Brexit já custou mais de 150 mil milhões à economia inglesa, diz Bloomberg

A saída do Reino Unido da União Europeia já custou mais de 150 mil milhões de euros à economia britânica, podendo o valor superar os 230 mil milhões até ao final do ano, de acordo com cálculos da Bloomberg.

“Uma investigação da Bloomberg Economics estima que o custo económico do Brexit já atingiu 130 mil milhões de libras [cerca de 151 mil milhões de euros], com mais 70 mil milhões [81,6 mil milhões de euros] prontos para serem adicionados no final deste ano”, indicou a agência de informação económica Bloomberg.

O estudo compara a evolução britânica com a dos seus pares no G7 (sete países mais industrializados do mundo) e estima que “a economia britânica está 3% mais pequena do que poderia estar caso a relação [com a União Europeia] se tivesse mantido”.

O economista da Bloomberg para o Reino Unido, Dan Hanson, estima o preço total do divórcio entre o Reino Unido e a União Europeia em 200 mil milhões de libras esterlinas, cerca de 233 mil milhões de euros.

“Olhando para além de 2020, projetamos que o surto de crescimento este ano seja uma exceção – a economia será atingida no braço, mas o elevador cíclico que providencia [o crescimento] não vai durar”, afirmou o economista, citado pela agência.

Hanson considera que “é provável que o custo anual do Brexit vá aumentando“, à medida que “o Reino Unido assente a sua nova relação comercial com a União Europeia e lute contra os desafios de produtividade que têm perturbado o crescimento desde a crise financeira”.

O Parlamento britânico aprovou, na passada quinta-feira, na especialidade, a proposta de lei que regula o Acordo de Saída do Reino Unido da UE e abre o caminho para o Brexit a 31 de janeiro.

A votação por 330 votos a favor e 231 contra reflete a nova composição da Câmara dos Comuns, que desde as últimas eleições legislativas é dominada por uma maioria absoluta do Partido Conservador, que está no Governo e concorreu com a promessa de concretizar o processo até ao final deste mês.

A proposta de lei, designada por “Withdrawal Agreement Bill”, já tinha sido aprovada na generalidade no dia 20 de dezembro por 358 votos a favor e 234 contra.

O diploma segue agora para análise na Câmara dos Lordes, a câmara alta do Parlamento, mas não se espera que esta coloque obstáculos, embora possa introduzir emendas que terão de ser depois analisadas pelos deputados.

A etapa final será a promulgação pela Rainha Isabel II, restando a votação no Parlamento Europeu para o Acordo ser ratificado pela UE.

O Acordo de Saída do Reino Unido da União Europeia, que formaliza a saída do Reino Unido da UE, após 47 anos como membro, protege os direitos dos cidadãos europeus e britânicos, estipula uma compensação financeira do Reino Unido e inclui um protocolo para evitar uma fronteira física entre a Irlanda do Norte e a República da Irlanda.

Inicia-se então um período de transição até 31 de dezembro de 2020, durante a qual os britânicos continuarão a aplicar e a beneficiar das regras europeias, mas sem estarem representados nas instituições europeias nem o direito de intervir nas suas decisões.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

A China até já está "a queimar" dinheiro para combater o coronavírus

A luta entre a China e o novo coronavírus, o Covid-19, tem colocado os órgãos governamentais em alerta. O governo parece não poupar esforços para conter a proliferação da doença - nem que seja preciso, …

Barcelona contrata Braithwaite para substituir Dembélé

O FC Barcelona anunciou, esta quinta-feira, a contratação do futebolista dinamarquês, do Leganés, para substituir o lesionado Dembélé, depois de pagar a cláusula de rescisão de 18 milhões de euros. Com a contratação de Martin Braithwaite, …

Senador do Ceará baleado ao tentar invadir com uma retroescavadora um quartel tomado por polícias amotinados

Esta quarta-feira, Cid Gomes foi baleado depois de ter invadido com uma retroescavadora um portão de um quartel da Polícia Militar na cidade de Sobral, no estado do Ceará. O senador Cid Gomes foi baleado, na noite …

PS acusa Bloco de "má fé" na escolha de juízes para o Constitucional

O Bloco não gostou de ter ficado de fora da escolha dos dois novos juízes para o Tribunal Constitucional. PS acusa agora o partido de esquerda de "má fé". Numa conferência de imprensa no Parlamento, esta …

Justiça suíça acusa presidente do PSG e ex-responsável da FIFA de gestão danosa

O presidente do Paris Saint-Germain e um antigo secretário-geral da FIFA foram acusados de gestão danosa pela justiça suíça, numa investigação sobre os direitos televisivos do Mundial de futebol. O Ministério Público da Suíça acusa Nasser …

PJ deteve falsa psiquiatra que dava "consultas" em casa em Braga

A Polícia Judiciária (PJ) de Braga deteve uma mulher, de 38 anos, que se fazia passar por médica psiquiátrica e que dava "consultas" na sua residência. Em comunicado, a Polícia Judiciária (PJ) de Braga refere que, …

Dinheiro do prémio "Nobel Alternativo" usado para criar fundação Greta Thunberg

A Fundação Right Livelihood, que atribui os prémios "Nobel Alternativo", anunciou esta quinta-feira que entregou o valor monetário do prémio atribuído, em setembro passado, a Greta Thunberg para estabelecer uma fundação. "Estamos felizes por o prémio …

Bruxelas quer um mercado único para os dados europeus

A União Europeia (UE) apresentou na quarta-feira planos para criar um mercado único para todos os dados europeus, de forma a ajudar a criar 'startups' que consigam competir com as grandes empresas de tecnologia. Segundo noticiou …

Misericórdias recusam eutanásia. Mas aceitam ajudar utentes que optem por colocar fim à vida

A União das Misericórdias decidiu na quarta-feira que as suas instituições não vão praticar atos de eutanásia, caso seja legalizada em Portugal, mas está disponível para intermediar o acesso dos seus utentes a instituições que …

Efacec demarca-se de Isabel dos Santos. Salários não estão em risco

O Conselho de Administração da Efacec Power Solutions garantiu, esta quinta-feira, que tem "uma gestão independente e reúne todas as condições para honrar os compromissos acordados" com todos os colaboradores e fornecedores. Esta posição surge na …