Brexit já custou mais de 150 mil milhões à economia inglesa, diz Bloomberg

A saída do Reino Unido da União Europeia já custou mais de 150 mil milhões de euros à economia britânica, podendo o valor superar os 230 mil milhões até ao final do ano, de acordo com cálculos da Bloomberg.

“Uma investigação da Bloomberg Economics estima que o custo económico do Brexit já atingiu 130 mil milhões de libras [cerca de 151 mil milhões de euros], com mais 70 mil milhões [81,6 mil milhões de euros] prontos para serem adicionados no final deste ano”, indicou a agência de informação económica Bloomberg.

O estudo compara a evolução britânica com a dos seus pares no G7 (sete países mais industrializados do mundo) e estima que “a economia britânica está 3% mais pequena do que poderia estar caso a relação [com a União Europeia] se tivesse mantido”.

O economista da Bloomberg para o Reino Unido, Dan Hanson, estima o preço total do divórcio entre o Reino Unido e a União Europeia em 200 mil milhões de libras esterlinas, cerca de 233 mil milhões de euros.

“Olhando para além de 2020, projetamos que o surto de crescimento este ano seja uma exceção – a economia será atingida no braço, mas o elevador cíclico que providencia [o crescimento] não vai durar”, afirmou o economista, citado pela agência.

Hanson considera que “é provável que o custo anual do Brexit vá aumentando“, à medida que “o Reino Unido assente a sua nova relação comercial com a União Europeia e lute contra os desafios de produtividade que têm perturbado o crescimento desde a crise financeira”.

O Parlamento britânico aprovou, na passada quinta-feira, na especialidade, a proposta de lei que regula o Acordo de Saída do Reino Unido da UE e abre o caminho para o Brexit a 31 de janeiro.

A votação por 330 votos a favor e 231 contra reflete a nova composição da Câmara dos Comuns, que desde as últimas eleições legislativas é dominada por uma maioria absoluta do Partido Conservador, que está no Governo e concorreu com a promessa de concretizar o processo até ao final deste mês.

A proposta de lei, designada por “Withdrawal Agreement Bill”, já tinha sido aprovada na generalidade no dia 20 de dezembro por 358 votos a favor e 234 contra.

O diploma segue agora para análise na Câmara dos Lordes, a câmara alta do Parlamento, mas não se espera que esta coloque obstáculos, embora possa introduzir emendas que terão de ser depois analisadas pelos deputados.

A etapa final será a promulgação pela Rainha Isabel II, restando a votação no Parlamento Europeu para o Acordo ser ratificado pela UE.

O Acordo de Saída do Reino Unido da União Europeia, que formaliza a saída do Reino Unido da UE, após 47 anos como membro, protege os direitos dos cidadãos europeus e britânicos, estipula uma compensação financeira do Reino Unido e inclui um protocolo para evitar uma fronteira física entre a Irlanda do Norte e a República da Irlanda.

Inicia-se então um período de transição até 31 de dezembro de 2020, durante a qual os britânicos continuarão a aplicar e a beneficiar das regras europeias, mas sem estarem representados nas instituições europeias nem o direito de intervir nas suas decisões.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Homem pede "julgamento por combate" com espadas japonesas para resolver disputa legal com a ex-mulher

Para resolver uma disputa legal com a sua ex-mulher, David Ostrom sugere que seja feito um "julgamento por combate" com espadas japonesas. Há precedentes legais que o podem favorecer em tribunal. O insólito aconteceu no Iowa, …

Crimes violentos podem aumentar drasticamente nos EUA devido ao aquecimento global

O número de crimes violentos nos Estados Unidos pode aumentar drasticamente nos próximos anos devido ao aquecimento global, concluiu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade do Colorado, em Boulder. "Dependendo da rapidez …

Twitter pede desculpa por permitir anúncios direcionados a neonazis

O Twitter emitiu esta quinta-feira um pedido de desculpa público depois de a BBC denunciar que a rede social estava a permitir anúncios direcionados a neonazis, islamofóbicos e outros grupos de ódio. A emisorra britânica …

Carlos Silva alega falta de apoio do PS e anuncia saída da liderança da UGT

O secretário-geral da UGT não é candidato a um novo mandato na central sindical, alegando que o “desgaste tem sido tremendo” e que é visto como força de bloqueio. “Não quero continuar”, “já está decidido e …

A maior aeronave do mundo vai ficar ainda maior. Medirá quase 100 metros

A maior aeronave do mundo vai ficar ainda maior: o dirigível híbrido Airlander 10, que media 92 metros de comprimento, vai bater o seu próprio recorde. De acordo com a emissora britânica BBC, a aeronave passará a …

Mortes nos Comandos. Governo só indemniza famílias se for condenado

O Governo deu ordem para parar as negociações com as famílias dos recrutas que morreram durante o 127.º Curso de Comandos, que decorreu na região de Alcochete, em 2016. Segundo o Jornal de Notícias, o Governo …

Eduardo Cabrita diz que polícias compram equipamento "porque querem"

O ministro da Administração Interna afirmou que os agentes policiais que compram equipamento de proteção do seu próprio bolso fazem-no porque o querem. Numa entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, divulgada este fim-de-semana, o …

Chuva deixa Austrália entre incêndios e cheias. Número de mortos sobe para 29

A chuva trouxe algum alívio aos bombeiros e habitantes do leste da Austrália, mas também causou cheias e novos problemas. As equipas ainda combatem cerca 100 focos de incêndio na região e o número de …

Sem Joacine, nova direção do Livre foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos

Este domingo, no segundo dia do IX congresso do Livre, a nova direção do partido foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos (e não conta com a deputada Joacine Katar Moreira). No final …

Juiz pede escusa do caso dos emails por ser adepto do Benfica

O juiz desembargador apresenta vários motivos para pedir escusa do processo, nomeadamente por ser "sócio do Benfica desde 1968". De acordo com o jornal Público, Eduardo Pires, juiz desembargador do Tribunal da Relação do Porto (TRP), …