Buraco negro “impossível” é 30 vezes maior do que devia ser

O buraco negro supermassivo central de uma galáxia recentemente descoberta é muito maior do que deveria ser possível.

O novo estudo, realizado por astrónomos da Universidade de Keele e da Universidade de Central Lancashire, ambas na Inglaterra, mostra que o buraco negro é muito mais maciço do que deveria ser, por comparação com a massa da galáxia à sua volta, de acordo com as atuais teorias de evolução galática.

Os cientistas publicaram os resultados num artigo na Monthly Notices of the Royal Astronomical Society.

A galáxia, SAGE0536AGN, foi descoberta inicialmente com o telescópio espacial Spitzer da NASA, com recurso a luz infravermelha.

Acredita-se que tenha pelo menos nove mil milhões de anos de idade e contém um núcleo galático ativo – um objeto incrivelmente brilhante resultante do acréscimo de gás por um buraco negro supermassivo central.

O gás é acelerado a velocidades elevadas devido ao campo gravitacional enorme do buraco negro, fazendo com que este gás emita luz.

A equipa confirmou a presença do buraco negro através da medição da velocidade do gás que se move à sua volta.

Com recurso ao Grande Telescópio Sul-Africano, os cientistas observaram que a emissão do hidrogénio na galáxia (nessa emissão, a luz é dispersada em diferentes cores) é ampliada pelo Efeito Doppler, no qual o comprimento de onda (cor) da luz dos objetos é desviada para o vermelho ou para o azul, dependendo se estão a mover-se em direção a nós ou para longe de nós.

O grau de alargamento implica que o gás está a mover-se em alta velocidade, resultado do forte campo gravitacional do buraco negro.

350 milhões de sóis

Estes dados foram utilizados para calcular a massa do buraco negro: quanto maior a massa, mais ampla a linha de emissão. Descobriu-se, assim, que o buraco negro em SAGE0536AGN teria 350 milhões de vezes a massa do sol.

No entanto, a massa da galáxia obtida através de medições do movimento das suas estrelas foi calculada como sendo de 25 mil milhões de massas solares – 70 vezes maior do que a do buraco negro, mas o buraco negro ainda é 30 vezes maior do que o esperado para este tamanho de galáxia.

“As galáxias têm uma vasta massa, assim como os buracos negros nos seus núcleos. Este, contudo, é demasiado grande”, afirmou Jacco van Loon, astrofísico da Universidade de Keele e principal autor do novo artigo, ao portal Phys.org.

“Simplesmente não deveria ser possível” que o buraco negro fosse tão grande, acrescenta.

Nas galáxias normais, o buraco negro iria crescer ao mesmo ritmo da galáxia. No entanto, na SAGE0536AGN, ou o buraco negro tem crescido muito mais rápido ou a galáxia parou de crescer prematuramente.

Como esta galáxia foi encontrada por acidente, pode haver mais objetos do género que ainda não foram encontrados. O tempo dirá se SAGE0536AGN é realmente uma excentricidade ou apenas a primeira de uma nova classe de galáxias.

ZAP / HypeScience

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Pandemia pode trazer nova geração de robôs capazes de realizarem tarefas perigosas

A pandemia de Covid-19 pode trazer uma nova geração de robôs capazes de realizarem tarefas perigosas como limpeza de superfícies infetadas ou vigiar pessoas em quarentena, afirmam esta quarta-feira alguns dos principais investigadores internacionais em …

Multimilionários refugiam-se da Covid-19 a bordo de iates

Vários multimilionários têm procurado refugiar-se da pandemia de Covid-19, que nasceu em dezembro passado na China, em alto mar, a bordo de iates de luxo. Em declarações ao jornal The Telegraph, Jonathan Beckett, executivo da …

Este mamífero consegue sobreviver a quase sete mil metros de altura

Cientistas pensam ter confirmado que um pequeno rato descoberto no vulcão Llullaillaco, nos Andes, é o mamífero que consegue viver à maior altitude já conhecida (6739 metros). Segundo o IFLScience, o Phyllotis xanthopygus rupestris foi descoberto, …

O glaciar Denman recuou quase cinco quilómetros nos últimos 22 anos

O glaciar Denman, na Antártica Oriental, recuou cerca de cinco quilómetros nos últimos 22 anos. Investigadores da Universidade da Califórnia, Irvine e do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA estão preocupados coma topografia exclusiva …

Gruta em Setúbal mostra que os Neandertais também eram pescadores

Cientistas encontraram restos de alimentos numa gruta, no distrito de Setúbal, que comprovam que os Neandertais também se alimentavam de espécies marinhas. De acordo com o jornal espanhol ABC, restos encontrados por uma equipa de arqueólogos …

Associação alerta para riscos da mudança da hora em tempos de confinamento

O presidente da Associação Portuguesa de Cronobiologia e Medicina do Sono advertiu hoje que os efeitos potencialmente adversos causados pela mudança da hora podem acentuar-se devido ao confinamento obrigatório das pessoas na sequência da pandemia …

Governo português legaliza estrangeiros ilegais. "A prioridade é a defesa da saúde"

O Governo português decidiu regularizar os estrangeiros com pedidos pendentes no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, medida em vigor desde a declaração do estado de emergência, no dia 19, e que lhes garante os mesmos …

Cirque du Soleil despediu 95% dos trabalhadores e pode ir à falência (mas vai dando shows online)

O Cirque du Soleil pode ser mais uma vítima do coronavírus. A empresa que gere o circo está a analisar a possibilidade de declarar a falência devido a dívidas avultadas e depois de ter despedido …

Ordem dos Médicos está a avaliar uso de medicamento não testado para travar Covid-19

Portugal pode tornar-se no segundo país do mundo a usar hidroxicloroquina como forma de prevenção de Covid-19. A Ordem dos Médicos (OM) estará a estudar essa possibilidade, de acordo com o Expresso. O semanário refere que …

Aumento salarial exigido por Jesus deixa renovação por um fio

A cumprir a segunda temporada no Flamengo, Jorge Jesus quer um aumento salarial. No entanto, o Flamengo não terá capacidade financeira para responder às suas exigências. A renovação do contrato de Jorge Jesus no Flamengo está …