadores de futebol de todo o mundo usam, cada vez mais, as redes …

Boris janta hoje com Merkel para mudar acordo. Maioria quer novo referendo

A pouco mais de dois meses da data marcada para a saída do Reino Unido da União Europeia, uma nova sondagem mostra que a maioria dos britânico quer que qualquer novo acordo vá a referendo. Um …

Oficial: Pardal Henriques candidato a deputado pelo partido de Marinho Pinto

O advogado Pedro Pardal Henriques anunciou esta quarta-feira que aceitou o convite para encabeçar a lista do PDR a Lisboa, deixando de ser porta-voz do Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas para "não misturar …