Buraco negro “impossível” é 30 vezes maior do que devia ser

O buraco negro supermassivo central de uma galáxia recentemente descoberta é muito maior do que deveria ser possível.

O novo estudo, realizado por astrónomos da Universidade de Keele e da Universidade de Central Lancashire, ambas na Inglaterra, mostra que o buraco negro é muito mais maciço do que deveria ser, por comparação com a massa da galáxia à sua volta, de acordo com as atuais teorias de evolução galática.

Os cientistas publicaram os resultados num artigo na Monthly Notices of the Royal Astronomical Society.

A galáxia, SAGE0536AGN, foi descoberta inicialmente com o telescópio espacial Spitzer da NASA, com recurso a luz infravermelha.

Acredita-se que tenha pelo menos nove mil milhões de anos de idade e contém um núcleo galático ativo – um objeto incrivelmente brilhante resultante do acréscimo de gás por um buraco negro supermassivo central.

O gás é acelerado a velocidades elevadas devido ao campo gravitacional enorme do buraco negro, fazendo com que este gás emita luz.

A equipa confirmou a presença do buraco negro através da medição da velocidade do gás que se move à sua volta.

Com recurso ao Grande Telescópio Sul-Africano, os cientistas observaram que a emissão do hidrogénio na galáxia (nessa emissão, a luz é dispersada em diferentes cores) é ampliada pelo Efeito Doppler, no qual o comprimento de onda (cor) da luz dos objetos é desviada para o vermelho ou para o azul, dependendo se estão a mover-se em direção a nós ou para longe de nós.

O grau de alargamento implica que o gás está a mover-se em alta velocidade, resultado do forte campo gravitacional do buraco negro.

350 milhões de sóis

Estes dados foram utilizados para calcular a massa do buraco negro: quanto maior a massa, mais ampla a linha de emissão. Descobriu-se, assim, que o buraco negro em SAGE0536AGN teria 350 milhões de vezes a massa do sol.

No entanto, a massa da galáxia obtida através de medições do movimento das suas estrelas foi calculada como sendo de 25 mil milhões de massas solares – 70 vezes maior do que a do buraco negro, mas o buraco negro ainda é 30 vezes maior do que o esperado para este tamanho de galáxia.

“As galáxias têm uma vasta massa, assim como os buracos negros nos seus núcleos. Este, contudo, é demasiado grande”, afirmou Jacco van Loon, astrofísico da Universidade de Keele e principal autor do novo artigo, ao portal Phys.org.

“Simplesmente não deveria ser possível” que o buraco negro fosse tão grande, acrescenta.

Nas galáxias normais, o buraco negro iria crescer ao mesmo ritmo da galáxia. No entanto, na SAGE0536AGN, ou o buraco negro tem crescido muito mais rápido ou a galáxia parou de crescer prematuramente.

Como esta galáxia foi encontrada por acidente, pode haver mais objetos do género que ainda não foram encontrados. O tempo dirá se SAGE0536AGN é realmente uma excentricidade ou apenas a primeira de uma nova classe de galáxias.

ZAP / HypeScience

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Acesso à Internet deve ser considerado direito humano básico

Uma nova investigação, levada a cabo pela Universidade de Birmingham, no Reino Unido, concluiu que acesso à Internet deve ser um direito humano básico, pois significa a capacidade participar na vida pública. Merten Reglitz, professor de …

Fórmula 1 quer atingir emissões zero de CO2 até 2030

A Fórmula 1 pretende reduzir a zero as emissões de CO2 até 2030, com base num plano que pretende “pôr em marcha de imediato”, anunciou esta terça-feira a Federação Internacional do Automóvel (FIA). O plano divulgado …

A Tesla vai lançar a sua misteriosa pickup “cyberpunk” elétrica ainda este mês

A nova Tesla Cybetruck já tem data de lançamento após um longo tempo de espera. O fundador da empresa, Elon Musk, anunciou que a carrinha "pickup" será revelada no dia 21 de novembro. O anúncio foi …

Asteróide "potencialmente perigoso" aproxima-se da Terra esta quarta-feira

Um asteróide com 147 metros de diâmetro, caracterizado pela NASA como "potencialmente perigoso" vai aproximar-se da Terra esta quarta-feira. Em causa está o corpo rochoso UN12 2019, explica a agência espacial norte-americana, dando conta que o …

Encontrado submarino da II Guerra Mundial que esteve perdido durante 75 anos (devido a um erro de tradução)

Uma equipa de exploradores oceânicos privada encontrou na costa do Japão um submarino do exército norte-americano do tempo da II Guerra Mundial, que estava desaparecido há 75 anos por causa de um erro num dígito …

Uma casa esteve a afundar-se no Tamisa para alertar para a subida do nível dos oceanos

No passado domingo, quem passou junto ao rio Tamisa, em Londres, não deverá ter ficado indiferente à típica casa dos subúrbios ingleses que se afundava perto da Tower Bridge. Felizmente, de acordo com a agência Reuters, …

A defesa de Lage é a melhor do Benfica em quase 30 anos

A defesa de Bruno Lage leva apenas quatro golos sofridos em 11 jornadas, o que faz dela a melhor defesa do campeonato e a melhor do Benfica desde a temporada de 1990/1991, escreve o jornal …

OE2020. “Não vamos para negociar”, esclarece Jerónimo de Sousa

O PCP vai reunir esta quarta-feira com o Governo com vista ao Orçamento de Estado para 2020. Jerónimo de Sousa esclareceu esta terça-feira que os comunistas não vão para negociar, sendo "manifestamente exagerado dizer que …

Benjamin "morreu" enquanto cumpria pena de prisão perpétua. Agora está vivo e quer a liberdade

Um norte-americano, de 66 anos, que cumpre pena de prisão perpétua por ter espancado um homem até à morte em 1996, pretendia ser libertado, uma vez que o seu coração parou por breves instantes. Em 1996, …

“Máfia do Sangue”. Ministério Público deixa Octapharma fora da acusação

O Ministério Público (MP) deixou a farmacêutica Octapharma fora da acusação da operação "O Negativo" por considerar que o ex-administrador Lalanda e Castro montou um esquema de corrupção para a venda de plasma ao Serviço …